Policial

Policial 274

Um casal, envolvido com tráfico de drogas, foi preso pela Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), no município de Crateús – Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14). A ação foi realizada por policiais lotados no Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), na tarde dessa terça-feira (22). Por intermédio de uma denúncia anônima, os agentes de segurança seguiram em diligência até a localidade de Venâncios, para verificar a informação, que na Rua Washington Vale, funcionava um local onde servia como ponto de venda de entorpecentes.

Chegando lá, o BPRaio se deparou com o proprietário do local, identificado por Francisco Antônio Batista da Silva (40) – conhecido por “De bila” – que possui antecedente criminal por estelionato. Por meio de consulta a ficha criminal do homem, os policiais constataram que Antônio Batista estava com mandado de prisão em aberto por dano.

Após o fato, a Polícia realizou uma busca na casa do infrator, onde também estava Maria Marciglei Alves Lima (27) – que possui antecedente criminal por tráfico de drogas. Foi apreendido, em um dos cômodos, R$ 300 em dinheiro trocado. Ao ser indagado, o casal levou os militares até um ponto no quintal da propriedade, onde foram localizadas aproximadamente 160 pedras de crack, que estavam enterradas.

O casal foi conduzido para a Delegacia Regional de Crateús, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Fonte: SSPDS


Bebê de 5 meses morre após ser esquecido no carro pelo pai

Quinta, 24 Novembro 2016 00:00 Written by

Um bebê de cinco meses morreu depois de ser esquecido pelo próprio pai dentro de um carro, nesta quarta-feira, 23, em Araçatuba, interior de São Paulo. A criança, um menino, ficou quase cinco horas no interior do veículo sob o sol forte e alta temperatura, sofrendo parada cardiorrespiratória. À Polícia Civil, o pai, um técnico de cabeamento de 25 anos, contou que pôs o filho na cadeirinha de bebê instalada no banco traseiro e saiu com o carro, levando também o filho mais velho, de cinco anos, para a creche, por volta da 8 horas.

Em seguida, como ele fazia toda manhã, deixaria o bebê na casa da sogra, já que a esposa também trabalha e havia saído antes de casa. Só que o técnico acabou se esquecendo e seguiu direto para o trabalho. Ele deixou o carro estacionado na rua e saiu para trabalhar com o carro da empresa. Como às vezes o bebê ficava com a mãe, quando ela não ia trabalhar, a sogra não se incomodou com a ausência da criança.

O homem só se lembrou do bebê às 12h30, quando retornou para almoçar. Ele correu para o carro e encontrou o filho já desfalecido. No próprio veículo, o pai levou a criança para o pronto-socorro. Os médicos usaram sonda de oxigênio e medicamentos na tentativa de reanimar o bebê, mas ele não reagiu à grave desidratação.

De acordo com o delegado Marcelo Curi, o pai entrou em desespero após a constatação da morte e, depois de dar o depoimento, passou mal e ficou em choque.

“Vamos aguardar o laudo do IML (Instituto Médico Legal), mas não há qualquer elemento que indique outra versão. É lamentável, mas vamos ter que abrir inquérito por homicídio culposo, para apurar a eventual negligência.”

Segundo o policial, a lei permite que o juiz, em caso de homicídio culposo por negligência, aplique a figura do perdão judicial, não aplicando a pena quando a pessoa já foi muito penalizada pelo acontecido. “Vai depender do inquérito e do entendimento do juiz”, disse.

Fonte: Estadão Conteúdo


Um homem, ainda não identificado, foi morto na noite desta segunda-feira (21) após tentar assaltar um soldado da Polícia Militar no cruzamento das ruas Deputado Moreira da Rocha com João Cordeiro, no Bairro Praia de Iracema, em Fortaleza.

Conforme policiais que atenderam a ocorrência, por volta das 20h15, dois homens abordaram o PM, que estava parado no semáforo, em uma moto. Ele reagiu e efetuou dois tiros contra o suspeito, que morreu no local. O outro homem - mesmo baleado - conseguiu fugir. O policial não teve o nome divulgado.

Ainda segundo a polícia, o suspeito morto estava com uma arma de brinquedo, parecida com um modelo real.

O Policial compareceu ao 2º Distrito Policial, no Bairro Aldeota, para prestar esclarecimentos, e foi liberado em seguida.

A polícia segue buscando localizar o outro suspeito.

Fonte: G1/CE


Um policial foi baleado e um homem morto nesta segunda-feira (21) dentro de um motel no Bairro Lagoa Redonda, em Fortaleza. Segundo o tenente-coronel Marden Oliveira, comandante da Área de Segurança 4, houve troca de tiros entre a polícia e três suspeitos, que estavam no estabelecimento comercial.

Procurado pelo G1, o estabelecimento comercial informou que não houve assalto ao motel nem aos clientes. O homem baleado teria entrado no local como cliente e logo depois chegou uma equipe da polícia. O homem foi abordado e houve troca de tiros dentro de um dos quartos.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), uma equipe da Coordenadoria de Inteligência (Coin) foi acionada para verificar uma possível tentativa de assalto no motel. Ao chegarem no local, os agentes foram recebidos com tiros pelo grupo. Houve troca de tiros e um dos suspeitos morreu no local.

Durante o confronto, o policial foi atingido no braço. Ele recebeu atendimento médico de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e passa bem. Já o suspeito baleado morreu dentro do motel, que fica localizado na Avenida Maestro Lisboa.

De acordo com levantamentos realizados pela equipe policial, o homem morto é suspeito de ter participado de uma tentativa de assalto a casa de um policial rodoviário federal no último dia 28 de outubro, no Bairro Sapiranga (AIS 3). Na ação, o policial foi baleado na coxa, e um dos suspeitos morreu durante a troca de tiros.

O suspeito tinha dois mandados de prisão em aberto: um por roubo e um por homicídio. Além disso, ele respondia a 11 procedimentos criminais, sendo quatro por homicídios, dois por associação criminosa, um por roubo, um por receptação, um por corrupção de menores, um por porte ilegal de arma de fogo e um por corrupção ativa.

Um homem e uma mulher que estavam com o suspeito no motel foram presos. A dupla foi conduzida para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde será aberto procedimento policial. A Polícia apreendeu uma pistola ponto 40 e dinheiro.

Fonte: G1/CE


Uma agência bancária da cidade de Madalena, Sertão Central, foi atacada por bandidos na madrugada de domingo (20). Este foi o segundo ataque em menos de uma semana na agência, segundo a Polícia Militar.

De acordo com a polícia, os assaltantes atearam fogo na agência, mas não soube informar se o dinheiro foi levado. O Corpo de Bombeiros foi chamado e conseguiu apagar as chamas em pouco tempo.

A polícia disse também que não vai poder contar com as imagens de circuito interno porque as câmeras estão com defeito devido ao primeiro ataque ocorrido há alguns dias.  Até a manhã desta segunda-feira (21), ninguém foi preso.

Fonte: Agência Brasil


Presos da cadeia pública de Aracoiaba, no Maciço de Baturité fizeram no fim da tarde desta sexta-feira (18) uma rebelião. De acordo com a Polícia Militar, os internos colocaram fogo nos colchões, quebraram os cadeados das celas e em seguida ficaram no pátio interno do presídio

Reforços de policiais da PM e da Força Tática de Apoio (FTA) foram ao local e conseguiram controlar a confusão por volta das 22 horas. O Corpo de Bombeiros também compareceu e controlou as chamas provocadas pela queima dos colchões. Ninguém ficou ferido.

Após o tumulto controlado, onze detentos que participaram da rebelião foram transferidos para oum presídio na Região Metropolitana de Fortaleza.

Fonte: G1/CE


Investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) sobre a morte do inspetor de Polícia Civil José Cláudio Nogueira (51) levaram os investigadores a descobrirem que o crime foi articulado por sua própria esposa. Mas ela não agiu sozinha. Uma operação efetuada nesta quinta-feira (17) resultou nas prisões da viúva, de seu amante e os dois homens que executaram o delito. Os suspeitos foram capturados em suas respectivas residências, nos municípios de Quixeramobim e Senador Pompeu – ambos na Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15) do Estado.

O homicídio vinha sendo investigado pela Delegacia Regional de Senador Pompeu. A ação desta manhã também contou com o apoio de equipes das delegacias de Banabuiú, Quixeramobim, Tianguá, Solonópole, Mombaça e Pedra Branca. Os infratores foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva por homicídio triplamente qualificado e, em suas residências, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão. Durante as vistorias, na casa da viúva, os policiais apreenderam três espingardas e munições. Já na casa de seu amante os investigadores encontraram um cavalo de raça avaliado em R$ 20 mil, que pertencia a Cláudio. Nos outros imóveis nada de ilícito foi localizado.

O plano de morte foi arquitetado por Michelle Fernandes Arruda (34) – que era esposa da vítima – e seu amante, Jackson Alves Pinheiro (32), conhecido como “Jackson Vandim”. Eles se conheceram por meio de redes sociais, em maio deste ano. Das conversas, iniciaram um relacionamento amoroso e, em três meses, arquitetaram e executaram o plano para tirar a vida do inspetor.

“Considerando as circunstâncias do fato, percebemos Michelle com um comportamento muito estranho”, explica o delegado Jefferson Custódio, titular da delegacia de Senador Pompeu e responsável pelo caso. Ele conta que a mulher não demonstrou preocupação ao ver o marido baleado e preferiu não acompanhá-lo até o hospital. “A vítima foi socorrida ainda com vida. Quando Michelle foi perguntada se iria com ele para o hospital, ela disse que preferia ir tomar banho”, diz o delegado, relatando também que a mulher confessou o crime em depoimento.

Mas o comportamento suspeito da viúva não para por aí. Logo após a morte do marido, ela deu início á venda dos pertences dele. José Cláudio era proprietário de algumas terras e de várias criações de gado e ovelha, além de alguns veículos. Entre as posses do agente de segurança, que foram comercializadas pela mulher, estão cabeças de gado avaliadas em torno de R$ 60 mil. Contudo, o interesse da suspeita e de seu amante na morte do inspetor não se limitava em negociar suas propriedades. Ela receberia um valor equacionado em R$ 175 mil. O montante, que estava prestes a ser liberado, seria disposto pela Câmara Municipal de Quixeramobim, onde a vítima havia exercido a função de vereador. Inclusive, Cláudio havia se candidatado para o pleito de 2016, para o mesmo cargo.

Levantamentos policiais indicam que o homicídio foi encomendado por R$ 25 mil para os outros dois presos, os executores: Tiago Soares Cunha (26) e Fabiano Souza do Nascimento (30), conhecido como “Argentina”. Logo após o crime, Jackson e Tiago adquiriram veículos novos e Michele passou dois cheques no valor de R$ 38 mil, oriundos da venda dos pertences da vítima, para o amante – o que também chamou a atenção da Polícia.

Os quatro presos, que possuíam mandados de prisão preventiva por homicídio triplamente qualificado por paga ou promessa de recompensa, impossibilidade de defesa da vítima e por ser homicídio contra agente de segurança pública, foram encaminhados para a Delegacia Municipal de Solonópole. Com exceção de Fabiano, que responde por porte de arma de fogo, roubo e homicídio, os demais não possuíam antecedentes criminais.

O crime

O inspetor foi atingido por sete disparos de arma de fogo efetuados por dois homens em uma motocicleta, quando estava dormindo no banco do carona de seu carro, durante trajeto percorrido por ele e Michelle, que conduzia o automóvel, na localidade de Sítio Inharé, Senador Pompeu, no dia 20 de agosto deste ano. Após o fato, a mulher deixou o veículo com o marido e foi para a casa de terceiros, retornando depois ao local da ocorrência. O casal morava na atual casa da suspeita, que fica em Quixeramobim, já na divisa com Senador Pompeu, de onde os demais presos são.

Fonte: SSPDS


Um acidente grave entre uma ambulância e um caminhão deixou três mortos nesta quinta-feira (17) em Quixelô, no Centro Sul do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a ocorrência foi atendida por volta de 5h50. Os três ocupantes da ambulância - o motorista, uma paciente e um acompanhante - morreram no local.

A ambulância era do município de Jucás, vizinho a Quixelô, e estava em direção a Fortaleza. O acidente aconteceu na localidade de Sítio Mulungu. Não há informação sobre o ocupante do caminhão.

O funcionário do Hospital Municipal de Jucás, Antônio Hildo Venâncio do Nascimento, contou que a mulher que ocupava a ambulância era uma paciente em tratamento contra câncer, e que estava na companhia do marido. Eles fariam revisão e consulta na capital cearense.

Ainda segundo o funcionário, o motorista se chamava Marcos e trabalhava há, aproximadamente, quatro anos na unidade de saúde. "Ele era acostumado a fazer essa viagem. Estamos todos chocados, de coração partido, era uma pessoa muitoa boa", relatou.

Fonte: G1/CE


Suspeito de matar delegado é preso

Quinta, 17 Novembro 2016 00:00 Written by

Um dos suspeitos de participar do assalto que vitimou fatalmente o delegado da Polícia Civil Audizio Santiago foi preso, na tarde de quarta-feira, 16, no bairro Barra do Ceará. A apreensão foi realizada por equipes da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

As investigações sobre o caso são realizadas pela DCTD, Draco e Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde o suspeito foi levado. A Polícia Civil continua as buscas para capturar a mulher que é apontada com cúmplice do crime e para localizar a arma utilizada.

O homem suspeito como autor da morte do delegado já havia sido preso quando era adolescente entre os anos de 2012 e 2014. Três vezes por roubo, um por tentativa de assalto, uma vez por tráfico de entorpecentes e outra por uso de drogas.

Com informações Diário do Nordeste


Latrocinios crescem 34,5% neste ano no Ceará

Quinta, 17 Novembro 2016 00:00 Written by

O número de roubos seguidos de morte (latrocínios) teve um aumento de 34,5% no Ceará, em 2016, comparado a igual período em 2015. Enquanto 55 pessoas tinham sido vítimas desse crime no Estado até 15 de novembro de 2015, o mesmo período de 2016 já teve 74 ocorrências registradas pela Polícia. Os dados estão dispostos no site da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS-CE).

A última vítima de latrocínio por arma de fogo no Estado, foi o delegado da Polícia Civil Audizio Ferreira Santiago, 54. No último dia 12,  a vitima foi Gilmar de Almeida Queiroz, de idade não identificada, que foi morto em Horizonte. No dia 8, José William Silva, 47, na cidade de Marco foi vitima de latrocinio. Daniel Cardoso da Silva, 39, também foi morto após ser assaltado em Viçosa do Ceará, no dia 5 deste mês.

O Estado registra pouco mais que seis latrocínios por mês, em média. Dentre os 74 crimes ocorridos, 71 foram praticados com armas de fogo.

Com informações Estado de São Paulo


Página 18 de 20

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg