Cidade do Crato volta a registrar óbito por Covid após quase 3 meses

A cidade do Crato, no interior do Ceará, voltou a registrar óbito por Covid-19 após quase três meses sem mortes por complicações da doença, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde do município nesta terça-feira (28).

O óbito ocorreu na última segunda-feira (27). A vítima é um homem de 78 anos que estava internado no Hospital São Raimundo. Não há informações se o paciente tinha alguma comorbidade ou se estava vacinado.

O registro mais recente óbito por Covid na cidade este ano havia sido de dia 2 de abril, mas só foi comunicado no boletim epidemiológico quatro dias depois. Na ocasião, a pessoa vitimada pela doença tratava-se de um homem de 84 anos, que estava internado em um hospital particular.

Ainda conforme o boletim, atualmente um paciente está internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cinco estão em uma enfermaria clínica e 344 pacientes em tratamento domiciliar contra a Covid.

Desde o início da pandemia, Crato registrou 22.851 casos e 254 mortes por Covid. Só em 2022, a cidade já teve 4.013 pessoas diagnosticadas e 20 mortes até esta quarta-feira (29), de acordo com dados da plataforma IntegraSUS.

Os casos de Covid no município em junho, com 191 pessoas diagnosticadas, já são cinco vezes maior do que os registrados no mês de maio, que teve 35 casos.

Se comparado com o mês de abril, que teve 13 casos, a diferença é ainda maior, com 13 vezes mais ocorrências em junho.

O mês com o maior número de casos na cidade este ano foi em janeiro, com 2.310 pessoas diagnosticadas e quatro mortes.

Já número de óbitos na cidade vem caindo desde fevereiro, mês com o maior número de mortes, com 12 pessoas vitimadas. Março e abril registraram 2 óbitos em cada mês, em maio não houve mortes e junho registrou um óbito.

A cidade segue imunizando a população contra a Covid. Na quinta-feira (30) o município realiza uma ação no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti para a aplicação da quarta dose em pessoas a partir de 40 anos.

Com informações do G1 CE

Notícias Relacionadas