Consumidores denunciam venda de lugares na fila por até R$ 200 em mutirão de renegociação de dívidas em Fortaleza

O Procon Fortaleza entregará mais mil senhas na sexta-feira (11), último dia do mutirão de renegociação de dívidas, que acontece no Ginásio Paulo Sarasate.

O penúltimo dia de mutirão de renegociação de dívidas do Procon Fortaleza encerrou a entrega das mil senhas previstas para esta quinta-feira (10) ainda com uma enorme fila do lado externo do Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza. Para garantir uma vaga mais perto da entrada, houve vendas de lugar na fila, com ofertas de R$ 50 a R$ 200.

A dona de casa Letícia Araújo soube de venda por R$ 70. Ela chegou 7h30 a fim de resolver uma dívida da avó, mas não conseguiu ao menos ficar próximo da grade do ginásio. “O homem puxou a mulher atrás de mim e ela já entrou. Um rapaz viu e até tentou chamar a polícia”, afirmou.

Mesmo se tivesse chegado de madrugada, também não teria conseguido. Foi o caso do autônomo Marcelo Cardoso. Ao lado da sogra, responsável pela dívida com o cartão de crédito do Itaú, foi às 3h30 e, de acordo com ele, a fila já dava a volta no quarteirão.

Chegaram até a oferecer um lugar para ele por R$ 50, mas ele decidiu não aceitar. “Muita gente também saiu reclamando desistindo porque estavam vendendo o lugar. Desde cedo tinha gente vendendo lugar. Tinha gente anunciando por R$ 200, mas acho que não conseguiram vender não”, completou.

Ação

O mutirão do Procon Fortaleza está em sua sexta edição e encerra o evento nesta sexta-feira (11) com entrega de mais mil senhas e atendimento entre 8h e 17h.

Sobre a venda de senhas na fila, o Procon afirmou que “administra o evento dos portões para dentro, o que acontece dos portões para fora não está na nossa responsabilidade. O que está ocorrendo lá fora é desconhecido para nós”.

O órgão disse ainda que trabalha para entregar as senhas apenas para quem preenche os requisitos. “As pessoas que estão na fila pegam a senha através de uma fila do lado de fora do ginásio. Essa fila vai passando para dentro aos poucos para uma área chamada de triagem, que é um pré-atendimento, porque senão coloca-se para dentro uma pessoa que vai esperar de cinco a seis horas e, na hora que ela sentar para negociar, vai ser identificado que falta um documento, que a empresa não participa ou que não mora em Fortaleza. Então, só pega a senha quando a pessoa passa por essa triagem, justamente para evitar que uma senha vaze do portão para fora ou que não esteja dentro do pré-requisito”, aponta o órgão.

Para conseguir a renegociação, o consumidor deve levar os originais do RG, do CPF, do comprovante de residência na capital cearense e um documento que comprove a dívida, como faturas do cartão de crédito, cheque especial e contrato com o banco. Apenas residentes de Fortaleza podem participar da ação.

Confira a lista de empresas:

Financeiras

  • Ativos SA
  • Bradescard
  • Bradesco Cartões
  • Caixa Econômica Federal
  • Losango Cartão
  • Fortbrasil
  • Omni Financeira
  • Itaú Unibanco (e empresas do grupo)
  • Luizacred
  • Hipercard Banco Múltiplo
  • Provar Negócios de Varejo
  • Fic Promotora de Vendas
  • Microinvest
  • Rede
  • Dibens Leasing
  • Marcep Corretagem de Seguros
  • Midway

Telecomunicação

  • Tim Celular
  • Claro TV
  • Claro Móvel
  • Net

Energia, água e esgoto

  • Cagece
  • Enel
Fonte: G1

Notícias Relacionadas