Servidores Públicos de Mauriti lutam pela implantação do PCCR desde 2015

O PCCR – Plano de cargos, carreira e remuneração, é um direito do servidor público assegurado pela Constituição Federal e um instrumento que garante a valorização e ascensão para quem entra no serviço público.

Além da Constituição, os servidores contam também com a garantia do PCCR em seu Estatuto, elaborado em 2003. Ainda no tocante à implantação do PCCR, existe a Lei Municipal de nº 1345 aprovada em 2015. Contudo, nenhum desses amparos legais supracitados são e/ou foram suficientes para atual administração efetivar o plano de cargos e salários tão sonhado pelos servidores municipais.

Os servidores do município, já tentaram diversas formas de negociação com a gestão atual, porém, recebendo sempre fortes negativas. A principal alegação da administração é o impacto causado na folha de pagamento com a referida implantação do PCCR, argumento que se tornou difícil de sustentar, porque de acordo com o site do município de janeiro até o mês de março de 2020 já foram distribuídas quase 200 nomeações por parte do gabinete do chefe do executivo.

De acordo com os servidores em um rápido cálculo, só as referidas nomeações de 2020 dariam para pagar em 5 anos as reivindicações da classe.

Notícias Relacionadas