Depois de Ceará e Fortaleza, Ferroviário também figura em live de Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), que rotineiramente recebe gestos de apoio de alguns times de futebol brasileiro, somou mais adesão nesta quinta-feira, 6. Depois de dirigentes do Fortaleza e Ceará terem entregue pessoalmente seus mantos oficiais para o presidente, o Ferroviário enviou duas camisas oficiais do clube para Bolsonaro, exibidas por ele hoje em transmissão ao vivo. Na mesma live, Bolsonaro parabenizou o Ceará pela conquista do bicampeonato da Copa do Nordeste.

O envio das camisas do Ferrão foi feito pelo presidente do time, Newton Filho, conforme agradeceu Bolsonaro. Ele afirmou ainda ter recebido um ofício de Newton com agradecimentos a ele e saudações ao ministro de Infraestrutura do governo Bolsonaro.

As camisas seriam um agradecimento do presidente do time a Bolsonaro e uma espécie de honraria ao desenvolvimento da malha ferroviária do País, já que o time foi fundado em 1933 por operários do setor.

Antes de expor brevemente as camisas recebidas do Ferroviário no início de sua transmissão ao vivo, semanalmente realizada pelas redes sociais, Bolsonaro exibiu ainda a camisa oficial do Ceará e parabenizou o time pela conquista invicta da Copa do Nordeste. Ele comemora os presentes recebidos e afirma que irá usá-los em corridas ao redor do Palácio da Alvorada.

“Corridinhas de gordo”, conforme afirmou ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que estava ao lado de Bolsonaro para participar da live comentando assuntos relacionados a pandemia de coronavírus no país.

Além do Ferroviário, o Joinville, reconhecido time de Santa Catarina, também enviou uma camisa oficial ao presidente, que agradeceu rapidamente o presente, antes de iniciar as discussões sobre as mais recentes ações do governo.

Gesto dos clubes ocorre um dia após o Governo Federal anunciar o veto do lançamento do edital do programa Bolsa Atleta 2020, suspendendo o pagamento de uma série de recursos para atletas brasileiros. O programa paga para que os atletas continuem se dedicando aos treinos e competições para o Brasil.

Fonte: Opovo

Notícias Relacionadas