Internacional domina, vence La U e passa de fase na Libertadores

Internacional está na terceira fase da Pré-Libertadores. Nesta terça-feira (11), o Colorado venceu a Universidad de Chile por 2 a 0 e continua vivo no torneio continental. Os gols saíram através de Boschilia e Marcos Guilherme.

Na próxima fase, o Colorado mede forças com o vencedor de Tolima-COL ou Macará-QUE.

A pressão do Inter foi imensa desde os minutos iniciais. Sem deixar a La U respirar, a equipe de Eduardo Coudet tomou conta do campo ofensivo e rondou a área chilena. Na chance mais clara, Victor Cuesta roubou a bola na intermediária, entrou na grande área e bateu cruzado para fora.

Diante da dificuldade dos chilenos de afastar o perigo, o Inter crescia a cada minuto e quase estufou as redes em chute de Guerrero. O camisa 9 soltou a bomba, Campos bateu roupa e conseguiu defender o rebote antes da chegada de Boschilia.

Nos minutos finais, quando parecia que o zero ficaria no placar, Carrasco se enrolou na saída de bola, Boschilia saiu na cara de Campos e apenas deslocou, 1 a 0.

Com a necessidade de buscar o empate, Hernán Caputo colocou a La U no ataque e deixou a zaga exposta. O resultado quase foi catastrófico, pois Edenilson achou Guerrero, que invadiu a área, driblou o goleiro e tocou para D’Ale. O camisa 10 não dominou e foi derrubado por Moya, porém o árbitro não viu e o time chileno escapou do pênalti.

Na casa dos 16 minutos o lance polêmico do jogo. Larrivey recebeu passe açucarado e saiu na cara de Lomba, mas o bandeira deu impedimento inexistente e parou o lance.

Quando o ponteiro chegou aos 30 minutos o Internacional soltou o grito do alívio. Após rebatida da zaga brasileira, a defesa da La U dormiu, Marcos Guilherme, que havia entrada no lugar de D’Alessandro, disparou, invadiu a grande área, deixou zagueiro e goleiro no chão e mandou para dentro do gol, 2 a 0.

INTERNACIONAL 2 X 0 UNIVERSIDAD DE CHILE
Local
: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 11/2/2020 – 19h15
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Auxiliares: Carlos Barrero (URU) e Horacio Ferreiro (URU)
Público/renda: 39.972 pagantes/R$ 1.79.150
Cartões amarelos: Rodinei, D’Alessandro, Musto, Guerrero (INT), Matías Rodríguez, Carrasco, Moya (LAU)
Gols: Gabriel Boschilia (42’/1ºT) Marcos Guilherme (30’/2ºT)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Moisés; Musto (Johnny, aos 38/2ºT), Lindoso, Patrick (Gabriel Boschilia, aos 13/1ºT), Edenílson e D’Alessandro (Marcos Guilherme, aos 16/2ºT); Paolo Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

UNIVERSIDAD DE CHILE: Cristóbal Campos; Matías Rodríguez, Carrasco, Del Pino e Beausejour; Cornejo (Espinoza, ao 0/2ºT), Moya, Galani e Aránguiz (Zacaría, aos 36/2ºT); Larrivey e Henríquez (Lobos, ao 0/2ºT). Técnico: Hernán Caputo

Fonte: R7

Notícias Relacionadas