Seleção brasileira chega a Belo Horizonte nos braços do povo e ouve gritos de apoio

seleção brasileira chegou a Belo Horizonte em clima de apoio, um dia após a vitória nos pênaltis sobre o Paraguai, pelas quartas de final da Copa América.

Após viajar de Porto Alegre, na tarde desta sexta-feira, o time comandado por Tite desembarcou às 23h35 (de Brasília) no hotel que vai lhe hospedar na capital mineira.

Com a presença de alguns poucos, mas animados, torcedores, os jogadores demonstraram simpatia e atenderam aos pedidos dos fãs, tirando fotos e dando autógrafos.

Um dos atletas mais exaltados foi o zagueiro Thiago Silva, que foi um dos últimos a descer do ônibus.

Mesmo aparentando bastante cansaço, ele tirou diversas selfies e assinou a camisa de muitos torcedores, enquanto ouvia gritos de apoio e era chamado de “paredão”.

Neste sábado, a seleção já realizará seu primeiro treino em Belo Horizonte, na Cidade do Galo, às 15h45. Diferentemente da atividade desta sexta, Tite deve contar com os titulares durante os trabalhos no CT do Atlético-MG..

Argentina, que eliminou a Venezuela e será o rival brasileiro na semifinal, chega também neste sábado a Minas Gerais.

O clássico sul-americano está marcado para a próxima terça-feira, às 21h30, no Mineirão.

RICHARLISON NÃO VIAJA

O atacante Richarlison, com caxumba, permaneceu em Porto Alegre para seguir tratamento. Por ter uma doença viral altamente contagiosa, o atleta não pode manter contato com os seus companheiros e não deve atuar na terça.

Os demais jogadores e membros da comissão técnica foram vacinados na madrugada desta sexta-feira, após a dramática classificação nos pênaltis contra o Paraguai, na Arena Grêmio.

Para o clássico contra a Argentina, Fernandinho e Filipe Luís são dúvidas. O volante ainda se recupera de um problema no joelho direito, enquanto o lateral esquerdo virou preocupação após sair no intervalo da partida contra o Paraguai por dores na coxa direita.

Em compensação, Casemiro volta a ficar disponível após cumprir suspensão automática pelo acúmulo de dois cartões amarelos. O volante do Real Madrid deve voltar ao time no lugar de Allan, que o substituiu contra o Paraguai.

Fonte: msn

Notícias Relacionadas