Revista francesa se derrete pelo Corinthians: ‘Mais que um clube, uma instituição que faz parte da história do Brasil’

Na edição desta terça-feira (7), a France Football, revista francesa e uma das mais prestigiadas do jornalismo esportivo, fez um ranking das 50 camisas mais míticas da história do futebol. Entre eles, o Corinthians. Além de colocar o clube alvinegro na lista, a publicação não mediu palavras na hora de elogiar a história do que chamou de “mais que um clube, uma instituição faz parte da história do Brasil”.

A equipe do Parque São Jorge figura na 24ª colocação com a camisa de 1982 e 1983, época da Democracia Corinthiana. “Mais que um clube. Uma instituição que faz parte da história do Brasil. O Corinthians, que teve lendas como Garrincha, Sócrates ou Ronaldo, pediu que seus 40 milhões de torcedores fossem às ruas participar da história local”, diz a publicação. “Em 1982, os jogadores do Corinthians, aliados aos sócios, instauraram a ‘Democracia Corinthiana’, um movimento ideológico contra a ditadura militar em curso no país”.

Estátua feita em homenagem a Sócrates, ídolo do Corinthians

© Bruno Teixeira/Ag Corinthians Estátua feita em homenagem a Sócrates, ídolo do Corinthians

“Em 15 de novembro de 1982, na final do Campeonato Paulista, os jogadores entraram com uma faixa com a inscrição ‘Dia 15, vote’, incitando a população a exercer seu direito e votar. Mais do que um clube”, finaliza a revista francesa.

Durante o período da ditadura militar no Brasil, jogadores, diretores e sócios do Corinthians decidiram criar a Democracia Corinthiana, um movimento em que todos os funcionários do clube, do roupeio ao presidente, participavam de todas as decisões, desde as do dia a dia até as mais importantes, como contratações. Além do movimento interno, o clube fez diversas campanhas contra o regime militar e pelo retorno da democracia no Brasil. Nomes como Sócrates e Casagrande, os grandes jogadores daquela equipe, eram alguns dos rostos que representavam o movimento ‘DIretas, já!’ pela redemocratização do país.

Dentro de campo, a Democracia Corinthians venceu o Paulistão nos dois anos de sua existência: 1982 e 1983.

Fonte: msn

Notícias Relacionadas