Cinco são presos em Fortaleza com armas de fogo, drogas e munições

Agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, prenderam quatro homens e apreendeu um adolescente em posse de armas de fogo, munições, entorpecentes e uma quantia em dinheiro, na madrugada deste sábado (4). A operação aconteceu no bairro Passaré, em Fortaleza.

Conforme os levantamentos policiais, as equipes foram acionadas para checar informações sobre tráfico de drogas e pessoas portando armas de fogo na Comunidade da Rosalina. Os agentes foram ao endereço indicado. No local, ao avistarem os policiais, quatro suspeitos tentaram fugir, mas foram capturados.

Os detidos foram identificados como Lucivando de Araujo Melo (29), com passagens por tráfico de drogas, porte e posse ilegal de arma de fogo; Anderson Rosendo Barros (22), com passagens por tráfico de drogas; Elinardo William Lima Cavalcante (22) e Rubens Angelim Ferreira (19).

Com o grupo, uma pistola calibre 380, uma pistola calibre Ponto 40, um revólver calibre 32, uma espingarda caibre 12, 27 munições calibre 380, 25 munições calibre ponto 40, seis munições calibre 32, oito munições calibre 12, três carregadores de pistolas, além 82 gramas de cocaína, 130 gramas de maconha, um grama de crack e uma quantia em dinheiro.

Os suspeitos e todo o material apreendido foram conduzidos para a sede do DHPP. Foi instaurado inquérito policial e o grupo foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Os cinco ficam à disposição do Poder Judiciário. O adolescente deverá ser encaminhado para a delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Outra apreensão
Segundo a secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ainda durante o trabalho policial na região foi apreendido um outro adolescente, de 17 anos, com posse de cinco munições calibre 12. Ao avistar a equipe do DHPP, o menor teria tentado fugir, mas foi abordado. As munições estavam no bolso dele, segundo as informações repassadas à imprensa.

O adolescente foi conduzido para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde um ato infracional análogo ao crime de porte ilegal de arma de fogo foi lavrado contra ele. Após os procedimentos serem realizados, ele foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: Opovo

Notícias Relacionadas