Neymar faz de pênalti, Brasil vence Uruguai em Londres e segue perfeito pós-Copa

Cinco amistosos, cinco vitórias. A seleção brasileira encarou o Uruguai no Emirates Stadium, em Londres, e venceu por 1 a 0, nesta sexta-feira. Neymar, de pênalti, definiu o triunfo e chegou a 60 gols com a camisa verde e amarela.

O duelo no estádio do Arsenal foi equilibrado, com os brasileiros criando mais nos primeiros 45 minutos e os uruguaios assustando mais na segunda etapa. Ainda assim, a equipe cinco vezes campeã mundial marcaria aos 30min do segundo tempo.

Antes da partida desta sexta, o Brasil havia feito 2 a 0 nos Estados Unidos, 5 a 0 em El Salvador, 2 a 0 na Arábia Saudita e 1 a 0 na Argentina nos confrontos que fez depois da Copa do Mundo.

No primeiro duelo da seleção de Tite com o Uruguai, os brasileiros tinham vencido por 4 a 1, fora de casa e de virada. Cavani abriu o placar, enquanto que Paulinho, três vezes, e Neymar marcaram para os visitantes.marca e Brasil vence amistoso contra o Uruguai

Agora, a seleção brasileira enfrentará Camarões no Stadium MK, em Milton Keynes, na terça-feira, às 17h30 (de Brasília). No mesmo dia, o Uruguai duelará com a França no Stade de France, em Paris, às 18h.

O time verde e amarelo começou bem e levou perigo aos 5min, com cobrança de falta de Neymar. A posição até sugeria um cruzamento, mas a bola foi direto ao gol, Campaña mandou para escanteio. Aos 10min, o camisa 10 até encontrou a rede ao desviar um chute cruzado de Filipe Luís. Porém, o lance foi corretamente anulado por impedimento. Três minutos depois, Neymar finalizou muito perto do alvo.

A resposta uruguaia veio aos 21min, quando Luis Suárez aproveitou erro de Danilo na saída de bola e bateu forte no meio, exigindo a intervenção de Alisson. Aos 29min, Filipe Luís arrematou sobre o alvo; dois minutos mais tarde, Roberto Firmino teve chute bloqueado. Já aos 44min, Suárez foi acionado no lado esquerdo e mandou de primeira para Cavani, que finalizou sem dominar e viu Alisson ir bem para evitar o empate.

Na volta do intervalo, o Uruguai foi mais perigoso. Após saída errada do Brasil, Pereiro finalizou perto do alvo aos 3min. No minuto seguinte, Suárez exigiu grande defesa de Alisson em cobrança de falta. Aos 4min, Pereiro cruzou, e Vecino cabeceou sobre a meta. A resposta brasileira veio aos 19min, com Neymar entrando na área pela esquerda e concluindo para defesa em dois tempos de Campaña.

Apesar de a Celeste Olímpica criar mais no segundo tempo, seria o Brasil que abriria o placar. Aos 28min, Laxalt chegou atrasado e acertou um chute na perna de Danilo dentro da área. Pênalti marcado pelo árbitro Craig Pawson. O lance foi polêmico, uma vez que, durante a jogada, a bola acertou o braço do lateral direito, pouco antes de ele ser atingido pelo adversário. Neymar foi para a cobrança e só deslocou o goleiro.

Os uruguaios sentiram o gol e quase viram o adversário ampliar pouco depois, quando Neymar levantou da direita e Richarlison, de primeira, concluiu à direita do alvo.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 1 x 0 URUGUAI

Local: Emirates Stadium, em Londres (Inglaterra)

Data: 16 de novembro de 2018, sexta-feira

Hora: 18h (de Brasília)

Árbitro: Craig Pawson (ING)

Assistentes: Steve Child e Ian Hussin (ING)

Cartões amarelos: Walace e Douglas Costa (Brasil); Mathías Suárez, Torreira, Cáceres, Suárez, Cavani e Vecino (Uruguai)

Gol: Neymar, aos 30 minutos do 2ºT (Brasil)

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Walace, Arthur e Renato Augusto (Allan); Douglas Costa (Richarlison), Firmino e Neymar. Técnico: Tite

URUGUAI: Martín Campaña; Matías Suárez (Lemos), Cáceres, Méndez e Laxalt; Lucas Torreira, Vecino (Valverde), Gastón Pereiro (Jonathan Rodríguez) e Bentancur; Cavani e Luis Suárez. Técnico: Óscar Tabárez

Fonte: msn

Related posts