100 mil mortes por Covid-19: Mandetta lamenta falta de compromisso de Bolsonaro com a ciência

Em entrevista à GloboNews, Luiz Henrique Mandetta foi questionado se a falta de liderança do governo federal foi a principal causa para o país alcançar a marca de 100 mil óbitos por Covid-19.

Ele respondeu: “Negacionismo, a falta de respeito à ciência e a falta de liderança”.

E o ex-ministro da Saúde disse mais: “Todos os cenários de como enfrentar a pandemia foram dados. Existia aquela história de quarentena vertical, que seria uma tragédia, a gente resistiu bastante. Existiam as pessoas que negavam, que diziam que o vírus não se daria bem em clima tropical. E [Jair Bolsonaro] sempre se assessorando com pessoas que falavam o que o presidente queria ouvir. Não tenho dúvida que esse somatório de fatores foi preponderante no marco a que chegamos. Além disso houve uma troca sucessiva no Ministério da Saúde. Essas medidas do presidente foram preponderantes no número que estamos vendo”.

Fonte: Cn7

Notícias Relacionadas