Leila Pereira se põe à disposição para ajudar Palmeiras a contratar reforços e a manter Dudu

No que depender de Leila Pereira, Dudu continuará no Palmeiras. O atacante, cujo contrato vence no fim de 2022, pode seguir vestindo a camisa alviverde especialmente com nova valorização financeira. Mas uma eventual colaboração da patrocinadora do clube, ela frisa, não se resumiria a um único jogador.

– Eu seria injusta com os outros atletas se eu disse que: “Não, se o Palmeiras pedir ajuda para contribuir que o Dudu fique, eu faria”. Eu faria com qualquer um que fosse importante para o clube, sem dúvida nenhuma. Se estiver em nosso alcance, qualquer atleta importante para o clube e que o Palmeiras peça colaboração para nós, estaremos à disposição – disse a também conselheira em entrevista ao GloboEsporte.com.

Eleito o craque do Campeonato Brasileiro na última segunda-feira, Dudu viajou nesta semana com a família para os Estados Unidos, de onde retornará apenas no dia 13.

Até o momento, apesar de entender como natural e provável a chegada de propostas para o principal destaque da competição, o Palmeiras diz não ter recebido nenhuma oferta. A diretoria já admite, porém, dar mais um aumento salarial.

A mais recente valorização ocorreu no meio do ano, quando o atacante recebeu proposta do Shandong Luneng, da China, pediu para sair e foi convencido mais uma vez a ficar.

– O Dudu é um ídolo no clube. Ele foi fundamental nesse nosso êxito para essa conquista do título. Ele, claro, e os outros atletas. Ele é ídolo, é o desejo de todos nós. É meu desejo que ele fique no clube, sou torcedora. Mas todo esse êxito do Palmeiras em campo não foi em virtude de um jogador, foi de todo o elenco – afirmou Leila Pereira.

Dudu, do Palmeiras, exibe medalha de campeão brasileiro — Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / divulgação

Dudu, do Palmeiras, exibe medalha de campeão brasileiro — Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / divulgação

Independentemente da incerteza quanto ao futuro de Dudu, o técnico Luiz Felipe Scolari já pediu reforços, sobretudo jogadores de velocidade que atuem pelas pontas. No primeiro semestre, Felipão não poderá contar com Willian, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Os atacantes Keno e Carlos Eduardo, companheiros no Pyramids, do Egito, estão entre os nomes analisados pelo clube. Até o momento, foram anunciados dois reforços: o meio-campista Zé Rafael, do Bahia, e o atacante Arthur Cabral, do Ceará.

Fonte: globoesporte

Related posts