Presidente do Grêmio despreza o Flamengo. Arma para Jorge Jesus

São Paulo, Brasil

Dirigentes de futebol não aprendem.

Frases provocativas, desmerecendo o adversário, provocam efeito contrário.

São armas psicológicas contra seus próprios times.

Servem de motivação.

Principalmente quando em decisões.

Foi o que fez o presidente do Grêmio, no final da, até então, pacata noite de quinta-feira.

Romildo Bolzan se deixou levar pelo clima de festa pelo 116º aniversário do Grêmio.

E, se sentindo em casa, tratou de expor o time, dificultar o trabalho de Renato Gaúcho, na semifinal da Libertadores.

Menosprezou o Flamengo.

Falou nos microfones, sem pressão de ninguém.

Disse algo pensado, planejado.

“Está engasgada a nossa desclassificação na Copa do Brasil.

“Mas será reconfortador passar do Flamengo.

“E ser campeão da América.”

Provocação desnecessária.

E que terá consequências.

Uma arma para o time de Jorge Jesus.

Justo ao clube que Romildo chamou de soberbo.

“Estamos adorando esse ambiente criado pelo Flamengo. Não tem coisa melhor para nós do que essa soberba, essa arrogância, esse sentimento hegemônico e essa capacidade de que a imprensa já fez eles jogarem com o Liverpool lá no final do ano, essas coisas todas que a gente sabe como acontecem.

“Não tem ambiente melhor para mostrarmos que quem se dedica a cultura das coisas, aos ambientes das vitórias… e nós já fomos traídos por isso agora recentemente contra o Athletico Paranaense.

“Mas temos que ter o cuidado e nos vacinarmos e a cultura de fazemos o ambiente nós já sabemos fazer”, disse o presidente, em uma reunião do Conselho Deliberativo do Grêmio.

O ambiente era festivo pelos 116 anos do Grêmio. Romildo se empolgou
O ambiente era festivo pelos 116 anos do Grêmio. Romildo se empolgouGrêmio

Dias depois, ele faz pior.

Já garante a eliminação dos cariocas e a conquista da Libertadores.

A responsabilidade do Grêmio já era enorme nesta semifinal.

Dobrou com as palavras do seu presidente.

Ele já considera o Flamengo derrotado.

E o adversário que vier em uma eventual final.

Na madrugada desta sexta-feira, a repercussão já era enorme nas redes sociais.

Torcedores do próprio Grêmio repudiavam as palavras do presidente.

Consideravam inaceitável a postura de Romildo.

E os do Flamengo agradeciam o ‘incentivo’…

Fonte: R7

Notícias Relacionadas