Eleitores esperam mais de 10 horas na fila para fazer biometria em Fortaleza; mais de 500 mil pessoas ainda não têm cadastro

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) mais de 30 mil pessoas fizeram o cadastro biométrico na primeira semana da força-tarefa.

Eleitores que ainda precisam fazer o cadastro biométrico para votar nas eleições de 2020 enfrentam mais uma manhã de fila nesta segunda-feira (18), no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. Muitos eleitores chegaram às 17h da tarde de domingo (17) para garantir vaga no atendimento, contabilizando mais de 10 horas de espera. A ação teve início às 8h.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) mais de 30 mil pessoas fizeram o cadastro biométrico na primeira semana do mutirão, iniciado no dia 11 de novembro. O órgão informou ter cadastrado a biometria de 10.841 eleitores no sábado (16) e no domingo (17).

No domingo, a fila de eleitores começou a se formar ainda na madrugada. O atendimento foi limitado, com a distribuição de pouco mais de três mil senhas. Segundo o TRE, dos 1.801.561 eleitores de Fortaleza, 1.290.263 já fizeram a biometria, enquanto 511.298 ainda não compareceram à revisão. O cadastro é obrigatório na capital cearense para as eleições do ano que vem.

Eleitores formaram longa fila para cadastrar biometria em Fortaleza no sábado (16) — Foto: Foto: Nilton Alves

Eleitores formaram longa fila para cadastrar biometria em Fortaleza no sábado (16)

A artesã Liliane Paz chegou ao Centro de Eventos à 1h da madrugada desta segunda. Além de um colchão e roupas, a artesã levou agulha e linha para fazer crochê enquanto aguarda. “A noite foi tranquila, consegui dormir. E, para o tempo passar logo, faço crochê já que trabalho com artesanato”.

A artesã explica que não fez a biometria antes por falta de tempo. “Não fiz a biometria mais cedo porque trabalho três turnos. Então, tem correria direto e filho pequeno”, explica.

Caso o cadastro não seja feito no prazo, o título será cancelado e o eleitor ficará impedido de votar, candidatar-se, inscrever-se ou receber o Bolsa Família, tomar posse em cargo público, emitir passaporte, fazer matrícula em instituições públicas de ensino, receber salários (se for servidor público) e contrair empréstimos em bancos oficiais.

Prazo acaba dia 29 de novembro

O cadastramento biométrico vai até o dia 29 de novembro, em Fortaleza. Até a data final, o TRE promove mutirões no Centro de Eventos do Ceará, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Nos dias 23 e 24 de novembro (sábado e domingo), o atendimento vai das 8h às 12h.

Os eleitores que precisam fazer o título pela primeira vez ou transferir o documento devem aguardar o fim do prazo da biometria para evitar filas, já que a data limite para essas operações é 6 de maio de 2020.

Caso o cadastro biométrico não seja feito no prazo, o título será cancelado e o eleitor ficará impedido de votar, candidatar-se, inscrever-se ou receber o Bolsa Família, tomar posse em cargo público, emitir passaporte, fazer matrícula em instituições públicas de ensino, receber salários (se for servidor público) e contrair empréstimos em bancos oficiais.

Fonte: G1

Notícias Relacionadas