Ceará e Espírito Santo se destacam na educação do país com foco no aluno

Ceará e Espírito Santo são os estados que apresentam melhores resultados nos índices que medem a qualidade de ensino do país. Ceará é destaque entre estudantes do ensino fundamental. Espírito Santo, entre alunos do ensino médio. As experiências destes estados fazem parte da série especial “Educação: nosso lugar no mundo”, do Bom Dia Brasil. De um modo geral, ambos os estados desenvolveram políticas públicas contínuas focadas nos estudantes.

O ES conseguiu avançar 14 posições no ranking em 7 anos. Em 2011, estava em 14º lugar. Hoje, é o melhor ensino médio do país.

De acordo com Haroldo Rocha, ex-secretário de Educação do ES, a adaptação do conteúdo para chamar a atenção do estudante foi uma das medidas adotadas. Experiências práticas que mesclam o conteúdo teórico fazem sucesso entre os estudantes. No modelo Escola Viva, o nome das disciplinas são Professor Bugiganga, Mundo Fashion, e Clube da Esquina, por exemplo. Gastronomia é usada para falar de geografia.

“O ponto chave para a gente entender é que a juventude tem expectativas e características muito diferenciadas. E a escola que nos trouxe até aqui, a escola do século XX, a escola da fileira, da aula expositiva do professor, essa escola não dá conta desta juventude”, diz.

No CE, a Escola Municipal José Brandão de Albuquerque já foi a pior do município. Hoje, é a melhor do Brasil. O segredo, de acordo com o diretor Rayner Souza, é trazer o aluno para dentro do processo de aprendizagem.

Os números mostram o avanço. A média do Brasil no Ideb, que mede o desenvolvimento da educação básica do país, é de 5,8. Ceará tem índice de 6,2. E a escola José Brandão de Albuquerque alcançou a média 9.

O desempenho motivou os alunos e aumentou a auto-estima, diz Souza.

Fonte: G1

 

Notícias Relacionadas