Ceará: o estado mais violento do País com aumento de 96% de homicídios

Ceará praticamente dobrou o número de assassinatos em 2020 em comparação a 2019 e lidera atualmente o ranking do s estados brasileiros com maior aumento de homicídios no País. O aumento chegou a 96 por cento, enquanto a Paraíba, o segundo na lista, teve acréscimo de apenas 19,2 por sento nos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs). A matança no Ceará não tem concorrência no País.

Os dados que mostram o desastre na Segurança Pública do estado estão contidos na 14ª edição do Anuário Brasileiro da Segurança Pública, publicado nesta segunda-feira (19). DE acordo com as estatísticas, a alta do número de assassinatos aconteceu em todo o Brasil, mesmo em tempos de pandemia, quando o isolamento social deixou desertas as cidades brasileiras.

No Brasil, o aumento dos assassinatos foi da ordem de 7,1 por cento, na comparação  do primeiro semestre deste ano com igual período de 2019, saltando de 24.012 mortes violentas para 25.712.  Mas no Ceará a situação foi drástica, com quase o dobro no aumento dos  CVLIs  em geral, que incluem os homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte), feminicídio, lesão corporal seguida de morte, mortes por intervenção policial e assassinatos nas unidades do Sistema Penitenciário.

Ainda de acordo com o Anuário – que está sendo apresentado oficialmente nesta segunda-feira em coletiva de Imprensa na cidade de São Paulo – o aumento dos homicídios no País quebra uma sequência de queda que aconteceu entre 2017 e 2019. Em 2019, por exemplo, o  País teve queda de 17,5 por cento nas mortes violentas e intencionais em comparação a 2018, passando de 57.574 crimes para 47.773.

O Anuário da Segurança Pública 2020, que é produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou também que no país as mortes por intervenção policial aumentaram de 2019 para 2020 na ordem de seis por cento, passando de 3.002 casos para 3.181.

Veja a seguir, o ranking dos 14 estados mais violentos do País: *

Ceará (96.6%)

Paraíba (19.2%)

Maranhão (18.5%)

Espírito Santo (18.5%)

Sergipe (16.85)

Alagoas (15.1%)

Paraná (14.8%)

Santa Catarina (14%)

Rondônia (13.4%)

Tocantins (12.5%)

Pernambuco (11.8%)

Rio Grande do Norte (11.8%)

Bahia (10.1%)

São Paulo (8.2%)

  • (*) Taxa de aumento dos homicídios no primeiro semestre na comparação 2019/2020

 

Fonte: Cn7

Notícias Relacionadas