Fluminense x Flamengo pelo Carioca: onde assistir à transmissão ao vivo e que horas é a final

Flamengo e Fluminense se enfrentam nesta quarta, 8 de julho (08/07), às 21 horas e 30 minutos, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, em jogo válido pela final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. A partida não terá transmissão ao vivo pela televisão, mas você pode assistir Fluminense x Flamengo pela FluTV (com imagem da partida).
A decisão será em partida única. Se o Flamengo vencer nesta quarta o Fluminense pela final da Taça Rio, conquistará o Campeonato Carioca, já que foi campeão também da Taça Guanabara e será o clube de melhor campanha de todo o Estadual. O Fluminense tem que vencer para decidir o Carioca em outras duas partidas. Se o jogo desta quarta terminar em empate, a decisão será nas penalidades.
Reviravoltas do Carioca
As reviravoltas do Carioca não param de acontecer. Na noite dessa segunda, 6, a 24ª Vara Cível do Rio, que obrigou a Rede Globo a exibir a transmissão ao vivo da semifinal entre Fluminense e Botafogo, decidiu que a emissora não precisa fazer o mesmo na final entre Fluminense e Flamengo, tendo em vista que o Rubro-Negro não possui contrato com a emissora. Em nota, a Globo confirmou que não vai exibir a final desta quarta. “A Globo reitera seu entendimento de que o contrato foi rescindido e reafirma que os clubes estão livres para ceder os direitos sobre seus jogos”.
O anúncio causou reação da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que, em sorteio realizado nesta segunda, apontou o Tricolor como mandante. “A emissora distorce, às escâncaras, a ordem judicial a qual está submetida, criando subterfúgios literários para justificar sua intenção de descumprir o contrato em vigor [por força de decisão judicial]de transmissão do Campeonato Estadual da Série A de Profissionais”.
Na última quinta, 2, a Globo afirmou que não transmitiria mais jogos do Campeonato Carioca, mesmo tendo adquirido os direitos de transmissão de partidas de todos os clubes que disputam a competição, com exceção do Flamengo. A empresa de comunicação alega que o houve violação contratual no que diz respeito aos direitos de exclusividade após o clube rubro-negro exibir em canal próprio a partida entre Flamengo e Boavista, na última quarta (1), amparado pela Medida Provisória 984.
Flamengo em guerra com a TV Globo
Após o Flamengo transmitir a vitória diante do Boavista, por 2 a 0, pelo Campeonato Carioca, na FLA TV — no YouTube —, a Globo optou pela rescisão do contrato de transmissão do Estadual do Rio de Janeiro. A emissora alegou quebra da exclusividade prevista no contrato, visto que o Rubro-Negro transmitiu o jogo em seu canal oficial. É importante ressaltar que a decisão do clube foi baseada na MP 984, que concede autonomia ao time mandante em transmissões — mas que foi assinada pelo presidente Bolsonaro após o início do torneio. Neste sábado, 4, porém, a emissora cedeu a liminar da Justiça e garantiu a transmissão de Fluminense x Botafogo, semifinal da Taça Rio, em TV aberta para 14 estados.
O Flamengo foi a única equipe do Campeonato Carioca que não assinou o contrato dos direitos de transmissão com a Globo. Com a MP 984, o clube aproveitou para anunciar a transmissão do jogo contra o Boavista em seu canal oficial. A emissora até tentou barrar, ao entrar com um pedido na Justiça, o que acabou não sendo acatado.
Na última quinta-feira, 1º, exatamente um dia após o jogo entre Flamengo e Boavista, a Globo emitiu nota oficial comunicando à rescisão do contrato de transmissão do certame e indicou que não iria mais transmitir nenhum jogo do Estadual, mas garantiu que todos os valores firmados com as equipes seriam pagos.
Um novo capítulo deste imbróglio ocorreu na manhã deste sábado, 4, quando uma decisão judicial foi obtida pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) que determina a transmissão do clássico entre Botafogo e Fluminense neste domingo, 5. A emissora já comunicou que irá recorrer da decisão, mas garantiu que a partida será transmitida nas suas plataformas “em respeito à Justiça e os clubes”, como foi comunicado em nota oficial.
Semifinais da Taça Rio do Carioca
Após anunciar que iria cobrar R$ 10 para os torcedores poderem assistir a semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, o Flamengo liberou gratuitamente a transmis
são do jogo contra o Volta Redonda na FLA TV, canal do clube no Youtube. Os constantes erros na plataforma que iria transmitir a partida gerou protesto de torcedores, o que fez com que o clube liberasse a transmissão.
O Rubro-Negro iria transmitir a partida na plataforma MyCujoo, que já transmitiu jogos da Copa São Paulo de Futebol Júnior neste ano. Para acompanhar o duelo decisivo, o sócio-torcedor teria acesso gratuito à plataforma. Já os demais torcedores teriam que pagar R$ 10 caso morem no Brasil e US$ 8 se morarem no Exterior. A cobrança gerou insatisfação da torcida, o que motivou uma série de pichações nos muros da Gávea na manhã deste sábado.
Após o Flamengo transmitir a vitória diante do Boavista, por 2 a 0, pelo Campeonato Carioca, na FLA TV — no YouTube —, a Globo optou pela rescisão do contrato de transmissão do Estadual do Rio de Janeiro. A emissora alegou quebra da exclusividade prevista no contrato, visto que o Rubro-Negro transmitiu o jogo em seu canal oficial. É importante ressaltar que a decisão do clube foi baseada na MP 984, que concede autonomia ao time mandante em transmissões — mas que foi assinada pelo presidente Bolsonaro após o início do torneio. Neste sábado, 4, porém, a emissora cedeu a liminar da Justiça e garantiu a transmissão de Fluminense x Botafogo, semifinal da Taça Rio, em TV aberta para 14 estados.
O Flamengo foi a única equipe do Campeonato Carioca que não assinou o contrato dos direitos de transmissão com a Globo. Com a MP 984, o clube aproveitou para anunciar a transmissão do jogo contra o Boavista em seu canal oficial. A emissora até tentou barrar, ao entrar com um pedido na Justiça, o que acabou não sendo acatado.
Na última quinta-feira, 1º, exatamente um dia após o jogo entre Flamengo e Boavista, a Globo emitiu nota oficial comunicando à rescisão do contrato de transmissão do certame e indicou que não iria mais transmitir nenhum jogo do Estadual, mas garantiu que todos os valores firmados com as equipes seriam pagos.

Fonte: Opovo

Notícias Relacionadas