Esporte

Esporte 1285

Campeão inglês e da Copa da Liga Inglesa pelo Manchester City, Gabriel Jesus visitou a Academia de Futebol nesta sexta-feira. Revelado pelo Palmeiras, o atacante de 21 anos foi rever seus amigos no clube antes de disputar a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, na Rússia.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

O clube divulgou em suas redes sociais uma imagem do garoto ao lado de Thiago Santos, um de seus melhores amigos quando jogou no Verdão, de 2015 a 2016. Os dois fizeram parte dos elencos do Palmeiras que conquistaram a Copa do Brasil e o Brasileiro.

Gabriel Jesus foi vendido para o City por 32 milhões de euros, na época o equivalente a cerca de R$ 120 milhões. No clube inglês, fez 17 gols na temporada - no Verdão, foram 28 gols em 83 partidas. Ele está na lista de Tite para a disputa do Mundial e deve ser o camisa 9 da Seleção Brasileira.

 

Fonte: R7


Florentino Pérez está convencido de que Neymar é o líder ideal para o Real Madrid na próxima década. O presidente merengue não tem dúvidas de que o craque brasileiro é o substituto natural de Cristiano Ronaldo não apenas dentro de campo, mas também como figura global em outras esferas, tendo um impacto econômico cada vez maior no que diz respeito a marca. Isso é o que garante o jornal espanhol Mundo Deportivo.

No entanto, segundo o periódico catalão, o mandatário merengue, apesar de estar convencido de que o certo é contratar Neymar, convive com questionamentos internos. Muitos dirigentes blancos acreditam que Ney não convém ao Real Madrid porque "não é madridista" e "criaria problemas no vestiário".

Por outro lado, Pérez deseja a chegada de Neymar já para a próxima temporada e vê as declarações de Messi de que "seria terrível para o Barcelona ver Neymar no Real Madrid" como uma indicação clara de que deve contratar o craque brasileiro.

Os questionamentos internos, porém, são fortes, e por isso, o Real poderia acabar não contratando o camisa 10 do PSG. Ainda segundo o diário espanhol, neste caso, quem está alerta para contratar Neymar é o Manchester United.

 

Fonte: msn


O técnico Fábio Carille admitiu que pode deixar o Corinthians rumo ao Al-Hilal, da Arábia Saudita. Após a goleada por 7 a 2, o treinador foi questionado por já ter afirmado que não deixará o Timão nem "por um caminhão de dinheiro".

"Um caminhão, não, mas podem vir dois. Aí não é mais um. Com um não vou. Com dois, posso pensar. Vamos ter calma", afirmou Carille.

O treinador voltou a dizer que não é a primeira vez que aparece uma proposta de um clube árabe. Ele ainda revelou ter recusado uma oferta que iriam dizer que ele "é louco".

"Eu estou muito tranquilo em relação a isso, não é a primeira que aparece. Essa infelizmente vazou, por conta de emissora do mundo árabe. Tive uma proposta que não dei andamento, porque só podia levar um profissional. Se falar de valores, vão dizer que sou louco. Não chegou proposta nenhuma oficial, até conversei com meu empresário sobre isso. Ele disse que não teve nada, então estou tranquilo", disse Carille.

Carille avisou à diretoria do Corinthians nesta quinta-feira que recebeu uma proposta do Al-Hilal. A direção alvinegra trabalha com a chance muito grande de perder o treinador já nos próximos dias.

 

Fonte: R7


No cargo há pouco mais de um mês, o treinador Akira Nishino anunciou nesta sexta-feira uma lista de 27 jogadores que defenderão a seleção do Japão em amistoso na próxima sexta-feira, contra Gana, em Kirin. Como é a primeira divulgação de convocados do país desde que expirou a data-limite do envio de 35 nomes à Fifa, na segunda-feira passada, a expectativa é que saia dessa relação os 23 que integrarão a equipe que vai à Copa do Mundo de 2018.

 

 

Com 16 que atuam na Europa, destaque para o meia-atacante Kagawa, do Borussia Dortmund, suas escolhas passaram por veteranos em diversos setores da equipe: o goleiro Kawashima (35 anos, do Metz-FRA), o lateral Nagamoto (31, do Galatasaray), o defensor Makino (31, do Urawa Red Diamonds), o meia Honda (31, do Pachuca-MEX) e o volante confirmado como capitão Hasebe (34, do Eintracht Frankfurt-ALE).

 

- Eu escolhi os jogadores que estarão nas melhores condições para o início da Copa do Mundo, em 19 de junho - disse Akira em entrevista coletiva, deixando claro que a equipe vai jogar em torno de Kagawa e Honda. - Seus ótimos desempenhos são representativos da forma como armamos a equipe, fazendo deles jogadores-chaves para nós.

O Japão ainda testa a seleção no início de junho: dia 8, contra Suíça, adversária da estreia do Brasil na Copa, e dia 12, diante do Paraguai, fora do torneio na Rússia. Em sua sexta participação seguida desde a estreia em Mundiais, em 1998, a seleção oriental integra o Grupo H e joga primeiro contra a Colômbia. Depois encara Senegal e Polônia. Suas melhores participações foram em 2002, quando foi sede com a Coreia do Sul, e 2010, na África do Sul. Em ambas, conseguiu passar da fase de grupos, sendo eliminado nas oitavas de final.

 CONFIRA A LISTA

Goleiros: Eiji Kawashima (Metz-FRA), Masaaki Higashiguchi (Gamba Osaka) e Kosuke Nakamura (Kashiwa Reysol)

Defensores: Yuto Nagatomo (Galatasaray-TUR), Tomoaki Makino (Urawa Red Diamonds), Maya Yoshida (Southampton-ING), Hiroki Sakai (Olympique de Marselle-FRA), Gotoku Sakai (Hamburgo-ALE), Gen Shoji (Kashima Antlers), Wataru Endo (Urawa Red Diamonds) e Naomichi Ueda (Kashima Antlers)

Meio-campistas: Makoto Hasebe (Eintracht Frankfurt-ALE), Toshihiro Aoyama (Sanfrecce Hiroshima), Keisuke Honda (Pachuca-MEX), Takashi Inui (Eibar-ESP), Shinji Kagawa (Borussia Dortmund-ALE), Hotaru Yamaguchi (Cerezo Osaka), Genki Haraguchi (Herta Berlin-ALE), Takashi Usami (Augsburg-ALE), Gaku Shibasaki (Getafe-ESP), Ryota Ohshima (Kawasaki Frontale), Kento Misao (Kashima Antlers) e Yosuke Ideguchi (Gamba Osaka)

Atacantes: Shinji Okazaki (Leicester City-ING), Yuya Osako (Köln-ALE), Yoshinori Muto (Mainz-ALE) e Takuma Asano (Stuttgart-ALE)

Fonte: globoesporte 


O Corinthians passou com louvor pela última semana decisiva que teria até a parada para a Copa do Mundo. Após se classificar na Copa do Brasil e vencer o Derby no Brasileiro, a equipe goleou por 7 a 2 o Deportivo Lara, apesar de alguns sustos, e avançou às oitavas de final da Copa Libertadores da América. Os gols foram de Jadson (três vezes), Sidcley, Romero e Júnior Dutra (dois vezes). Reyes e Hernández descontaram.

Com o resultado, o clube do Parque São Jorge alcançou os dez pontos no Grupo 7 do torneio, não podendo mais ser alcançados tanto pelo Lara, que estacionou nos seis, quanto pelo Millonarios, que empatou por 1 a 1 com o Independiente, em Bogotá, e ficou com cinco. Os argentinos têm sete e são o motivo de o Timão ainda precisar de um ponto para assegurar a liderança.

Na próxima rodada, os comandados de Carille terão pela frente o Millonarios, na próxima quinta-feira, dia 24 de maio, às 21h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, fechando sua participação no Grupo 7. Do outro lado, os venezuelanos seguem na sua busca pela vaga na próxima fase em duelo contra o Independiente, no mesmo horário, na Argentina.

Corinthians domina, mas relaxa

O Corinthians começou a partida impondo o seu jogo com bastante facilidade sobre o Lara. Seguindo a estratégia de Fábio Carille, que pediu para os atletas evitarem sair jogando com passes curtos e apostassem nas ligações diretas, o Alvinegro não demorou a construir uma vantagem.

Em contra-ataque puxado rapidamente por Pedrinho, o Timão se viu em uma incrível situação de 4 contra 2 no campo de ataque. Rodriguinho movimentou-se bem e abriu espaço para Jadson receber do garoto, limpar para o pé esquerdo e acertar belo chute, que ainda carimbou a trave antes de entrar.

O segundo poderia ter saído logo na sequência, quando Mantuan achou Rodriguinho livre dentro da área, mas o meia chutou por cima. Pouco depois, ainda dominante, os visitantes viram Rodriguinho ser derrubado infantilmente por Mendoza, dentro da área. Na cobrança, Jadson, depois de alguns minutos parado por causa de uma garrafa atirada no gramado, que atingiu o goleiro Curiel, bateu com segurança e ampliou o placar.

A facilidade com que o jogo se desenvolveu fez o Corinthians relaxar precocemente e deu ao Lara uma chance de trabalhar a bola. Depois de algumas chances perdidas por Ramírez e Hernández, o time da casa conseguiu diminuir antes do intervalo com Reyes. Após boa troca de passes na frente da área, o atacante chutou forte, no alto, sem chances para Cássio.

Domínio segue e termina em goleada

A conversa do intervalo pareceu o bastante para os corintianos voltarem a impor o seu ritmo de jogo. Em rápida triangulação pelo lado esquerdo, auxiliada pela péssima marcação da equipe local, Sidcley teve espaço para adiantar a bola cerca de 10m antes de cruzar. Jadson, livre na segunda trave, pegou de bate pronto e guardou seu terceiro na noite.

O tento deixou tudo paralisado no campo, mas não por fatores de jogo. Cássio reclamou de objetos sendo arremessados na sua área e o árbitro Andrés Cunha ordenou que o embate fosse pausado para que se acalmassem os ânimos no setor localizado atrás do gol corintiano, destinado às torcidas organizadas.

Depois de muita negociação e dez minutos de paralisação, o jogo foi retomado pelo juiz, dando chance para os visitantes continuarem a passear em campo. Depois de contragolpe com muito espaço, Jadson serviu Pedrinho, que cruzou rasteiro para Rodriguinho. O meia foi travado, mas a bola ficou para Sidcley chutar com tranquilidade para fazer o quarto.

O Timão voltou a dar uma relaxada com a vantagem, vendo o Lara novamente diminuir, dessa vez com Hernández. Os paulistas, porém, chegaram ao quinto tento com um lindo gol de Romero, batendo de voleio após cruzamento de Mantuan. Ainda deu tempo de Júnior Dutra, aos 55, puxar contra-ataque e bater na saída do goleiro, e, no minuto seguinte, dar números finais em rebote do goleiro e fechar a goleada.

FICHA TÉCNICA
DEPORTIVO LARA 2 X 7 CORINTHIANS

Local: estádio Metropolitano de Lara, em Cabudare (Venezuela)

Data: 17 de maio de 2018, quinta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai)

Assistentes: Mauricio Espinosa e Nicolás Taran (ambos do Uruguai)

Cartões amarelos: Andreutti, Di Giorgi, Carrillo (Lara)

Gols: 
DEPORTIVO LARA: Reyes, aos 46 minutos do primeiro, e Hernández, aos 32 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Jadson, aos 11 e aos 32 minutos do primeiro, de pênalti, e aos 7 minutos do segundo tempo, Sidcley, aos 26, Romero, aos 41, e Júnior Dutra, aos 55 e 56 minutos do segundo tempo

DEPORTIVO LARA: Luis Curiel; Anzola, Mendoza, Di Giorgi e Carrillo; Sierra, Andreutti (Cardozo), Soto (Valderrey), Ramírez e Reyes; Hernández

Técnico: Leonardo González

CORINTHIANS: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon (Paulo Roberto); Pedrinho (Mateus Vital), Jadson (Júnior Dutra), Rodriguinho e Romero
Técnico: Fábio Carille

 

Fonte: msn


O Palmeiras venceu o Junior Barranquilla por 3 a 1, nesta quarta-feira (16), no Allianz Parque, e se confirmou como a melhor campanha da fase de grupos da Libertadores da América.

Com o resultado, o time de Roger Machado chega a 16 pontos pelo Grupo 8. Nenhuma outra equipe pode alcançar o Verdão.

Os destaques do jogo ficaram para Borja, que marcou três gols, e Fernando Prass, que fez grandes defesas ao longo do jogo.

No outro jogo do grupo, o Boca Juniors goleou o Alianza Lima por 5 a 0 e garantiu classificação à próxima fase. 

O Junior, em terceiro lugar, irá para a Copa Sul-Americana.

Em 1º tempo movimentado, Prass salva o Palmeiras

O primeiro lance de perigo foi da equipe visitante. Após bobeira da zagado Palmeiras, Chará acionou Barreto na área. Ele tentou encobrir Fernando Prass, que saiu bem e fez boa defesa.

Dois minutos depois, foi o Verdão que chegou. Borja recebeu passe na área e pediu pênalti após dividida, mas o árbitro mandou seguir.

Aos 13, Guerra recebeu cruzamento na área e rolou para o chute de Dudu, que desperdiçou a chance. 

No lance seguinte, González foi acionado na área e cabeceou fraco para defesa fácil do goleiro palmeirense. 

Aos 28, após tabela com Guerra, Borja teve sobra na área, mas bateu por cima do gol.

Willian quase marcou um golaço aos 36 minutos. Ele se aproveitou de rebote, chapelou o defensor adversário e, antes de finalizar, acabou desarmado.

Aos 38, mais uma boa defesa de Prass. Após corte parcial de Luan, Teo Gutiérrez chutou com força pela entrada da área, mas o goleiro se esticou e impediu o gol da equipe colombiana.

No lance seguinte, mais uma brilhante defesa. Sozinho na grande área, Murillo recebeu cruzamento e completou de cabeça, mas Prass parou a finalização do atacante. 

No contra-ataque, quase o Verdão abriu o placar. Borja foi acionado na área, mas Viera saiu bem e o colombiano perdeu a oportunidade para marcar.

Na etapa final, gols saem e o Palmeiras confirma melhor campanha

Aos quatro minutos do segundo tempo, o Verdão assustou. Tchê Tchê arriscou chute de longe e a bola explodiu no travessão.

Dois minutos depois, o primeiro gol. Mayke cruzou, Viera espalmou e, na sobra, Borja completou para o gol.

Aos nove, um pênalti duvidoso para o Junior Barranquilla. Teo Gutiérrez dividiu com Luan e desabou, e o árbitro marcou a penalidade máxima. Na cobrança, Barrera bateu no canto, mas Prass se esticou e agarrou. Uma grande defesa do experiente goleiro.

No contra-ataque, Borja foi acionado na área e completou de cabeça, mas mandou para fora.

Aos 14, o segundo gol palmeirense. Após chutão de Prass, Willian dominou pela meia esquerda, puxou a marcação e rolou para Borja, na cara do gol, tocar por cobertura sobre o goleiro. 2 a 0 para o Verdão. 

Aos 21, o Junior diminuiu. Chará recebeu na área e encontrou Teo Guttiérrez na cara do gol. Ele apenas completou e diminuiu o placar.

Os colombianos mal tiveram tempo para comemorar e, aos 23, Borja fez mais um. Guerra cobrou falta e a defesa cortou mal. Na sobra, o colombiano somente teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Aos 31, após boa tabela com Willian, Dudu invadiu a área e chutou cruzado, mas mandou para fora. 

 

Fonte: R7


Não foi um adeus definitivo. Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, em Turim, o goleiro Buffon confirmou somente que vai entrar em campo pela última vez pela Juventus no próximo sábado, contra o Verona, pela rodada final do Campeonato Italiano, e adiou o anúncio de sua aposentadoria ou não como jogador de futebol profissional para a semana que vem. De acordo com a mídia europeia, o veterano de 40 anos tem propostas de clubes como Liverpool, Real Madrid e Paris Saint Germain.

- Sábado será minha última partida com a Juventus. Creio que, com as últimas duas conquistas (Campeonato Italiano e Copa Itália), seja o melhor modo de terminar essa grande aventura.

"Estou orgulhoso de chegar aos 40 anos e poder exprimir o meu melhor em campo, à altura do meu nome e da Juventus"

- Fico feliz por ser tão longevo com essa performance - disse Buffon com a voz embargada no seu discurso de despedida do clube que defendeu por 17 anos.

 

O goleiro disse que a decisão sobre o que vai fazer, se pendurar as luvas para trabalhar fora de campo na Juventus ou continuar a jogar em outra equipe, será tomada somente no meio da semana que vem.

"Há 15 dias, tinha certeza da aposentadoria, mas recebi propostas estimulantes, tanto para dentro do campo como fora, a mais interessante delas do presidente da Juventus"

- Na próxima semana, depois de dois ou três dias de reflexão e serenidade, tomarei minha decisão. Seguirei minha índole e natureza - disse Buffon.

A respeito da sucessão no gol alvinegro e o futuro da Juve sem ele, foi elogioso a quem fica com a responsabilidade de herdar seu legado.

- A Juve tem um goleiro de alto valor. Szczesny tem 13 anos a menos do que eu. A Juve continuará forte? Não sei. De qualquer forma, a mais sólida - disse.

A entrevista coletiva começou com uma declaração de agradecimento de Andrea Agnelli, presidente da Juventus.

- É altruísta, carismático, ambicioso, transparente, honesto, amigo, capitão. Desceu ao inferno e foi ao paraíso. Seremos eternamente gratos - disse Andrea Agnelli, presidente da Juventus.

 

Fonte: globoesporte 


O confronto diante do Verona no próximo sábado (19) provavelmente será a última apresentação de Buffon pela Juventus. O ídolo da equipe de Turin confirmou que deixará a equipe após 17 anos defendendo as cores alvinegras. Apesar da confirmação, o atleta disse que precisa de mais um tempo para decidir sobre o seu futuro profissional.

"Os próximos três dias serão cheios de emoção, vou decidir após dois ou três dias de reflexão para tomar uma decisão definitiva", admitiu.

"Tentarei seguir as chamadas da minha alma e minha natureza."

O presidente da Juve, Andrea Agnelli, confirmou que o goleiro está considerando ofertas de outros clubes.

"Qualquer escolha que ele fizer, ele terá todo o meu apoio. Ele recebeu muitas propostas, tanto como jogador quanto fora das quatro linhas", disse o dirigente.

"Ele sabe que tem todo o meu apoio para o futuro. Desejo que ele aproveite o sábado no Allianz Stadium. Gostaria apenas de agradecer imensamente a Gigi."

Com uma brilhante carreira de 23 anos, o goleiro defendeu apenas dois clubes, começando pelo Parma antes de se transferir para a Juventus, que o contratou por 52 milhões de euros, o que na até hoje foi a mais cara para um goleiro.

Atualmente com 40 anos o italiano é considerado uma figura icônica do futebol mundial, tendo conquistado nove títulos da Serie A e a Copa da UEFA de 1998-99, entre outros prêmios. No entanto, sua maior conquista veio em 2006, quando ajudou a Itália a vencer a Copa do Mundo, disputada na Alemanha.

(Fotos: Getty Images)

Buffon estabeleceu inúmeros marcos, mesmo nos últimos tempos de sua carreira. Na temporada 2015-16, ele alcançou o novo recorde sem sofrer gols em uma única temporada na Série A, sem quando ficou invicto por 974 minutos.

Apesar das recentes frustrações, com a eliminação da Champions League e a não classificação da Itália para a Copa do Mundo da Rùssia, o goleiro já é presença certa entre os maiores nomes da história em sua posição.

 

 

Fonte: msn


Tite confirmou, nesta segunda-feira (14), os 23 jogadores que irão à Copa do Mundo da Rússia, em junho. Entre eles estão Gabriel Jesus e Roberto Firmino, que brigaram pela vaga de centroavante da seleção brasileira.

Para Tite, Gabriel está à frente de Firmino na disputa pela titularidade da equipe.

Se o primeiro tem sido titular da seleção nas últimas partidas e goza da confiança de Tite, o segundo fez grande temporada pelos Reds, ajudando sua equipe a chegar à final da Liga dos Campeões.

Perguntado sobre a disputa entre os dois atletas, o treinador foi didático.

"É verdade, sim, o que você falou [que Firmino teve temporada melhor que Gabriel], que esteve em lesão. Mas, ele voltou e em grande fase. Inicialmente é Gabriel, sim", disse Tite, que fez questão de ressaltar que "pelo momento do Firmino, pelo que vem jogando, [Gabriel] vai ser pressionado, sim".

Gabriel Jesus, o mais jovem entre os 23 da seleção

Gabriel Jesus é o jogador mais novo entre os 23 convocados por Tite nesta segunda-feira.

O atacante do Manchester City é sete anos mais jovem que a média de idade dos selecionados (28,1 anos). 

 

Fonte: R7


Com dificuldades para encontrar voos comerciais, o Corinthians se viu forçado a fretar um avião para a Venezuela, onde enfrenta o Deportivo Lara, nesta quinta-feira, às 21h30, pela Copa Libertadores. Para isso, teve de gastar US$ 400 mil (cerca de R$ 1,3 milhão na cotação da época).

A prática não é comum. Normalmente, os clubes viajam pela América do Sul em voos de carreira, cujos custos raramente ultrapassam R$ 200 mil. A Conmebol não ajuda no pagamento destes valores.

Atualmente, poucas companhias aéreas estão operando na Venezuela, que enfrenta grave crise política e econômica. Além disso, o Corinthians precisava voltar diretamente para Recife, onde enfrenta o Sport, domingo.

Assim, o Timão decidiu alugar uma aeronave que fará escala no Pará para abastecimento. A previsão é de que o clube embarque às 15h e chegue às 21h45 a Barquisimeto, capital do distrito de Lara.

Fretar um avião não foi o único cuidado especial do clube para esta viagem. Um cozinheiro viajará junto com a delegação alvinegra. O clube também está levando alimentos e temperos.

– Nesta viagem tomamos todos cuidados possíveis com segurança. Em todos nossos deslocamentos haverá escolta da polícia local. A alimentação também foi um dos principais cuidados nessa viagem. Nossa nutricionista Christine Neves viajou antes – explicou André Dias, supervisor do Timão.

Há mais de um mês um funcionário do Corinthians esteve na Venezuela visitando instalações, definindo rotas e cuidando dos detalhes da viagem.

O elenco alvinegro treina na quarta-feira à tarde no Estádio Metropolitano de Lara, local da partida de quarta. A volta ao Brasil acontece na manhã de sexta-feira.

O Corinthians é o líder do grupo 7 da Libertadores, com sete pontos, um a mais que Independiente, da Argentina, e Deportivo Lara. O Millonarios, da Colômbia, é o lanterna, com quatro.

Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Deportivo Lara:

Local: Metropolitano de Lara, em Cabudare, na Venezuela
Data e horário: quinta-feira, às 21h30 (de Brasília)
Escalação provável: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Pedrinho, Jadson, Rodriguinho e Romero
Desfalques: Emerson Sheik (suspenso); Fagner, Renê Júnior e Danilo (em recuperação física); Ralf e Clayson (em recuperação de lesões); Roger (não inscrito)
Pendurados: nenhum
Arbitragem: Andres Cunha apita a partida, auxiliado por Mauricio Espinosa e Nicolas Taran (todos do Uruguai)
Transmissão: SporTV (com Milton Leite e Mauricio Noriega)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 20h30

 

Fonte: globoesporte 


Página 6 de 92

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg