Flamengo diminui quadro de funcionários do Maracanã; expectativa é de melhora do gramado

O Flamengo restringiu a entrada de funcionários no Ninho do Urubu, Gávea e também no Maracanã. Por causa das orientações sanitárias para tentar conter a contaminação do coronavírus, o quadro da equipe que faz a manutenção do estádio foi bastante reduzido, de acordo com o administrador Severiano Braga.

O custo de manutenção é alto, e o prejuízo será inevitável, já que todas as competições estão suspensas. A principal missão durante este período será aproveitar para melhorar a qualidade do gramado do Maracanã.

O campo foi bastante criticado recentemente pelo técnico do Flamengo, Jorge Jesus. As declarações respingaram também no Fluminense, parceiro do clube na administração do estádio. Mário Bittencourt rebateu o português, que foi defendido por Rodolfo Landim.

A concessão provisória de Flamengo e Fluminense para explorarem o Maracanã vence no próximo mês. A expectativa de que os clubes consigam a permissão definitiva pelo prazo de 35 anos.

Fonte: G1

Notícias Relacionadas