Gestante é morta e tem corpo queimado e abandonado na Grande Fortaleza

Conforme relato de um amigo, o crime teria características de feminicídio. A vítima estava grávida quando foi assassinada e teve o corpo queimado, enrolado em um colchão

Uma jovem chamada Efigênia Soares, de 28 anos, foi encontrada morta em Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A vítima, conforme um amigo entrevistado pelo O POVO, estava grávida. Ela teve o corpo queimado e enrolado em um colchão.

Efigênia era estudante de Fisioterapia e desapareceu na última quarta-feira, 13. A universitária foi fazer exames de rotina do Pré-Natal e estava no início da gestação. A tarde ela foi para o estágio e posteriormente desapareceu.

A família fez um Boletim de Ocorrência (B.O) comunicando seu desaparecimento. No entanto, descobriram nesta quinta-feira, 14, que a universitária foi encontrada morta.

Conforme relato do amigo, um suspeito estaria preso e o crime teria características de feminicídio. Os amigos lamentaram a morte nas redes sociais e pediram Justiça.

 

Fonte: O Povo.

Notícias Relacionadas