PMs são atingidos por tiros de fuzil durante a caçada a uma quadrilha no Eusébio

Dois policiais militares do Batalhão de Comando Tático Motorizado (Cotam), do Comando de Policiamento Especializado de Choque (CPE/Choque), foram baleados com tiros de fuzil nas pernas na noite desta segunda-feira (29), em uma operação de caça a bandidos. O fato aconteceu no Município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Um bandido morreu durante o cerco e armas foram apreendidas.

Os dois militares foram atendidos, inicialmente, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) daquela cidade e, em seguida, transferidos para o Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), em Fortaleza. De acordo com as autoridades, os dois PMs, identificados como sargento Daniel e cabo Moura, não correm risco de morte. Um deles teve ferimentos mais graves e deve passar por cirurgia. O outro permanece sob observação.

O ataque dos criminosos aos policiais militares aconteceu por volta das 21 horas, quando uma patrulha do Cotam, comandada pelo tenente PM Veríssimo, teria localizado em um matagal no bairro Novo Eusébio, no Distrito de Urucunema, o esconderijo de uma quadrilha que vem desafiando as autoridades da Segurança Pública, expulsando moradores de suas casas e matando inimigos rivais de facção.

No momento em que os policiais faziam o cerco, acabaram sendo alvos de tiros de fuzil disparados pelos bandidos escondidos no mato e camuflados pela escuridão. Houve revide e os PMs feridos foram resgatados pelos colegas de farda. Um deles sofreu um ferimento grave, com laceração de parte da perna e do calcanhar e um grande sangramento. Conscientes, eles foram encaminhados à UPA do Eusébio.

De acordo com a Polícia, a quadrilha vem sendo caçada há, pelo menos, dois meses. São bandidos pertencentes a uma facção e que já exibiram suas armas em vários vídeos que foram postados em redes sociais. Todos já foram identificados e são procurados

Fonte: Cn7

Notícias Relacionadas