SAÚDE MENTAL: EP SETEMBRO AMARELO SENSIBILIZA SOBRE TRANSTORNO DE ANSIEDADE

Na última segunda (30), a EEEP Padre João Bosco de Lima realizou o I EPSETEMBRO AMARELO DO TRANSTORNO DE ANSIEDADE. O evento faz parte de um conjunto de ações do projeto ANSIEDADE: DE ALIADA À VILÃ. UM OLHAR SOBRE OS JOVENS DE MAURITI-CE. A programação foi marcada pelo protagonismo estudantil, e palestras com grandes conferencistas da área da Medicina, Psicologia, Pilates, Nutrição, Farmácia e Educação.

A abertura do evento foi realizada pelo diretor escolar Simplicio Ferreira. Na sequência falaram o coordenador da 20ª CREDE, Roberto Souza, e a Secretária de Educação do município de Mauriti, Alice Tavares.

DE JOVEM PARA JOVEM. Ministrando a palestra inicial, as estudantes da instituição Grazielly Silva, Cecília Franca, Yasmin Almeida e Elizieuda França trabalharam o tema Análise do Transtorno de Ansiedade na EEEP Padre João Bosco de Lima. A maneira dinâmica e a propriedade no domínio da temática chamaram a atenção do público e dos convidados.

O psicólogo Renato Marcelino por meio da dramatização trabalhou os sintomas e tipos de transtornos de ansiedade, assim como, a Terapia Cognitiva-Comportamental. A psicóloga Jamile Braga, por sua vez, discorreu sobre a ansiedade no contexto do século XXI. Já a instrutora de Pilates, Kandélya Cavalcanti, falou da contribuição do Pilates tanto para a preservação quanto para se manter a saúde mental. Após a teoria, os estudantes foram convidados por Kandélya a irem à quadra e praticarem atividades de relaxamento e técnicas de respiração do Pilates no combate à ansiedade.

OS BONS FILHOS A CASA VOLTAM. Pedro Souza, residente de medicina e Ana Kelly Morais, nutricionista, tiveram contentamento especial. Ambos foram estudantes da EEEP Padre João Bosco de Lima e voltaram à instituição como palestrantes. Pedro apresentou dados estatísticos sobre o crescimento da taxa de ansiedade em alunos do ensino médio, e estratégias de controle da ansiedade de desempenho (AD) durante provas e vestibulares. Já Ana Kelly demonstrou a importância da alimentação saudável no combate à ansiedade, sendo que a ausência de nutrientes colabora para o risco do transtorno.

O farmacêutico bioquímico, Emerson Borges, falou do tratamento farmacológico do transtorno de ansiedade, explicando a bioquímica dos medicamentos no cérebro. O professor de Matemática, Fábio Vieira, ministrou conferência sobre ‘Espiritualidade: como limpar o seu lixo emocional e ser feliz?’. “Não é que a religião vai resolver nossos problemas. Não é que Deus vai resolver nossos problemas, mas tomamos uma atitude diferente diante dos problemas quando temos Deus.”, enfatizou o palestrante.

ESTUDANTES PROTAGONISTAS. No decorrer de todo o evento, os estudantes demonstraram protagonismo e diversas habilidades, tanto na música, quanto nas expressões artístico-culturais. Exemplo disso foram o monólogo Minha Ansiedade não é uma escolha, interpretado pela estudante Cassiele Pereira e o poema Mais um Dia de autoria das alunas Heloysa Rodrigues e Vitória Dávyla. As expressões comoveram o público.

Além de convidados, o I EPSETEMBRO AMARELO DO TRANSTORNO DE ANSIEDADE contou com a participação de 400 alunos da EEEP Padre João Bosco de Lima que se revezaram durante todo o dia no ciclo de palestras. Para a idealizadora da ação, Ana Narah Braga tudo que foi feito durante o dia (palestras, expressões artístico-culturais, Sala ZEN, exibição do documentário Transtorno de Ansiedade na EEEP Padre João Bosco de Lima e Barraca do Deixo) promoveu a reflexão sobre a saúde mental – a verdadeira riqueza do século XXI. “Além disso, enfatizar a empatia como característica necessária a ser desenvolvida e incentivada se mostra ação fundamental, tanto para nossos alunos quanto para a sociedade.”, avalia.

Notícias Relacionadas