China diz que EUA pratica ‘bullying’ contra empresas de tecnologia

A China classificou de “1 ato típico de bullying” as últimas medidas adotadas pelos Estados Unidos contra empresas de tecnologia do país asiático. Segundo o governo chinês, os atos dos norte-americanos tem como único objetivo manter o monopólio do setor.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, fez as observações durante a coletiva de imprensa diária. Ele comentava o decreto do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O presidente dos EUA proibiu “empresas americanas e americanos” de fazerem transações com a ByteDance, proprietária do aplicativo chinês TikTok, caso o software não seja vendido para uma empresa americana em 45 dias.

A decisão também inclui o WeChat. De acordo com o decreto, o aplicativo compila muitas informações de seus usuários que podem “permitir o acesso do Partido Comunista Chinês aos americanos”.

Em 31 de julho, Trump já havia dito que baniria o TikTok do país. O presidente dos EUA acusa a plataforma e a China de usarem dados pessoais dos usuários para espionagem. A ByteDance, dona do aplicativo, negou qualquer vínculo com o governo chinês.

Fonte: Msn

Notícias Relacionadas