Empresa cria canal infantil para entreter filhos dos funcionários em home office

Fazer home office durante a quarentena não deve ser uma tarefa fácil para quem tem crianças em casa. Pensando nisso, uma empresa disponibilizou um canal infantil com atividades para entreter os filhos dos funcionários. O conteúdo, que está na intranet da empresa, conta com vídeos do grupo Palavra Cantada, contação de histórias, livros de Ziraldo, dicas de brincadeiras.

Tecnobank é uma empresa que desenvolve soluções tecnológicas para negócios e segurança de dados para os segmentos financeiros e de veículos. Durante a pandemia do novo coronavírus, os colaboradores estão trabalhando em casa. E pensando naqueles que têm filhos, foi criado um canal infantil para alinhar o trabalho com a presença das crianças.

Segundo a diretora de Gente & Gestão (RH), Michaela Vicare, a ideia partiu de uma pesquisa feita com os funcionários. “A iniciativa começou no programa de home office posterior ao início da pandemia. Percebemos que uma das dificuldades dos colaboradores era dividir a atenção com as crianças, uma vez que as aulas também foram suspensas. Entre as iniciativas para a melhoria da experiência de trabalho em casa para os colaboradores tivemos a ideia de criar o TBKids para oferecer conteúdo infantil”, conta.

E a pesquisa sobre home office na pandemia revelou que mais de 30% dos colaboradores têm crianças de até 14 anos em casa e precisam dedicar atenção a elas, mesmo nos momentos de trabalho. De acordo com Michaela, o resultado tem sido satisfatório. “A adesão está muito positiva, porque a gente sabe que as escolas, mesmo as que seguem com aulas remotas, têm apenas um período no dia com programação – e no contraturno, as crianças ficam ociosas. Assim, os pais estão ocupando as crianças, mas não de qualquer forma, e sim com conteúdo de qualidade, educativo, elaborado por especialistas”, reforça.

Ela ainda conta que a empresa conseguiu manter a produtividade próxima aos 100%, mesmo no regime excepcional de home office por conta da pandemia.

os funcionários da empresa, que preferem manter esquema de home office depois da pandemiaE a iniciativa agradou os funcionários, como Tiago Romio, gerente de operações da Tecnobank. Ele é pai da Joana, de 7 anos, e conta que é uma forma da empresa se aproximar dos colaboradores. “Nesse novo mundo de home office, minha filha tem adorado os conteúdos disponibilizados pela empresa. Poder ensinar, mostrar para os nossos filhos com exemplo real que o mundo profissional pode ser saudável e muito agradável não tem preço. Tenho orgulho de trabalhar em uma empresa que entender que, para o colaborador estar bem, é preciso cuidar também da sua família”, disse.

Com a experiência desse novo esquema de trabalho, a empresa repensa o retorno das atividades presenciais. “Já tínhamos um programa de home office. Com a pandemia, ampliamos para 100% dos funcionários. Como somos uma empresa de tecnologia, todas as ações podem ser desenvolvidas remotamente. Criamos salas virtuais. Cada setor tem sua sala, como se fosse seu escritório dentro de um ambiente on-line, e pode receber visitas de colegas de outras equipes durante o expediente, para a realização de reuniões e alinhamentos”, comenta Michaela.

A pesquisa revela ainda que mais de 50% dos funcionários preferem dividir o tempo entre casa e escritório. E mais de 30% escolheriam trabalhar a maior parte do tempo em casa. * Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Fonte: Msn

Notícias Relacionadas