Tubarão de Balaton ganhou fácil

Para quem acompanha o Blog do Coach sabe que não foi surpresa. Basta lembrar o post de setembro do ano passado (link). Na época, o texto começava com:

Pode anotar…

As águas abertas estão vendo nascer um novo super campeão. Desde a aposentadoria do alemão Thomas Lurz, o esporte tem alternado em nomes que se destacam, mas o Blog faz uma previsão, de olho no húngaro Kristof Rasovszky.

E assim foi, quase que uma profecia, Kristof Rasovszky na sua primeira das quatro provas que está escalado para competir no Mundial, venceu, de ponta a ponta, sem dar chances a ninguém. No final, 10 segundos de vantagem sobre o segundo colocado e ainda “tirando o pé do acelerador” nos metros finais.

Em entrevista a TVM4 da Hungria declarou que estava muito contente, ainda mais por ter acordado se sentindo mal. O húngaro foi o único dos “grandes” a enfrentar os 5 quilômetros antes da disputa da vaga olímpica na segunda-feira.

Prova com condições perfeitas, água salgada, mas sem onda ou corrente, temperatura a 23 graus, sem qualquer desclassificação ou disputa. Rasovszky provou estar em grande forma e postula a ser um dos top 10 para os 10 quilômetros.

Fonte: SporTV

Notícias Relacionadas