Esporte

Esporte 1159

O atacante belga do Borussia Dortmund Michy Batshuayi acusou nesta quinta-feira os torcedores do Atalanta de atitudes racistas durante a partida desta quinta-feira pela Liga Europa, na qual o empate por 1 a 1 classificou os alemães.

O jogador belga denunciou no Twitter que na arquibancada torcedores italianos imitaram "sons de macacos".

No mês passado, o Atalanta foi punido com uma partida sem torcida após o defensor do Nápoles Kalidou Koulibaly sofrer o mesmo tipo de agressão racista.

O Dortmund se classificou para as oitavas de final da Liga Europa graças a vitória por 3 a 2 no jogo de ida, no qual Batshuayi marcou duas vezes.

O presidente do Atalanta, Antonio Percassi, pediu desculpas ao jogador: "Vou ser sincero e dizer que não escutei isto, mas se ocorreu, me deixa muito triste e tenho que me desculpar com Batshuayi. Isto jamais deveria acontecer".

 

Fonte: msn


Três dias depois de ser campeão da Taça Guanabara, o Flamengo estreou com uma convincente vitória na Taça Rio. O Rubro-Negro bateu o Madureira por 4 a 0 nesta quarta-feira (21), no Nilton Santos, com gols de Diego, Henrique Ceifador, Lucas Paquetá e Vinícius Júnior.

Na próxima rodada, o Flamengo tem pela frente o clássico contra o Fluminense, em Cuiabá, na Arena Pantanal, no sábado (24). Na segunda, o Madureira recebe o Volta Redonda, no Conselheiro Galvão.

O time do técnico Paulo César Carpegiani jogou leve e chegou aos gols com tranquilidade diante de pouco mais de 3.800 pagantes. Diego, em bela cobrança de falta aos 17 minutos, abriu o placar. Também no primeiro tempo, aos 35 minutos, Lucas Paquetá aproveitou bobeira da zaga adversária para ampliar.

Um dos melhores cobradores de pênalti do Brasil, Henrique Dourado, o Ceifador, marcou naquela que também é sua especialidade, aos 9 minutos da etapa final. A partir daí, o jogo ficou ainda mais fácil apesar da vontade dos atacantes Igor Catatau e Souza. Faltava, no entanto, o da estrela Vinícius Júnior, que marcou o quarto já nos minutos finais.

 

Fonte: R7


A classificação do Vasco para a fase de grupos da Libertadores passou diretamente por Martín Silva, responsável por dar a vitória ao time na disputa de pênaltis ao defender três cobranças depois que a equipe perdeu no tempo normal por 4 a 0 para o Jorge Wilstermann, em Sucre, na Bolívia. O uruguaio escreveu mais um capítulo para ampliar sua idolatria no Vasco.

Seu posto de maior referência do clube atualmente ficou ainda mais claro depois da saída de Nenê e Luis Fabiano. Os torcedores lembram que ele já aceitou defender o Vasco na Série B e, embora esteja com salários atrasados e insatisfeito com muitas coisas dentro do clube, não abandonou o barco.

Sério, com personalidade forte e avesso a badalação de entrevistas, Martín acabou como centro das atenções após a classificação. Após dar entrevistas, foi muito festejado pelos companheiros, que fizeram questão de abraçar e agradecer. Durante o jogo, o goleiro havia reclamado muito da forma repetitiva que o Vasco levou os gols, todos os quatro em cruzamentos para área.

martin silva vasco suvre pênalti libertadores (Foto: Carlos Gregórioa Jr / Vasco)

- Sofremos demais, estamos muito bravos com nós mesmos. Três gols no início era tudo que não podia, até do jeito que aconteceu, era o jeito deles. Mas nos classificamos, o objetivo é sempre passar. É corrigir muita coisa, mas estamos fazendo um campeonato muito bom. Voltamos ao Brasil com a classificação - disse o arqueiro.

A delegação do Vasco retornou de Sucre para Santa Cruz de la Sierra logo após o jogo. No início da tarde desta quinta os jogadores embarcam rumo ao Brasil.

 

Fonte: globoesporte


O meia Christian Cueva teve nos pés a grande chance de empatar a partida para o São Paulo. No entanto, ao desperdiçar uma cobrança de pênalti no último minuto do jogo, o peruano não evitou a derrota por 2 a 1 para o Ituano.

Autor do único gol do Tricolor na noite desta quarta-feira, marcado no começo da etapa complementar, o camisa 10 assumiu a culpa pelo revés. “Foi responsabilidade minha. Tranquilo, não vou esconder minha cara. Essa é a minha responsabilidade e eu a assumo”, afirmou Cueva, na saída do Estádio Novelli Júnior.

Esta foi a quarta derrota do Tricolor na temporada, sendo a segunda consecutiva. O resultado aumenta a pressão da equipe. “Hoje era para ganhar, mas faz parte do futebol. A responsabilidade maior é minha porque errei um pênalti no último minuto”, reiterou.

Cueva também saiu em defesa do meia-atacante Diego Souza, substituído por Tréllez no intervalo após atuação discreta no primeiro tempo. “Para mim e para o grupo, ele vem jogando muito bem. São momentos. O Diego está fazendo uma função que não é a dele”, pontuou.

Por fim, ainda desconversou ao ser questionado se havia mesmo recusado uma proposta de 12 milhões de euros do Dalian, da China. “São coisas internas, não posso falar. São coisas do clube e do jogador”, explicou, sucinto.

Em entrevista coletiva, o técnico Dorival Júnior elogiou o peruano e o isentou de culpa pelo revés. “Foi o protagonista da partida. Só erra o pênalti quem bate. O goleiro foi muito feliz. Foi o último lance do jogo. Quero que o jogador se exponha e ele fez isso. Fiquei satisfeito. Esse é o Cueva que todos nós queremos. O erro faz parte. A responsabilidade é do treinador. As vitórias os jogadores comemoram, as derrotas o treinador assume”, disse o comandante.

Apesar da nova derrota, o São Paulo permaneceu no primeiro lugar do Grupo B, com dez pontos ganhos, os mesmos da Ponte Preta, que tem uma vitória a menos. Cada vez mais pressionada, a equipe dirigida por Dorival Júnior buscará se reabilitar no torneio diante da Ferroviária, a partir das 17 horas (de Brasília) deste domingo, no Morumbi.

 

Fonte: msn


O Dérbi do próximo sábado será especial para Lucas Lima. Contratado pelo Palmeiras nesta temporada, o meia terá a oportunidade de enfrentar o Corinthians pela primeira vez com a camisa alviverde. E, se depender do retrospecto recente do atleta contra o rival, o time de Roger Machado pode ficar esperançoso.

Em setembro do ano passado, Lucas Lima liderou o Santos na vitória sobre os corintianos, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele abriu o placar na segunda etapa e, nos acréscimos, iniciou a jogada do gol que fechou o placar em 2 a 0 na Vila Belmiro.

No total, o meia disputou o clássico contra o Corinthians nove vezes – foram quatro vitórias para cada lado e um empate. Mas, a última vez que foi derrotado pelo rival foi em 2015.

Pelo Palmeiras, Lucas Lima chegou com o peso de principal contratação para a temporada. Em campo, o esforço da diretoria se justifica: ele atuou em todas as partidas do ano – foram oito jogos, com um gol e três assistências.

O placar em clássicos pelo Verdão é favorável: uma vitória contra o Santos, na quinta rodada do Paulistão, com direito a bom desempenho individual do camisa 20 palmeirense.

Nesta quarta-feira, Lucas Lima vai dar entrevista coletiva na Academia de Futebol, às 14h30, com transmissão ao vivo do GloboEsporte.com.

 

Fonte: globoesporte 


Sevilla x Manchester United é um dos destaques desta quarta-feira (21) na Champions League. O jogo, que ocorre no Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha, é válido pela ida das oitavas de final da competição, e marca o encontro entre dois atacantes goleadores nesta temporada: Ben Yedder e Lukaku.

Os donos da casa talvez não chegassem às oitavas de final da Champions se não fosse pelas atuações do atacante francês: Ben Yedder marcou seis gols na fase de grupos da competição, sendo três deles contra o Liverpool, e ajudou o Sevilla a ficar com a segunda colocação do Grupo E.

Vale ressaltar que ele também anotou dois tentos na qualificação à fase de grupos, contra o Basaksehir-TUR. Estes não entram na conta oficial da competição, mas foram fundamentais para a classificação do time espanhol.

Em toda a temporada, Ben Yedder soma 17 gols em 30 jogos disputados, incluindo Campeonato Espanhol e Copa do Rei, competição pela qual a equipe andaluz disputará a final contra o Barcelona, no dia 21 de abril.

O matador do Manchester United

Do outro lado do duelo está o bela Romelu Lukaku, que vive ótima fase pelo United. Em todos os campeonatos disputados nesta temporada, Lukaku marcou 21 gols em 38 partidas, e é o principal goleador da equipe.

Na Champions, inclusive, marcou quatro gols em seis partidas — três contra o CSKA Moscou e um diante do Basel —, ajudando os ingleses a ficarem com a liderança do Grupo A.

Duelo dos goleiros espanhóis

Se na frente Sevilla e United estão bem servidos, no gol também não é diferente. O Manchester conta com David De Gea, já consolidado como um dos melhores goleiros do mundo. Do lado do Sevilla está Sergio Rico, de 24 anos, que faz temporada acima da média e frequentemente é convocado para seleção espanhola.

 

Fonte: R7


Se o jogo do Flamengo fosse uma foto, o confronto contra o Madureira estaria meio embaçado, uma vez que o foco estaria daqui a uma semana, no duelo com o River Plate (ARG), estreia na Libertadores. Desta forma, esse pontapé inicial na Taça Rio ganhou ares de preparação para a competição sul-americana, podendo, inclusive, ter um esboço do time. A partida contra o Tricolor suburbano acontece às 19h30, no Estádio Nilton Santos, e terá transmissão em Tempo Real pelo site do LANCE!

Para esta partida, a tendência é que o técnico Paulo César Carpegiani faça algumas alterações visando a Libertadores. Há a chance de Diego Alves, que teve uma fratura na clavícula em novembro, volte à equipe. À frente da zaga, chance de entrar Jonas na vaga de Cuellar, que está suspenso dos dois primeiros duelos da Libertadores devido à expulsão na final da Copa Sul-Americana do ano passado. O lateral-direito Rodinei também tem sido testado no lugar de Pará - essa substituição, inclusive, foi feita na final da Taça Guanabara, contra o Boavista.

Carpegiani não esconde que o jogo com o Madureira e Fluminense vão servir para finalizar as observações necessárias para enfrentar o River, mas ressalta a importância desses dois confrontos para a continuidade da campanha no Carioca.

- Tenho que ver nos próximos jogos. Tenho visto o River, que é forte e competitivo. Não está bem no campeonato (argentino), mas vi alguns jogos e não vamos nos enganar. Tem muita tradição. Vamos ter dois jogos importantes - disse ele, que completou ressaltando que o time ainda precisa evoluir para a Libertadores:

- Quero que meus jogadores evoluam. Temos que ser mais competitivos. Estou tentando usar o que há de melhor que o Flamengo tem. Temos de evoluir mais. Os adversários serão mais exigentes, a chave (na Libertadores) é bastante difícil.

Usando para testes ou não, o Flamengo também entra buscando a vitória sobre o Madureira para que a Taça Rio comece de vento em popa, principalmente após a conquista da Taça Guanabara, e possa aumentar ainda mais a empolgação para a Libertadores. Porém, um resultado não favorável não representará muita coisa pelos lados da Gávea.

 

Fonte: msn


Principal jogador do Grêmio na última temporada, Luan recebeu uma homenagem do clube gaúcho nesta segunda-feira por ter sido eleito "Rei da América" em 2017, em eleição popular promovida pelo jornal "El País", do Uruguai, com jornalistas de toda a América do Sul.

O atacante campeão olímpico recebeu a placa com sua foto, nome e número gravados das mãos das mãos do superintendente do Grêmio, Antonio Carlos Verardi, na sala de imprensa do CT Luiz Carvalho. Artilheiro do Grêmio na temporada passada, com 18 gols, e melhor jogador da Libertadores, Luan recebeu 182 votos, 117 a mais que segundo colocado, o peruano Paolo Guerrero, do Flamengo.

"Fico feliz pelo prêmio. Eu quero agradecer ao seu Verardi, que a gente brinca que é um dos donos do Grêmio. Agradecer a ele, que tem uma história muito grande. Fico feliz pela homenagem. Pelo prêmio individual e pelo prêmio coletivo, o título, que a gente conquistou, que é o principal", disse o atacante.

Às vésperas da convocação para os amistosos da seleção brasileira contra Rússia e Alemanha, marcados para os dias 23 e 27 de março, o técnico Tite esteve no CT do Grêmio para observar Grohe, Geromel, Arthur e Luan, que disse ter tido uma breve conversa com o treinador.Fechar anúncio

"Eu só cumprimentei (o Tite). Conheço ele. A gente se falou, mas nada específico", resumiu o jogador. "Procurei não fazer nada de diferente (no treino). Eu treinei me preparando para o jogo de quarta-feira. É o mais importante para mim no momento", completou.

Com Luan como protagonista novamente - balançou as redes no empate em 1 a 1 com o Independiente, na última quarta-feira - o Grêmio volta a enfrentar o time argentino na decisão da Recopa Sul-Americana, nesta quarta-feira, às 22 horas, em Porto Alegre.

"Para mim e para o Grêmio significa muito já começar o ano ganhando títulos, como a gente terminou ano passado. Temos que buscar ganhar sempre. A gente está muito focado e trabalhando forte para que a gente possa conquistar esse título e aí sim pensar no Gaúcho", finalizou Luan.

 

Fonte: R7


Daqui a nove dias, Gabigol jogará sua primeira Libertadores da carreira. O atacante, que já disputou grandes competições no futebol, como a Liga dos Campeões, se disse ansioso para poder atuar no torneio que acompanhou com torcedor de arquibancada da Vila Belmiro. O Santos estreia na Libertadores no dia 1º de março, contra o Real Garcilaso, no Peru.

– É uma grande novidade, estou muito ansioso. Sou santista e vi muitos jogos da Libertadores na Vila. Via que o clima era diferente. Antes, porém, temos que pensar no domingo (jogo contra o Santo André, pelo Paulista). Temos que fazer um bom jogo. Temos que fazer valer o mando de jogo. Se conseguirmos vitórias seguidas, vamos muito bem e confiantes para a Libertadores – disse Gabigol, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Rei Pelé.

 

Com dificuldades para se reforçar no mercado, o elenco do Peixe é repleto de jovens. Prova disso é que contra o São Paulo, no último domingo, o time terminou o clássico com oito atletas revelados na base. Apesar de ter 21 anos, Gabigol se sente um dos líderes do grupo e tenta ser exemplo para os Meninos da Vila.

– Eu me vejo como líder do time. Mesmo jovem, passei por várias coisas. Tento ser exemplo dentro e fora de campo. Me dedicando, conversando. A qualidade dos jovens me impressiona, rápidos, inteligentes. Santos terá grandes jogadores daqui a pouco. Tem que ser aos poucos, são jovens, Jair saberá usar. Quando estava aqui, convivi com mais experientes, Marcos Assunção, Edu Dracena, Durval, e isso faz diferença. Deixo eles à vontade para jogares porque jogam muito – afirmou.

Em seus primeiros jogos no Santos, Gabigol tem atuado como centroavante, como um "9". Se depender dele, é nessa posição que ele vai seguir.

– A gente (Gabigol e Jair) conversou antes sobre isso. Eu quero ser centroavante. Acho que é uma coisa definitiva. Nosso ataque é versátil. Sasha também pode ser o 9 e abrimos espaços. Gabigol é centroavante e estou feliz assim – concluiu atacante, que apesar disso veste a camisa 10.

Veja outras respostas de Gabigol:

Recuperar tempo perdido
– Tenho me dedicado dentro e fora de campo. Gabigol é o mesmo, que trabalha bastante, que faz o melhor para todos. Tentando melhorar todo dia. Estou tendo oportunidades de jogar e mostrar meu futebol. E graças a Deus está dando tudo certo.

Volta para a Europa
– Gosto de Lisboa e Milão. Conheço mais sobre Milão, quero voltar, tenho amigos, assisto a jogos. Europa está distante, mas fico próximo de alguma maneira vendo jogos, conversando.

Alto nível na Europa
– Tenho contrato com a Inter de Milão, sei que tenho que me apresentar depois desse 
ano. Falta muito. Meu pensamento é totalmente no Santos, quero ajudar, fazer gols, ser exemplo dentro e fora de campo, Europa fica para depois, sei que tenho que me apresentar, mas hoje meu foco é aqui e estou muito feliz.

Pendurado para o clássico contra o Corinthians
– Não vejo como peso, se tiver que tomar cartão eu vou tomar, e há grandes jogadores na posição, Rodrygo, Yuri Alberto, Rodrigão... Gabriel sempre estará 100% em campo.

O que mais traz de positivo da Europa
– Eu me adaptei muito bem a Milão, fora o frio. Aprendi nova língua, alguns costumes que acabei trazendo para cá, horário de dormir, alimentação. Trabalhos na academia e extracampo. São essas coisas que me fazem crescer e me ajudam. Falo com jogadores da Inter e alguns do Benfica.

Meta de gols
– Nunca fiz. Quero ajudar o Santos e ser campeão. Quero ser campeão. Estou muito feliz pela sequência de gols, mas estou mais feliz ainda pelas vitórias. Não adianta fazer gols e não ganharmos. Não penso muito nisso, quero ganhar. Fazendo gol, fico melhor.

Melhor centroavante do Brasil?
– Deixo para vocês. Quero ser o melhor para meu clube e meus companheiros. Fiz gols, mas há de ressaltar minha entrega, minha ajuda taticamente. Sei que a bola não vai entrar todas as vezes, então tenho que criar espaços, segurar a bola, irritar um pouco eles na frente como fiz com o São Paulo. É importante ajudar no contexto geral.

 Melhor 9 do Brasil? Gabigol prefere não opinar (Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

Jair Ventura
– Falava com ele por telefone antes mesmo de acertar. Foi aí que começou. Via que era um cara estudioso, que me queria centralizado. Dá para perceber que ele entende. Tem sido especial para mim e para o clube, do cozinheiro ao faxineiro, tem a cara do Santos. Não falo para puxar o saco. Ele tem me ajudado muito. Tenho aprendido muito e quero aprender muito mais.

Vaga na Copa
– É um objetivo. Quem não quer estar no meio de craques? Não levo como peso. Quero ajudar no Santos e Seleção é consequência. Tenho que ganhar títulos aqui e assim isso pode acontecer.

Fama de jogador de um time só 
– Totti foi jogador de um time só. Por que o Gabriel não pode ser?

Comportamento contra o São Paulo e críticas
– DNA Ofensivo ninguém vai tirar. Há alguns jogos que teremos que recuar. Não foi pensado, foi acontecendo e nosso time soube lidar. Futebol é um pouco xadrez, temos que saber atacar e segurar. Sentimos o momento de esperar e contra-atacar bem. Fizemos com sabedoria. Trouxemos eles e abrimos espaços. Isso é inteligência. Sou a favor de um jogo bonito, e em nenhum momento o Santos parou jogada, fez cera. Quisemos jogar futebol. Cada um tem seu estilo de jogo. Eu respeito todos. E o melhor estilo de jogo é ganhar.

 

Fonte: globoesporte


Diante do Santos, no último domingo, o técnico Dorival Júnior chegou ao 35º jogo à frente do São Paulo, o mesmo número de partidas oficiais de seu antecessor, Rogério Ceni, demitido em julho do ano passado, quando o time entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Para efeito de comparação, Dorival ostenta números apenas ligeiramente superiores aos de Ceni. Em 35 jogos, acumulou 15 vitórias, dez empates e dez derrotas, com um aproveitamento de 52%. Já o ex-goleiro obteve 14 triunfos, 11 empates e dez reveses, atingindo 50% dos pontos em disputa.

Pesa a favor do atual técnico, entretanto, o fato de ter ajudado a evitar o inédito descenso do São Paulo no Nacional, o que seria o maior vexame da história do clube. Se leva uma pequena vantagem no desempenho geral, Dorival vai pior em clássicos.

Em cinco jogos diante de seus arquirrivais, conquistou somente uma vitória, amargou três derrotas e empatou uma vez, registrando um aproveitamento de apenas 26%. O agora técnico do Fortaleza, por sua vez, celebrou dois triunfos, lamentou três derrotas e empatou duas vezes (38%).

Xingado pela torcida na saída do Morumbi e nas redes sociais após o duelo com o Santos, Dorival vê a pressão em torno de si aumentar a cada semana. Mesmo durante a série de quatro vitórias consecutivas, o treinador já recebia críticas externas e internas.

Para além das derrotas em clássicos, elas se referiam ao posicionamento de Diego Souza como centroavante e a uma suposta lentidão do time, que seria resultado do esquema adotado pelo treinador.

Após o San-São, o comandante reiterou que seu time está “muito próximo do ideal” e minimizou os reveses diante de seus rivais neste início de temporada – antes, em janeiro, a equipe perdeu para o Corinthians. “Se eu tivesse vencido os dois jogando mal, aí estaria muito preocupado”, frisou.

De qualquer forma, os próximos jogos vão indicar o futuro de Dorival Júnior no São Paulo. No momento, o treinador coloca o São Paulo na liderança do Grupo B do Campeonato Paulista, com dez pontos ganhos em sete partidas, e na terceira fase da Copa do Brasil, após vitórias sobre Madureira e CSA-AL.

 

Fonte: msn


Página 9 de 83

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • ok.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg