Fotos com pré-candidatos movimentam os bastidores da política de Mauriti

Até que ponto uma simples foto pode interferir numa campanha? Em uma pré-campanha histórica no município de Mauriti, a qual começou com 9 meses, que antecedem as eleições municipais 2020, situação e oposição estão travando uma dura briga para quem consegue mais adesões para tirar fotos e expor nas redes sociais.

Porém, tal atitude divide opinião. Para alguns, é legal estar junto do seu pré-candidato. Já para muitos, é exposição e constrangimento, haja vista que alguns pré-candidatos forçam a barra para tirar fotos com eleitores, que ainda nem se decidiram em quem votar, mas que – por estar no mesmo recinto – se sentem constrangidos em ser convidados para tirar fotos e ter que dizer “não”.

Será que a velha política estará de volta? Parece que sim. O estamos acampando nas mídias sociais é velho eleitor sendo lembrado, ou seja, as velhas visitas de 4 e 4 anos. Será que o eleitor vai aceitar a velha história? Certamente não!  Estamos sempre em contato com as pessoas, observando a angústia e o descontentamento do eleitor, cansado das velhas promessas de quem estar no poder e nada fez. Dos que já passaram, que tiveram a oportunidade e nada fizeram. Por que agora vão querer fazer? Será que merecem confiança? Obviamente que não.

As eleições são em outubro. Até lá continuarão pedindo fotos, aproveitando-se da educação de nosso povo, na esperança de que o povo esqueça promessas não cumpridas, que acredite em um novo e diferente governo de quem já teve chance e seguiu as mesmas práticas velhas de sempre. Por fim, esperam que o povo esqueça heranças malditas na rapidez de um clique de foto. Mas o povo está cansado e mais politizado. Não perderá a chance de uma nova e efetiva mudança em outubro de 2020. Mudança de verdade concretizada no sonho e na esperança de ser Feliz.

Notícias Relacionadas