Homem é preso acusado de executar empresário e PM em Maranguape

A Polícia Civil do Ceará prendeu nesta sexta-feira (5) um homem acusado de ser um dos executores de um duplo homicídio ocorrido em outubro do ano passado em Maranguape. Francisco Agnaldo da Silva Amorim (42), vulgo “Naldo”, é suspeito de executar o empresário Daniel Cortez e o sargento da reserva da Polícia Militar, Juscelino Araújo Chaves, de 59 anos. Eles foram atingidos por disparao de arma de fogo.

Daniel e o PM trafegavam em um veículo, quando colidiram o carro e foram abordados pelos suspeitos. O empresário não resistiu aos ferimentos e morreu dentro do veículo. Após a colisão, o sargento conseguiu sair do carro e tentou fugir, porém foi perseguido e morto.

Em posse das informações sobre o crime, as autoridades policiais representaram pela prisão temporária em desfavor de “Naldo”, que foi cumprida nas primeiras horas desta sexta-feira. Com ele, os investigadores apreenderam entorpecentes e uma espingarda calibre 12.

O acusado e todo material foram conduzidos à Delegacia Metropolitana de Maranguape. Na unidade, além do cumprimento do mandado de prisão por homicídio, ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. A Polícia Civil segue investigando o caso a fim de capturar outros envolvidos neste crime.

Fonte: cn7

 

Notícias Relacionadas