Análise: veja como Júnior Urso pode se encaixar no Corinthians

Apresentado na última terça-feira como o décimo reforço do Corinthians para esta temporada, o volante Júnior Urso foi um pedido do técnico Fábio Carille, apreciador das qualidades do jogador há tempos.

Torcedor do Timão, o jogador de 29 anos estava no Guangzhou R&F, da China, e no Brasil passou por Avaí, Curitiba e outros clubes de menor expressão, tendo maior destaque no Atlético-MG, em 2016.

Mas, o que esperar da nova contratação? O GloboEsporte.com mostra como Júnior Urso pode ser aproveitado na equipe.

Contrato

Júnior Urso estava livre no mercado e chega ao Timão apenas com custos de salários e luvas.

Ele firmou vínculo de três temporadas com o clube, até o fim de 2021.

Status

Júnior Urso chega em um setor concorrido, mas com características singulares.

Embora conte com outros volantes, como Ralf, Richard, Gabriel, Ramiro, Thiaguinho e até Renê Júnior, que ainda se recupera de lesão, Carille vê em Júnior Urso qualidades que faltavam no atual elenco do Corinthians, como a capacidade de infiltração na área adversária.

O próprio jogador falou sobre isso em sua apresentação:

– Sou um volante que rompe linhas, todo clube precisa de um jogador que faça isso para ajudar ofensiva e defensivamente. Acho que vou cair no clube. Vi os últimos jogos e acho que falta algo assim, alguém que chegue de surpresa.

A disputa por posição será grande, mas, se render o que o Timão espera dele, Urso deve figurar na equipe ideal de Carille.

Veja como foi a apresentação do volante Júnior Urso, do Corinthians

Globoesporte.com

–:–/–:–

Como pode jogar

Júnior Urso pode se encaixar nos dois esquemas táticos usados por Fábio Carille até o momento nesta temporada: 4-2-3-1 e 4-1-4-1.

Com ele na equipe, a tendência é que Ramiro seja aproveitado mais pelo lado direito do campo. Nada impede, porém, que ambos joguem juntos, mais pelo centro.

Tendo como base a equipe que deve começar o jogo contra o Ferroviário-CE, nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil, Urso disputaria, em tese, uma vaga com Sornoza.

Como se destacou

Análise de Guilherme Frossard, repórter do GloboEsporte.com/MG

“Júnior Urso é um volante que pode fazer as duas funções, de primeiro homem do meio de campo, mais marcador, mas no Atlético-MG fez mais o papel de segundo volante, saindo para o jogo, aparecendo de surpresa no ataque, ajudando também nas tabelas. No Galo, em 2016, na maioria dos jogos ele formou dupla com Rafael Carioca e também atuou com Leandro Donizete. Em ambos os casos ele saia mais para o jogo e aparecia na frente. Ele realizou 48 jogos pelo Atlético-MG e sete gols, média boa para um volante.

Urso chegou a jogar no Galo como um terceiro homem de meio, com Leandro Donizete, Rafael Carioca e ele. É um jogador muito interessante, que fez uma grande temporada em 2016 por empréstimo ao Atlético-MG. Ele estava emprestado e não ficou por questões econômicas. É um jogador muito reconhecido pela torcida. Nem sempre foi titular, mas teve um número expressivo de jogos.

Com uma condição física privilegiada e bom tempo de bola, Urso é rápido, polivalente, se movimenta bem e tem boa qualidade no chute. De grupo e agregador, pode ajudar muito o Corinthians nesta temporada.”

Fonte: G1

Notícias Relacionadas