PF pede mais 60 dias para investigar propina ligada a Temer e ministros

Política Quarta, 16 Maio 2018 00:00

A PF (Polícia Federal) pediu a prorrogação por mais 60 dias do inquérito que investiga o pagamento de uma propina de R$ 10 milhões ao MDB pela Odebrecht e envolvem o presidente Michel Temer.

O pedido foi encaminhado à Procuradoria-Geral da República para parecer e terá que ser aprovado pelo relator do caso no STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Edson Fachin.

O inquérito investiga o pedido e posterior pagamento de uma propina de R$ 10 milhões feito pelo MDB à Odebrecht, negociado em um jantar no Palácio do Jaburu onde estariam presidentes Temer, então vice-presidente, e o atual ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

 

Fonte: R7

Read 49 times

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg