Em busca de afirmação, Natan e Noga reeditam parceria da base e recebem elogios no Flamengo

Em um elenco tão estrelado como o do Flamengo, cada chance recebida deve ser valorizada e tratada como uma “final” pelos jovens. Uma atuação de destaque é capaz de elevar a moral com a torcida, como foram os casos de Natan e Noga, que estrearam profissionalmente em 2020. Agora, formando a dupla de zaga titular no início do Carioca, os dois seguem mostrando as credenciais em busca da afirmação no time de cima do Rubro-Negro.

Natan, de 20 anos, e Gabriel Noga, de 19, ganharam as primeiras chances no time de cima em setembro do ano passado, quando o Flamengo sofreu um surto de Covid-19 no elenco. O mais velho foi efetivado como profissional, teve sequência e disputou 15 partidas na última temporada. Noga, por sua vez, disputou apenas quatro jogos, mas também deixou boa impressão.

Agora, com os jogadores mais experientes de férias, os dois têm o Carioca como oportunidade de reeditar a parceria de sucesso que tiveram na base. E, nos dois primeiros jogos, o desempenho da dupla foi à altura das expectativas. Seguros na defesa, Natan e Noga comandaram a defesa do Rubro-Negro que ainda não foi vazada. Além disso, os jovens mostraram qualidade com a bola nos pés ao garantir a saída de bola, com passes curtos e lançamentos precisos.

Sem dúvidas, é preciso levar em consideração a fragilidade e o estilo defensivo dos adversários (Nova Iguaçu e Macaé). Mesmo assim, a segurança e o entrosamento da dupla são motivos de comemoração para a torcida do Flamengo. Capitão neste início de temporada, Natan comentou sobre a parceria com Noga, em coletiva de imprensa na última sexta-feira, e destacou como as características deles se completam em campo.

– Eu e Noga jogamos dois ou três anos juntos, sub-17 e sub-20. E é um companheiro que eu já estou bastante habituado em jogar, a gente se completa. É um zagueiro técnico, inteligente, seguro. Se Deus quiser, a gente vai ter muitos anos de parceria no Flamengo ou juntos no elenco do profissional.

As boas performances de Natan e Noga contra Nova Iguaçu e Macaé renderam, inclusive, elogios de Maurício Souza, treinador da equipe na ausência de Rogério Ceni. O técnico, que já os havia comandado no sub-20, destacou as qualidades e o futuro promissor da dupla no Flamengo.

– Primeiro que são dois baita jogadores, extremamente profissionais, que estão buscando o espaço deles, extremamente concentrados, que entendem a responsabilidade de defender a camisa do Flamengo, extremamente competitivos e que seguem à risca o que temos planejado. Simplificam o jogo, são fortes na bola aérea, são fortes no jogo por baixo. São dois jogadores que no futuro próximo estarão dando alegria para os torcedores do Flamengo – disse Maurício Souza, após a vitória sobre o Macaé.

Com Natan, Noga e cia., o Flamengo se reapresenta no Ninho do Urubu nesta segunda-feira e inicia a preparação para o clássico contra o Fluminense, pela terceira rodada da Taça Guanabara. A partida está marcada para o próximo domingo, às 18h (de Brasília), no Maracanã.

Fonte: msn

Notícias Relacionadas