Policial

Policial 263

 

Neste final de semana, dias 03, 04 e 05, foram registrados três acidentes fatais de trânsito e sete homicídios.

 

Acidentes de trânsito

1. Na tarde desta última sexta-feira, dia 04, o funcionário identificado como Cícero Marques Pereira, de 48 anos, mais conhecido como “Cícero Barata” do ramo da Agricultura de Brejo Santo-CE veio a sofrer uma colisão grave com outro veículo ficando morto no próprio local. O carro com o qual colidiu estava um Padre que ficou ferido.

 

2. Em Santana do Cariri/CE na manhã deste domingo o agricultor José da Silva, 30 anos foi vítima de um acidente de moto quando estava perto de casa no Sítio Peixoto, ele foi encontrado por parentes e socorrido, mas não resistiu.

 

3. Em Caririaçu/CE, neste último sábado por volta das 21h30min um acidente de moto foi registrado tendo como vítima o Sival Lobo de Oliveira, 31 anos,que estava sem capacete quando perdeu o controle do veículo por estar em alta velocidade vindo a cair e ficar gravemente ferido. O mesmo foi socorrido, mas também não sobreviveu.

 

4. Nesta última sexta-feira, 03, o ex-presidiário Gilmário Ribeiro dos Reis, de 31 anos, residente no Sítio Bulandeira foi morto após ser alvo de vários tiros quando estava em sua moto. O mesmo tinha passagens pela polícia por violência doméstica, lesão corporal e ameaça.

 

5. Nesta última sexta-feira, dia 03, a vítima Cícero Genival Furtado da Silva, de 42 anos, que reside no Bairro Vila de Fátima foi morto após ter a sua casa invadida por dois indivíduos. Na hora o mesmo ainda tentou fugir, mas os deliquentes o perseguiram e o mataram com vários disparos de arma. Os mesmos estavam em uma moto Honda Fan quando o garupeiro executou os disparos. A vítima respondia por delito de lesão corporal.

 

6. Na manhã desta última sexta-feira, um homem foi executado com disparos de arma de fogo na Rua José Marrocos com PIO IX no Bairro Salesianos Juazeiro do Norte/CE. O mesmo que foi identificado como Cicero Campos da Silva, de alcunha “Cição de Assaré”, entrou em uma Galeteria por nome “Assado na máquina e na Brasa” onde foi seguido pelos assassinos que entraram atrás dele executando vários disparos, deixando- o morto no próprio local.

 

7. Um duplo-homicídio ocorreu neste último sábado, 03, por volta do meio dia na Rua José de Alencar, no Bairro Romeirão, considerado um dos bairros mais perigosos de Juazeiro do Norte, as vítimas eram irmãos. Os dois foram identificados como Maria Zilda da Silva, de alcunha “branquinha” e Francisco Nilton da Silva, “bibi” que eram comparsas, ambos foram mortos na própria residência após invasão de indivíduos não identificados que já entraram atirando neles, deixando os corpos sem vida no local.

 

8. Neste último sábado, por volta das 22h30min deste último sábado, No Bairro PIO XII em Juazeiro do Norte/CE ocorreu uma tentativa de homicídio. O usuário de drogas Afonso Oliveira Filho, de 40 anos, estava andando no Bairro do Conjunto “Minha casa, minha vida” quando foi alvo de vários disparos de arma por dois indivíduos em uma moto Honda CG 150 da cor preta, ficando extremamente ferido. O mesmo ainda foi socorrido pelo SAMU, mas não resistiu e faleceu na madrugada deste domingo, dia 05.

 

9. Neste domingo, 05, um assassinato chocou a população de Vila Taboca em Nova- Olinda/CE. Por volta das 18h40min uma vítima identificada como Cícero José da Silva, um idoso de 66 anos, foi morto após entrar em uma briga banal, ocasionando na perda da sua vida. Na hora da confusão, os acusados identificados como Ricardo e Zeli, atingiram a vítima com uma pedra conhecida por muitos como “matacão”, quando viu que o idoso caiu machucado sob o solo continuaram ferindo o mesmo na cabeça com várias pedradas até matá-lo. A polícia que chegou ao local imediatamente conseguiu identificação dos acusados e os prendeu, os conduzido para a Delegacia, onde serão autuados por homicídio em flagrante. Os responsáveis que eram Sogro/Genro da vítima.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Blog do Farias Junior


O Supremo Tribunal Federal deixou o caminho livre para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot apresentar nova denúncia contra o presidente Michel Temer nesta semana, antes de deixar o cargo no domingo. No entanto, devido aos questionamentos sobre a legalidade da delação da JBS, persiste a insegurança jurídica sobre o futuro de uma eventual denúncia.

Nesta quarta-feira, a Corte recusou por unanimidade o pedido da defesa de Temer para declarar Janot suspeito e, portanto, impedido de processar o presidente. Porém, o STF não se pronunciou sobre outra solicitação dos advogados, uma questão de ordem para que a PGR ficasse impedida de apresentar denúncia com base na delação da JBS até que as investigações sobre sua legalidade fossem concluídas.

Pouco depois das 18h de ontem, a presidente do STF, Carmén Lúcia, decidiu adiar para a próxima quarta-feira esse julgamento, sob a justificativa de que estava tarde e que nesta quinta a Corte já tinha outras ações em pauta.

Aspirina pode regenerar dente após cárie, dizem cientistas

Como não houve decisão do STF, o decano da Corte, ministro Celso de Mello, disse que não há impedimento para que Janot denuncie Temer. Não está claro, no entanto, se o Supremo pode na semana que vem derrubar essa eventual denúncia, ao julgar o segundo pedido da defesa de Temer.

De acordo com juristas ouvidos pela BBC Brasil, o STF pode tanto suspender o andamento de uma eventual denúncia até o fim das investigações, quanto decidir encaminhar a denúncia direto para análise da Câmara dos Deputados.

Nesse caso, a decisão sobre a validade do uso da delação com as investigações ainda em curso passaria para o momento de análise do recebimento da denúncia. Segundo a Constituição, o Supremo só pode avaliar o recebimento da denúncia para abertura de um processo contra o presidente caso obtenha a autorização de 342 dos 513 deputado.

Em agosto, a Câmara rejeitou uma primeira denúncia contra Temer que acusava o presidente de corrupção passiva com base na delação da JBS. Agora, a expectativa é que Janot use a delação de Lúcio Funaro, tido como operador de propina do PMDB, para reforçar as acusações contra o presidente levantadas na delação da JBS, e o acuse de obstrução de Justiça e formação de quadrilha.

O presidente nega qualquer ilegalidade e acusa o procurador-geral de perseguição política.

Caminho para a Câmara

Para a professora de processo penal da PUC-Minas, parece mais provável que o STF encaminhe uma segunda denúncia diretamente para a Câmara.

"Na primeira denúncia, o Supremo não analisou sua regularidade e mandou direto à casa legislativa. Se eles seguirem o mesmo processamento, se forem manter a coerência, me parece que ao Supremo não caberá analisar isso (a regularidade da segunda denúncia)", afirmou.

Se Janot de fato apresentar a denúncia nesta semana, o advogado criminalista Juliano Breta, ex-presidente da OAB do Paraná, acredita que o STF pode entender que o pedido de Temer para impedir seu oferecimento está "prejudicado".

Nesse caso, ressalta ele, a defesa do presidente pode apresentar um "aditamento" da questão de ordem solicitando que o STF suspenda o andamento da denúncia - ou seja, que não a encaminhe para a Câmara - até o fim das investigações sobre a delação da JBS.

As acusações da defesa de Temer contra o procurador-geral ganharam novo fôlego após a divulgação na semana passada de um "autogrampo" entre Joesley Batista, dono da JBS, e Ricardo Saud, um dos diretores do grupo. Na conversa, há indícios de que a delação premiada teria sido discutida com a PGR, por meio do ex-procurador da República Marcello Miller, antes mesmo da gravação da conversa entre Batista e Temer, o que seria ilegal.

Para Breta, Janot ficou muito fragilizado e o ideal seria deixar que sua sucessora, Raquel Dodge, decidisse sobre a apresentação ou não de nova denúncia contra Temer. Dodge assume o comando do Ministério Público Federal na segunda-feira.

"Não há dúvida de que a fragilização do atual procurador é gigantesca. Diante de toda essa crise que se abateu sobre ele, teria motivo para oferecer um denúncia no apagar das luzes contra o presidente da República? Não é uma denúncia qualquer, disse.

"O ideal seria que ficasse para o crivo da próxima procuradora-geral. A PGR renova sua credibilidade na próxima semana porque assume uma pessoa que está fora desse foco das críticas a respeito da participação e da aceitação do acordo da JBS", acrescentou.

Para o coordenador do curso de direito da FGV-Rio, Thiago Bottino, o "normal" seria Janot esperar o fim das investigações para apresentar uma denúncia.

"Se o Janot ainda tivesse um ano de mandato, ele esperaria, para estar numa posição mais confortável ao apresentar a denúncia. Caso fique comprovado ao fim da investigação alguma ilicitude na delação, o Supremo pode anular esse ato (a eventual segunda denúncia), como sempre acontece no Judiciário", ressaltou.

'Atuação responsável, legítima e independente'

Janot recebeu algum alento com a decisão unânime do STF de rejeitar o pedido da defesa de Temer para declarar sua suspeição. Os ministros entenderam não haver qualquer comprovação de que Janot aja motivado por "inimizade capital" com Temer. O resultado era esperado, já que a Corte têm jurisprudência bem rigorosa ao analisar esse tipo de pedido.

Ao votar, o ministro Celso de Mello, decano da corte, fez uma espécie de desagravo ao procurador-geral: "Não posso deixar de reconhecer a atuação responsável, legítima e independente do eminente procurador-geral da República, doutor Rodrigo Janot, que tem exercido a chefia do Ministério Público da União com grande seriedade", afirmou.

Ao acusar Janot de "parcialidade", a defesa de Temer sustentou que procuradores subordinados a Janot orientaram a atuação de delatores da JBS, como Joesley Batista, hoje preso. Ministros consideraram, porém, que Janot não pode ser dado como suspeito por eventuais ações de outras pessoas.

O relator do caso, Edson Fachin, disse ainda que não analisaria a legalidade das provas coletadas na delação da JBS, já que a Câmara dos Deputados, ao rejeitar o andamento da primeira denúncia contra o presidente, não autorizou o STF a julgar o caso.

Outro elemento que na visão da defesa indicaria suspeição do procurador-geral seria a decisão de "fatiar" as denúncias contra Temer em vez de apresentar uma única peça de acusação.

Fachin, porém, considerou que Janot tem "independência funcional" para formular acusações e que o fatiamento das denúncias não poderia ser motivo para suspeição "na medida em que cada apuração é marcada por amadurecimento em lapso temporal próprio".

Seu voto foi acompanhado por todos os presentes. Não participaram do julgamento os ministros Roberto Barroso, que está em viagem fora do Brasil, e Gilmar Mendes, este último o maior crítico de Janot no STF e alvo de um pedido de suspeição do procurador-geral.

A assessoria de Mendes informou que o ministro "acompanhou o julgamento do seu gabinete e, por não haver controvérsia, continuou despachando". O ministro depois compareceu para a segunda parte da sessão, quando teve início o debate sobre o pedido para suspender a possibilidade de denúncia contra Temer. O julgamento, porém, foi encerrado antes de os ministros votarem.

 

 Fonte:MSN


A Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará cumpre na manhã desta quinta-feira (11), uma operação integrada das Policias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense do Ceará (Pefoce), na localidade de Prainha, no município de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com a SSPDS, estão sendo cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão. A maioria por tráfico de drogas.

Ainda de acordo com a Secretaria de Segurança mais de 200 profissionais estão envolvidos na operação. O secretário de segurança pública, André Costa, coordena os trabalhos. A polícia cerca a região e faz uma vistoria geral em todas as residências que estão dentro desse perímetro.

A operação conta ainda com um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Fonte: G1/CE


Duas pessoas foram baleadas, na noite desta segunda-feira (8), dentro do Hospital Municipal de Senador Pompeu, no Sertão Central. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), um homem armado invadiu o hospital e efetuou quatro tiros contra um jovem de 18 anos. O rapaz foi atingido nas costas.

Segundo a polícia, na confusão, uma adolescente de 15 anos também ficou ferida no abdômen. A polícia afirmou que os dois foram atendidos no hospital e não correm risco de morrer. O suspeito fugiu e até a manhã desta quarta-feira (10) não foi preso. A polícia está investigando o que teria motivado o crime.

Fonte: G1/CE


Uma travesti de 29 anos foi assassinada a tiros na tarde desta segunda-feira (8), dentro da sede do Sistema Nacional de Empregos/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com a Delegacia Metropolitana de Itaitinga, a travesti foi identificada como Jefferson Cauã Holanda Pinheiro, mas usava o nome de “Jeffinho”.

Ainda segundo a polícia, Jeffinho trabalhava como cabeleireiro e estava no Sine/IDT para deixar um currículo. Polícia disse que dois homens chegaram à agência em uma moto, entraram no local armados e a mataram com vários tiros. A vítima foi atingida nas costas e na cabeça e morreu no local. Após o crime, a dupla fugiu. Durante a execução, segundo a polícia, um dos tiros atingiu o pé de uma atendente do Sine/IDT, que foi levada ao Hospital Municipal.

A polícia disse que Jefferson tinha se envolvido em uma briga e registrado um Boletim de Ocorrência (B.O.) e que tinha uma passagem na polícia por difamação.

Fonte: G1/CE


Uma operação na cidade de Sobral, no interior do Ceará, resultou na prisão de doze pessoas. Eles são suspeitos de envolvimento em ações criminosas pela região.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a ação teve início na tarde da quarta-feira (3) e foi concluída nesta quinta-feira (4). Foram apreendidos entorpecentes e duas armas de fogo.

Foram 141 profissionais envolvidos na operação, sendo 11 policiais lotados na SSPDS, 60 policiais militares e 70 policiais civis de várias delegacias do Interior Norte do Estado.

A primeira etapa ocorreu na tarde de quarta, cinco suspeitos foram capturados e um jovem apreendido, no residencial Caiçara, em Sobral. Com o grupo, os policiais apreenderam dois revólveres,21 munições, R$ 68,00 em espécie e aparelhos celulares. Outras munições também foram apreendidas no interior dos apartamentos onde estavam os indivíduos.

A segunda parte da ação foi realizada nesta quinta e resultou nas capturas de sete suspeitos. Quatro suspeitos foram autuados em flagrante por porte e posse de munições de arma de fogo. Outras duas pessoas foram presas por tráfico de drogas. Por fim, um outro suspeito foi autuado por condição análoga à escravidão, por manter pessoas trabalhando como agricultores, em sua propriedade, sob condições sub-humanas.

Fonte: G1/CE


Um soldado da Polícia Militar foi baleado durante um assalto na tarde desta quarta-feira (3) no Bairro Ellery, em Fortaleza. De acordo com a polícia, a vítima foi atingida por um disparo na região do abdômen e não resistiu.

Segundo o comandante de policiamento da capital, coronel Francisco Souto, o policial Francisco Gledson Matias, 37 anos, foi abordado na rua de sua casa por um criminoso armado. O homem se aproximou em uma moto e anunciou o assalto. O comandante informou que ainda não se sabe se o policial militar reagiu ao roubo. Não houve troca de tiros.

O homem atirou contra o PM e o atingiu na barriga. O soldado chegou a ser levado por familiares ao Hospital Distrital Doutor Evandro Ayres de Moura (Frotinha do Antônio Bezerra), mas não resistiu ao ferimento e morreu no local. Após o crime, o homem fugiu sem ser identificado.

O coronel Francisco Souto informou que o policiamento na região foi reforçado para tentar prender o suspeito. "Foram enviadas equipes do Ronda do Quarteirão, POG (Policiamento Ostensivo Geral) e motocicletas do Raio. Estão sendo realizadas diligências na área para prender o bandido."

A Polícia Civil foi acionada e enviou uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ao local do crime, para iniciar as investigações acerca do ocorrido. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi enviada.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o policial militar estava lotado na 2º Companhia do 7º Batalhão em Nova Russas e, no momento, estava de folga. O soldado ingressou na Polícia Militar no dia 8 de setembro de 2010. Em nota, a pasta lamentou o ocorrido.

"A SSPDS reconhece os relevantes serviços prestados à sociedade cearense pelo soldado Francisco Gledson Matias e não medirá esforços para prender o responsável pela sua morte. A Secretaria da Segurança e suas vinculadas, em especial a Polícia Militar, lamentam a perda de um integrante das forças de segurança e se solidariza com os familiares e amigos do militar."

Fonte: G1/CE


Bandidos armados explodiram, na madrugada desta quarta-feira (3), uma agência bancária na cidade de Catunda, no Sertão de Crateús. Segundo a polícia, cerca de dez homens invadiram o município, cercaram o destacamento policial e explodiram a agência.

A polícia informou também que houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. O grupo fugiu em direção a cidade de Monsenhor Tabosa. Até a manhã desta quarta-feira, ninguém foi preso.

Fonte: G1/CE


Quarenta e quatro internos fugiram da Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto (CPPL III), localizada no município de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza, na madrugada deste sábado (29).

Conforme a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), 15 fugitivos foram recapturados até o fim da manhã desta segunda-feira (1º).

Ainda segundo a Sejus, estão sendo realizadas buscas na região para recapturar os internos foragidos.

Fonte: G1/CE


Um homem morreu e duas pessoas foram baleadas em um tiroteio, ocorrido na noite desta quarta-feira (26), no Bairro Bonsucesso, em Fortaleza. De acordo com a polícia, o crime aconteceu por volta das 20 horas em um campo de futebol.

A polícia apurou com testemunhas de que o homem de 28 anos estava com amigos quando foi abordado. O rapaz levou vários tiros. Um policial estava próximo ao crime e reagiu. Houve troca de tiros. Um homem de 30 anos e um adolescente de 17 ficaram feridos. Eles foram socorridos por uma ambulância do Samu e encaminhados em seguida para o hospital.

De acordo com o perito Paulo Silva foram encontradas várias cápsulas no local. “Encontramos várias cápsulas de pistola ponto 40 de dentro para fora e também encontramos estojos de outras de calibre 380 que foi do agressor”, disse. Equipes da Polícia Militar realizaram uma ronda nos bairros vizinhos, mas ninguém foi preso. A Polícia Civil investiga o caso.

Fonte: G1/CE


Página 8 de 19

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg