Ronda Rousey emociona plateia em introdução ao Hall da Fama: "Lute como uma garota"

Esporte Sexta, 06 Julho 2018 00:00

Dana White entregou o prêmio para Ronda Rousey - Diego Ribas

A cerimônia anual de inclusão de novos membros do Hall da Fama do UFC contou com seis novos nomes na lista de imortais do esporte. Divididos em quatro categorias, eles foram anunciados nesta quinta-feira (5) na cidade de Las Vegas (EUA), em evento realizado no Hotel Cassino Palms, que contou com uma plateia recheada de celebridades do mundo das lutas. E o destaque ficou por conta de Ronda Rousey.

Ex-campeã dos pesos-galos (61 kg), a judoca, que agora faz parte do plantel de atletas da WWE (liga americana de telecatch), foi anunciada como membro da 'Era Moderna', que corresponde aos competidores que fizeram história após a unificação das regras do MMA. Última a subir no palco, Ronda contou com o discurso de Dana White para sua introdução, a primeira de mulher da história.

"Em minha defesa, quando eu disse que mulheres nunca lutariam no UFC, eu ainda não conhecia Ronda Rousey. Ele começou mudando minha mente, mas acabou mudando o mundo. 
Ela provou que mulheres poderiam lutar como homens, vender ingressos, liderar cards e lotar arenas", afirmou o cartola, sob aplausos da plateia.

"Não sou a primeira pessoa com a habilidade de fazer isso. Mas eu estou aqui porque sou a primeira que você parou para ver. Que você colocou energia para apoiar. 
Juntos, construímos essa divisão, esse esporte, essa revolução. Definimos o que é ser forte, sexy, mudamos o sentido de 'lute como uma garota'. Você dividiu histórias comigo que tocaram meu coração. Você me inspirou. Quero que você se sinta bonito mesmo quando você não se sente assim. 

Quando for assim, quero que você prove que eles estão errados. Toda vez que estou lá fora, entro no cage, quero fazer você feliz. Foi uma honra dividir isso com você. A única razão por isso importar é porque você estava assistindo", descreveu a atleta, acompanhada do marido Travis Browne.

Na mesma noite, o brasileiro Maurício 'Shogun' foi anunciado ao lado de Dan Henderson como membro da lista de 'Lutas' do Hall da Fama, que se refere aos maiores combates da história da organização que, por diversos motivos, ajudaram a construir e divulgar o evento.

O duelo em questão foi realizado em novembro de 2011 e contou com a vitória do americano por decisão unânime dos jurados após uma verdadeira guerra de cinco rounds. Anos depois, na revanche, Henderson venceu de novo, desta vez por nocaute.

Entre os 'Pioneiros', Matt Serra garantiu seu lugar. Ex-campeão dos meio-médios (77 kg), o faixa-preta de jiu-jitsu de Renzo Gracie garantiu seu posto após vencer a quarta edição do TUF, conquistar sua chance de disputar o cinturão do UFC e nocautear Georges St-Pierre, feito único até hoje.

Entre os 'Contribuidores', Bruce Connal e Art Davie também escreveram seu nome na história do esporte. O primeiro foi o principal produtor do UFC por mais de 15 anos antes de falecer. Art, por sua vez, foi um dos criadores do maior evento de MMA do mundo ao lado de Rorion Gracie.

 

Fonte: msn

Read 115 times

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg