Pessimismo para fora e meta interna: estratégia do São Paulo dá certo, e Pablo fica à disposição

Pablo se recuperou no São Paulo e está à disposição do técnico Fernando Diniz para enfrentar o River Plate, nesta quinta-feira, às 19h, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, no Morumbi.

A volta do jogador para esta partida foi uma meta estabelecida e cumprida pelo Reffis do clube. Na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, Pablo sofreu um descolamento de um músculo que liga a costela ao abdômen.

Desde então, para não gerar expectativas de uma possível volta, o São Paulo trabalhou com uma previsão de retorno menos otimista externamente. Mas, em conjunto com o atacante, tinha como meta tê-lo à disposição diante do River Plate.

O Tricolor fez cronogramas para que Pablo fizesse trabalhos em casa para acelerar o processo. A lesão, vista como “estranha”, precisou de alguns cuidados específicos. Na última quinta-feira, o jogador recebeu uma boa notícia no resultado do exame.

Na última segunda-feira, Pablo surpreendeu ao aparecer no treino com os demais companheiros no CT da Barra Funda. Na terça, ele treinou novamente e se aproximou ainda mais de ser relacionado para o jogo de quinta. A condição de titular, no entanto, ainda é incerta.

Artilheiro no elenco com sete gols, Pablo volta justamente no momento em que Fernando Diniz tem um desfalque de peso no ataque: Luciano. Ele está suspenso das três próximas rodadas da Libertadores por ter sido expulso quando ainda defendia o Grêmio.

Além dele, o técnico continua sem poder escalar Daniel Alves, que se recupera de uma fratura no braço direito.

Pablo no treino do São Paulo desta terça — Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com isso, um provável São Paulo para enfrentar o River Plate tem: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Diego, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê, Gabriel Sara, Hernanes e Igor Gomes; Vitor Bueno e Paulinho Boia (Pablo).

Fonte: Globo Esporte

Notícias Relacionadas