Escalada de tensão na Faixa de Gaza deixou mais de 230 feridos em Israel

Pelo menos 234 pessoas foram atendidos em hospitais no sul de Israel com ferimentos em decorrência da escalada de tensão registrada na Faixa de Gaza desde o último sábado (4). As informações são do jornal isrealense The Jerusalem Post. 

Segundo a agência de notícias EFE, quatro israelenses e 25 palestinos foram mortos no conflito.

No fim de semana, 690 foguetes foram disparados contra Israel por terroristas de grupos extremistas como Hamas e Jihad Islâmica Palestina. O Exército israelense respondeu com ataques aéreos direcionados a postos de observação, armazéns, escritórios do Hamas e instalações de armas.

ONU condena violência

O primeiro-ministro e titular de Defesa de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta segunda-feira que a campanha sobre Gaza não terminou, apesar de uma trégua após os dois dias de violência.

“Nos últimos dois dias combatemos o Hamas e a Jihad Islâmica com contundente força, atacamos mais de 350 alvos, seus líderes e agentes terroristas e destruímos edifícios terroristas”, declarou Netanyahu.

O exército israelense anunciou nesta manhã o fim das restrições de proteção nas áreas adjacentes a Gaza, depois de informações sobre uma trégua alcançada com as milícias palestinas, mediada pelo Egito e não confirmada oficialmente por nenhuma das partes.

Fonte: R7

Notícias Relacionadas