Esporte

Esporte 1421

Diego Maradona não poupou Lionel Messi pela ausência do craque do Barcelona na premiação Fifa The Best, realizada na última segunda-feira (9), em Zurique, na Suíça.

"Não sei porque os jogadores do Barcelona não vieram a um prêmio tão importante. Eles têm prioridades, mas estando aqui Lio poderia brigar muito mais do que em Barcelona. Estou decepcionado porque Lio não veio. Aqui ele poderia brigar. Em casa, pela TV, não se pode brigar com ninguém.", disparou.

Mas se Maradona foi muito crítico com o seu conterrâneo, o mesmo não pode ser dito com Cristiano Ronaldo.

"Estou decepcionado porque Lio não veio. Aqui ele poderia brigar. Em casa, pela TV, não se pode brigar com ninguém, concluiu.

Fonte: msn


O aumento de 32 para 48 seleções a partir da Copa do Mundo de 2026 irá consolidar o futebol nos países periféricos, onde a modalidade não é tão tradicional, segundo o presidente da Fifa Gianni Infantino.

Em coletiva concedida horas depois do anúncio oficial da entidade confirmando a mudança, o mandatário defendeu o novo formato, que o fez vencer o xeque do Bahrein Salman bin Ebrahim al-Khalifa, seu principal rival na eleição de fevereiro do ano passado.

“O novo formato traz mais associações para participar da maior celebração do futebol. Temos que moldar o futebol, vendo que ele é mais do que a Europa e a América do Sul. O futebol é global. A febre do futebol em grandes partes do mundo, que hoje não têm chances, é algo que estava no topo de nossas ideias”, afirmou Infantino, que também prevê um alívio no calendário.

“Primeiro coloquei a expansão da Copa no meu manifesto, com 40 equipes em oito grupos de cinco, sendo oito jogos para o time que conquista a Copa, mas chegamos a um formado melhor, porque ele reduz o número de jogos se comparado ao inicial”, acrescentou.

A partir de 2026, 48 seleções serão divididas em 16 grupos de três equipes, sendo que as duas melhores colocadas avançarão para a disputa do mata-mata. A cobrança de pênaltis definirá os classificados nas três primeiras etapas eliminatórias. As prorrogações só serão jogadas nas semifinais e final. O tempo de disputa da Copa do Mundo continuará sendo de 32 dias.

A expectativa é que os continentes africano e asiático sejam os maiores beneficiados com o inchaço da Copa. “Temos de ter um equilíbrio na questão esportiva. A África, por exemplo, tem 54 representantes e apenas cinco vagas. São questões que precisam ser revistas. É uma questão matemática, não apenas uma opinião, são fatos”, argumentou o suíço.

O presidente da Fifa afirmou que ainda não há uma definição de como serão repartidas as novas vagas nas eliminatórias pelo mundo. A prioridade da entidade neste momento é avaliar as candidaturas para receber o torneio antes de anunciar a sede do Mundial de 2026 em maio deste ano. Os favoritos na disputa são os Estados Unidos, que poderão anunciar uma candidatura conjunta com México e Canadá.

“Não é necessário tomar essa decisão agora. Vamos esperar esses quatro meses e pensar no processo de candidatura. É importante definir como será a logística e quantos estádios serão necessários para progredirmos”, concluiu.

Fonte: msn


O Corinthians deu passos importantes no mercado do futebol brasileiro nas últimas horas e encaminhou a chegada de mais quatro reforços: Gabriel, Pablo, Wagner e Fellipe Bastos. E corre contra o tempo para resolver os últimos trâmite que restam para viabilizar as transferências.

Segundo apurou o ESPN.com.br, todos estão com os acordos apalavrados com a diretoria alvinegra.

O que resta são pequenas pendências específicas em cada caso, que devem ser resolvidas ainda nesta semana.

No caso de Fellipe Bastos, a chegada é a mais certa. O atleta foi liberado pelo Al Ain e é esperado em São Paulo hoje ou amanhã para a realização de exames médicos. O diretor Flávio Adauto confirmou à reportagem os contatos com o atleta.

Já o meia Wagner tinha visto sua negociação esfriar no fim do ano, mas a transação voltou a ganhar força nas últimas horas. O atleta só espera que a liberação de seu clube na China seja oficializada para que possa resolver as burocracias finais com o Corinthians.

Os dois casos acima são tratados como encaminhados pelo time alvinegro e, em ambos, os contratos terão dois anos de duração.

O zagueiro Pablo, por sua vez, é outro que pode pintar no clube nos próximos dias. Ele já se acertou com o time paulista e espera também o aval do Bordeaux. A expectativa é que ele deve fechar o vínculo com o Corinthians por empréstimo.

Outro nome que deve ser anunciado provavelmente nesta quarta é o do volante Gabriel, ex-Palmeiras, que já realizou exames médicos e espera só que sua contratação vire oficial.

Fonte: msn 


O ex-jogador argentino Diego Maradona afirmou nesta segunda-feira que Cristiano Ronaldo tinha um pouco de vantagem sobre Lionel Messi e por isso levou o prêmio de melhor de jogador do mundo de 2016, entregue pela Fifa nesta segunda-feira (9).

"Venceu Cristiano Ronaldo porque Messi não pôde vir, mas, na verdade, Ronaldo tinha um pouquinho de vantagem. De qualquer maneira, ganhou quem tinha que ganhar", disse Maradona.

Messi não participou da cerimônia em Zurique alegando que tinha que se preparar para a partida de volta das oitavas de final da Copa do Rei contra o Athletic Bilbao na quarta-feira.

Após anos criticando a Fifa e denunciando práticas de corrupção, Maradona foi um dos protagonistas da noite e participou ativamente do principal evento da entidade máxima do futebol mundial. Para justificar a nova postura, Maradona explicou: "Na realidade, queremos criar uma família. Hoje demos o primeiro passo".

"Nós estamos dando um pouco de transparência e credibilidade à Fifa, que foi tanto manipulada pelas pessoas que passaram. Por isso, queremos limpar a Fifa, e Gianni Infantino (atual presidente) com esses prêmios e com as decisões que tomar vai fazer as pessoas voltarem às arquibancadas", afirmou o ídolo argentino.

Perguntado sobre a possibilidade de assumir algum papel ativo na Fifa, Maradona respondeu que está à disposição de Infantino.

"O que Infantino quiser, vou colaborar. Gosto que as pessoas vejam o futebol com alegria, com paixão. Não gosto que as pessoas falem da corrupção, do que foi roubado. Quero transparência e Infantino sabe disso", defendeu Maradona.

Fonte: msn


Deu a lógica na cerimônia de gala da Fifa: Cristiano Ronaldo é pela quarta vez na carreira o melhor jogador do mundo. O astro português confirmou a expectativa e levantou o troféu pela quarta vez - as outras foram em 2008, 2013 e 2014 -, superando Lionel Messi, do Barcelona, e Antoine Griezmann, do Atlético de Madri, que foi finalista pela primeira vez.

"Ano passado foi um sonho. Uma temporada incrível. Estou muito orgulhoso dos meus companheiros e técnicos", disse Cristiano Ronaldo.

Agora, o português entra para um grupo em que só ele e Messi, dono de cinco prêmios, fazem parte. Ronaldo Fenômeno e Zinedine Zidane, com três troféus cada um, ficaram para trás.

Pesaram para a escolha do camisa 7 as conquistas da Uefa Champions League, com o Real Madrid, e da Eurocopa, com a seleção portuguesa, nas quais ele capitaneou ambos os times. Em relação a feitos individuais, Ronaldo foi vice-artilheiro do Espanhol 2015/2016, com 35 gols, e artilheiro da Champions da última temporada, com 16.

Esta foi a quarta vez que ele foi eleito o melhor jogador pela premiação. O português já vencido o prêmio em 2008, 2013 e 2014 (nestas duas últimas, o prêmio da France Football foi concedido em conjunto com a Fifa, com o caráter de melhor do mundo). Este foi a primeira edição do Best, que surgiu após o fim da parceria da Fifa com a revista francesa.

Quem votou? O capitão e o técnico de cada seleção, um jornalista de cada país inscrito na Fifa, e torcedores registrados no Fifa.com, cada grupo com 25% de participação no total.

  • Feitos de CR7 em 2016

⚽ Capitão de Portugal na conquista do inédito título da Eurocopa-2016 e artilheiro do Real Madrid na campanha do título da Champions League, anotando o gol de pênalti que garantiu a taça.

⚽ 61 gols e 20 assistências em 60 jogos, somando clube e seleção, no período da votação. Foram 48 gols em 47 partidas pelo Real Madrid e 13 gols em 13 confrontos por Portugal.

⚽ Os 13 gols por Portugal em 2016 são um recorde no calendário anual.

⚽ Os 35 anotados em LaLiga no período de votação o colocam apenas atrás de Luis Suárez (Barcelona, 39), contando as cinco maiores ligas europeias.

⚽ Com os três gols marcados na Euro-2016, ele está agora empatado com Michel Platini como o maior artilheiro da história do torneio, com 9.

Fonte: msn


Cristiano Ronaldo confirmou nesta segunda-feira o favoritismo e levou o seu quarto título de melhor jogador do ano. Ele vem disputando a ferro e fogo com Lionel Messi nas últimas nove temporadas: em quatro delas, o português ganhou o troféu a melhor. Nas outras cinco, o argentino saiu vencedor.

O camisa 10 do Barcelona não compareceu à festa, assim como os outros jogadores do clube. Em comunicado, os catalães informaram que eles estariam se preparando para o duelo decisivo contra o Athletic Bilbao, pela Copa do Rei, na próxima quarta-feira. Na ida, 2 a 1 para o time basco, no San Mamés.

O português afirmou que a presença de Messi e dos demais jogadores do Barcelona premiados na seleção do ano (Piqué, Iniesta e Suárez, além do argentino) deixaria a festa ainda mais 'bonita'.

- Eu estava confiante que iria ganhar. Obviamente, que a presença do Messi e dos outros jogadores do Barcelona deixaria a festa mais bonita, como foi nos outros anos. Mas o Griezmann esteve presente. Eu entendo, tem jogo quarta-feira, um jogo importante, mas isto não afeta de alguma maneira este troféu porque eu ganhei. Me sinto muito feliz, muito contente.

Premio Fifa

CR7 lamentou que Zidane não tenha vencido o prêmio de melhor treinador. Nem Fernando Santos, comandante do gajo na seleção de Portugal, conseguiu ficar à frente de Claudio Ranieri, que conquistou o troféu após levar o Leicester ao título inédito do Campeonato Inglês. Cristiano Ronaldo ainda agradeceu aos companheiros de Real Madrid e à família.

- Estou muito feliz e quero agradecer aos meus companheiros de seleção e do Real Madrid e ainda ao meu treinador, que eu gostava que tivesse ganhado também. Fica para a próxima... Quero agradecer também a minha família e ao meu staff, que estão sempre presentes nos bons e maus momentos - disse.

O gajo ainda classificou 2016 como o melhor da carreira.

Zidane - Prêmio Fifa

- O ano de 2016 foi o melhor da minha carreira! Havia muitas dúvidas. Mas esse troféu demonstra que as pessoas não são cegas. Dão os seus votos, veem os jogos e as competições e, depois do que ganhei na seleção e no Real Madrid, não tinha dúvidas de que ganharia. Foi um ano magnífico em nível coletivo e pessoal jamais me esquecerei - comemorou o jogador.

Por fim, Cristiano Ronaldo, que já tem 31 anos, falou por quanto tempo espera atuar em alto nível.

- Vou continuar enquanto me sentir bem, me sentir forte. Trabalho para isso, tento fazer as coisas corretamente. Mas obviamente, o tempo, a idade não perdoam. Não só comigo, mas com todo mundo. O meu objetivo é nos próximos quatro, cinco anos manter o meu nível, como tenho feito até agora. E tentar ganhar mais troféus - afirmou o português, em entrevista ao "Sportv".

Fonte: msn


O Los Angeles Clippers contou com o apoio de sua torcida para aumentar a sua série de vitórias na temporada regular da NBA. Neste domingo, a equipe recebeu a visita do Miami Heat e venceu por 98 a 86.

Com o placar, os Clippers chegaram à 26ª vitória na Conferência Oeste e mantiveram a quarta colocação. O time triunfou nos últimos quatro confrontos. O trio formado por DeAndre Jordan, JJ Redick e Chris Paul foi responsável por 51 pontos e 31 rebotes no jogo, com JJ Redick sendo o cestinha da partida, com 25 pontos.

Confirmando o favoritismo, os Clippers entraram em quadra com um forte ritmo, e terminaram o primeiro quarto à frente do Heat: 20 a 19. O equilíbrio do primeiro quarto não apareceu no segundo, e, com ótimas jogadas, o time de Los Angeles abriu 13 pontos de vantagem.

Depois do 'apagão', a franquia de Miami voltou a vender caro a derrota no terceiro quarto, quando Goran Dragic apareceu como elemento surpresa. O basquete da equipe voltou a aparecer no último quarto, quando anotou 20 pontos contra 18 dos Clippers - que colocou alguns jogadores reservas em quadra -, mas nada que tirasse a boa vantagem da equipe de Los Angeles, que fechou o duelo em 98 a 86.

Wizards aprontam para cima dos Bucks

Em um dos jogos mais esperados da noite, o Washington Wizards encarou o Milwaukee Bucks e saiu com a vitória, mesmo fora de casa: 107 a 101. Com o resultado, as duas equipes igualaram a marca de 18 vitórias e 18 derrotas na Conferência Leste da NBA.

Sem poder contar com Giannis Antetokoumpo, o 'Greek Freak', os Bucks apostaram suas fichas em outro jovem talento, o ala-pivô Jabari Parker. Aos 21 anos, o jovem marcou 28 pontos e foi o cestinha da partida. Enquanto pelo lado vencedor, o ala-armador Bradley Beal deixou 26 pontos e foi um dos destaques do duelo.

Com times liderados por jovens estrelas, as duas equipes apostaram no jogo rápido. Sem poder contar com um dos principais jogadores da temporada, os Bucks contaram com Parker inspirado para iniciar com o placar favorável: 31 a 24. O segundo quarto se mostrou mais equilibrado, com os Bucks mantendo oito pontos de vantagem.

Os Wizards começaram a acordar para o jogo no segundo tempo. Com um basquete dominante na terceira parcial, os visitantes viraram o placar e abriram quatro pontos à frente: 82 a 78.

Nos últimos 12 minutos, Otto Porter Jr e John Wall se juntaram a Beal e ajudaram os Wizards a conquistarem a vitória por 107 a 101.

Fonte: msn


Flamengo e São Caetano se enfrentaram na noite deste domingo pela Copa São Paulo de Juniores, e ficaram no empate por 1 a 1 no Anacleto Campanella.

Com duas vitórias nas rodadas iniciais, as duas equipes entraram em campo com a classificação garantida e decidiam o primeiro lugar no grupo 23. Com o empate, o Rubro-Negro ficou com a liderança e encara o Nacional-SP na próxima fase. Já o São Caetano terá pela frente o Goiás, primeiro colocado do grupo 24 com 100% de aproveitamento.

O Flamengo começou melhor e abriu o placar aos 13 minutos. Lincoln fez jogada pelo meio e enfiou na área para a promessa Vinivius Jr, que entrou sozinho pela direita e chutou cruzado para fazer 1 a 0 em falha do goleiro Wagner.

Dominando o jogo, o Fla ampliou aos 39, novamente com Vinicius Jr., mas a arbitragem viu impedimento no lance e anulou o gol.

O São Caetano se aproveitou de um lance infeliz do lateral Moraes, para empatar o jogo aos 9 do segundo tempo. Bola levantada na área, João Mello foi para o cabeceio mas errou. Na disputa, o jogador do Fla acabou tocando contra o próprio gol e fez contra.

O Flamengo continuou mandando no jogo, e ainda contou com a vantagem numérica em campo após a expulsão de Léo Pereira. Nos acréscimos, a equipe carioca teve outro gol anulado por impedimento.

Fonte: msn 


Com mais uma ação decisiva de Lionel Messi, o Barça evitou uma derrota e arrancou um empate em 1 a 1 contra o Villarreal neste domingo no estádio El Madrigal, pela 17ª rodada do Espanhol.

Com o resultado, o Villarreal chegou a 30 pontos e está na quinta posição, dentro da zona de classificação para a Liga Europa. O Barça, com a igualdade, é o terceiro, com 35.

Os times voltam a campo agora na próxima quarta-feira, quando jogarão pela Copa do Rei. O Villarreal enfrenta a Real Sociedad, enquanto o Barça recebe o Athletic Bilbao no Camp Nou.

Pelo Espanhol, os catalães jogarão no dia 14 de janeiro contra os Las Palmas. Neste mesmo dia, o Villarreal enfrenta o Deportivo La Coruña.

  • PRESSÃO DO BARÇA DESDE O COMEÇO

Respeitando sua filosofia de jogo, o Barcelona passou a controlar a posse de bola desde o início e acuar o Villarreal no campo de defesa. Iniesta e Neymar arriscaram chutes contra a meta de Asenjo, mas não tiveram sucesso. Fora isso, o clube catalão mantinha a marcação muito alta e impediu várias vezes uma saída eficiente do adversário.Em um dos poucos contra-ataques encaixados, o Villarreal viu Jonathan dos Santos errar a finalização.

  • MAIS PRESSÃO, MAS GOL DO VILLARREAL

O Barcelona voltou para o segundo tempo com a mesma postura, controlando a posse de bola e esperando o melhor momento para atacar. O Villarreal, por outro lado, permanecia equilibrado na defesa, a espera de uma oportunidade no contragolpe. Foi o que aconteceu logo aos quatro minutos, quando Pato recebeu no meio de campo, carregou em direção a área e tocou na medida para Sansone chegar batendo cruzado de primeira e abrir o placar.

  • EMPATE NO FIM

Em desvantagem no placar, o Barça foi para cima do Villarreal. Aos sete minutos, Neymar teve grande chance, porém chutou fraco e facilitou a defesa de Asenjo. Aos 11, Suárez tabelou com Neymar, mas foi desarmado no momento da finalização. Messi pegou a sobra, mas também acabou desarmado.

A pressão do Barcelona continuou. Aos 28 minutos, Messi ficou com a sobra após escanteio e bateu colocado de direita. A bola explodiu caprichosamente na trave esquerda de Asenjo. Em seguida, Messi acionou Suárez pela direita. O uruguaio cortou para a canhota e chutou para boa defesa do goleiro. Na sequência, Turan cruzou para a área e Neymar tentou de bicicleta, mas mandou por cima.

De tanto insistir, o Barcelona conseguiu chegar ao empate. Aos 44, Messi sofreu falta próximo à meia-lua. Ele mesmo foi para a cobrança e acertou o ângulo direito de Asenjo, que nada pôde fazer para evitar o gol. No final, o resultado não foi o que as duas equipes buscavam, mas acabou sendo justo.

Veja os resultados dos jogos deste domingo da 17ª rodada do Espanhol:

Athletic Bilbao 0 x 0 Alavés
Betis 2 x 0 Leganés
Celta 3 x 1 Málaga
Villarreal 1 x 1 Barcelona

Fonte: msn


O Houston Rockets vive grande fase na temporada regular da NBA. A equipe não fez uma partida de encher os olhos nesta sexta-feira, mas obteve mais um resultado positivo. Em jogo disputado no Amway Center, o Houston Rockets superou um início de partida irregular e derrotou o Orlando Magic pelo placar de 100 a 93. Os Rockets somam a sétima vitória consecutiva na liga.

Mas a equipe de James Harden e cia. não começou bem o duelo desta sexta-feira. Mais eficiente, o Orlando Magic venceu os dois primeiros quartos da partida e foi para o intervalo com uma vantagem de oito pontos no marcador.

Mas, no terceiro período, o Houston Rockets foi soberano. Com a marcação mais acertada, o time visitante cravou 35 a 23 na parcial e virou a partida. O último quarto foi equilibrado, mas o Houston controlou a tentativa de reação do Magic, aplicou 21 a 18 no período e venceu mais um confronto na temporada regular.

O Houston Rockets possui agora uma campanha de 29 vitórias e apenas 9 derrotas, ainda na terceira posição do Oeste, apenas atrás de Golden State Warriors e San Antonio Spurs, Já o Orlando Magic, com 16 vitórias e 22 derrotas, fica mais distante da zona de classificação para os playoffs no Leste.

James Harden teve atuação mais discreta nesta sexta-feira, mas mesmo assim flertou com um triple-double: 14 pontos, 10 assistências e 7 rebotes. O cestinha do Houston no jogo foi Ryan Anderson, com 19 pontos. Outro destaque ficou por conta de Patrick Beverley, com 17 pontos, 9 rebotes, 3 assistências e 3 roubos de bola.

Pelos lados do Orlando Magic, Serge Ibaka anotou 16 pontos e pegou 12 rebotes. D.J. Augustin finalizou o duelo com 19 pontos, enquanto Aaron Gordon contabilizou 18 pontos, 6 rebotes e 7 assistências.

Também na noite desta sexta-feira, o Washington Wizards recebeu o Minnesota Timberwolves no Verizon Center e triunfou pelo placar de 112 a 105. Bradley Beal fez 22 pontos para os Wizards, enquanto John Wall anotou 18 pontos e deu 18 assistências. Marcin Gortat, por sua vez, marcou 19 pontos e pegou 10 rebotes.

Pelo Minnesota Timberwolves, Andrew Wiggins estava inspirado: fez 41 pontos na partida.

Fonte: msn


Página 91 de 102

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • felix.jpg
  • juazeiro.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg