Tecnologia 977

Published in Tecnologia Maio 22 2018

PYONGYANG, NORTH KOREA - OCTOBER 6: North Koreans perform showing North Korean national flag during the Arirang festival which is a part of commemorations marking the 60th anniversary of the Workers' Party of North Korea on October 6, 2005 in PyongYang, North Korea. The 60th anniversary of North Korea?s ruling, Korean Workers Party is being commemorated with a cultural and art festival and a nation wide celebration on October 10. The celebrations come amid uncertainties in the breakthrough agreement over North Korea?s nuclear programs. (Photo by Chung Sung-Jun/Getty Images)

A Coreia do Norte está empregando uma nova técnica para monitorar desertores do regime, segundo um novo estudo da empresa de segurança McAfee. Basicamente, hackers do país têm tentado infectar as pessoas que deixaram o regime com um malware em apps para Android.
De acordo com a empresa de cibersegurança, na semana passada foram encontrados vários apps da Play Store infectados com o malware RedDawn. Ao ser instalado em um dispositivo, um atacante pode roubar muitos dados pessoais e informações sensíveis que poderiam ser usados para ameaçar ou monitorar vítimas.

Foram encontrados três apps infectados na loja oficial do Google. Como eles tinham coreanos como alvos, seus títulos eram na língua oriental: o primeiro, intitulado
음식궁합 (informações de ingredientes de comida), oferecia aos usuários informações sobre alimentos. Os outros dois, Fast AppLock e AppLockFree, se passavam por ferramentas de segurança.

Embora os apps pudessem ser baixados por qualquer um na Play Store, os atacantes — o grupo hacker Sun Team, o mesmo coletivo norte-coreano por trás de ataques a refugiados da Coreia do Norte e jornalistas no início do ano — distribuíram os apps ao enviar publicidade direcionada a essas pessoas e as contatando no Facebook.

A McAfee diz que o malware atua em múltiplos estágios. O AppLockFree era responsável por fazer um reconhecimento e preparar para as outras partes mais maliciosas do ataque, proporcionadas pelos outros dois apps. Uma vez infectado, o dispositivo pode coletar fotos, contatos, mensagens de texto e outras informações sensíveis. Todos esses dados são transferidos em sites de armazenamento na nuvem operados pelo Sun Team.

Os apps em si não foram muito baixados — a McAfee acredita que houve 100 infecções no total — e eles já foram removidos da Play Store. No entanto, esse tipo de ataque representa uma ameaça para alvos sensíveis e mostra que os hackers da Coreia do Norte estão interessados em se concentrar em desertores.

Mais de 30 mil pessoas deixaram a Coreia do Norte em direção à Coreia do Sul, segundo a Radio Free Asia, e mais de mil pessoas se arriscam a deixar o regime todo ano. A conversa de desarmamento nuclear e discussões sobre um tratado de paz com a Coreia do Sul podem mostrar que a ditadura está querendo ser aceita pela comunidade internacional, no entanto, ataques como esse revelam como o regime é brutal e vingativo.

Fonte: msn

Published in Tecnologia Maio 21 2018

O presidente da LG, Koo Bon-moo, faleceu neste domingo (20). Ele tinha 73 anos e desde 2017 estava em tratamento por conta de um tumor cerebral, inclusive passando por uma cirurgia, mas recentemente decidiu por não prolongar o tratamento.

Segundo a Reuters, o velório foi bastente privado, mas até o atual herdeiro da Samsung, Jay Y. Lee, foi ao local prestar solidariedade. Apesar de rivais, ambas são as companhias sul-coreanas mais bem sucedidas no ramo da tecnologia.

O executivo é tido como o grande responsável pela internacionalização da LG, que já era um dos maiores grupos da Coreia do Sul, mas agora é reconhecido assim em todo o mundo. Foi de Bon-moo a ideia de setorizar a marca em três grandes negócios: eletrônicos, químicos e telecomunicações, setores tidos como chave até hoje.

Ele foi o terceiro presidente da companhia e tinha 50 anos quando assumiu o cargo, em 1995.

Bon-moo é o neto mais velho de um dos fundadores da Lucky, companhia de cosméticos que deu origem ao atual conglomerado que conhecemos como LG — você pode conferir a história completa da companhia por aqui. Ele começou como gerente do setor de produtos químicos antes de assumir o posto mais alto da empresa.

E agora?

Um retrato.

O herdeiro da LG é filho adotivo do irmão do agora ex-presidente.

O próximo presidente deve ser Koo Kwang-mo, filho de Bon-moo e atual chefe da divisão de displays da LG Electronics. Investidores ainda precisam aprovar a transição, mas a tradição familiar deve ser mantida

 

Fonte: TecMundo

Published in Tecnologia Maio 21 2018

O “crime facilitado por drogas”, popularmente conhecido “Boa Noite Cinderela” é um problema recorrente durante o verão no litoral do Rio Grande do Sul e em várias partes do Brasil. Por isso, a estudante do ensino médio Isabela do Reis resolveu trabalhar em algo que pudesse ajudar as pessoas a se protegerem desse golpe. Depois de um bocado de pesquisa, ela criou um protótipo capaz de testar bebidas alcoólicas e identificar a presença das “benzodiazepínicas”, o principal tipo de drogas utilizado nesses crimes. “Quando combinadas com álcool, essas benzodiazepínicas têm um efeito terrível”, disse Isabela ao TecMundo durante a Intel ISEF 2018 em Pittsburgh, nos EUA.

Quando combinadas com álcool, essas benzodiazepínicas têm um efeito terrível

Esse aparelho criado pela estudante consiste basicamente em uma pulseira com um pequeno recipiente divido em duas partes. Em uma delas, é colocado um reagente encontrado por Isabela, e a outra fica vazia. Quando uma pessoa então recebe uma bebida já aberta de algum estranho, ela pode jogar um pouco do líquido dentro desse recipiente da pulseira para que ele encha as duas partes.

Alguns instantes depois, uma bebida “batizada” com drogas muda de cor. O usuário do aparelho de Isabela então pode perceber essa diferença fazendo a comparação entre o líquido presente nas duas partes do recipiente, sendo que, em uma delas, não havia nenhum reagente. O dispositivo ainda tem uma bateria, um botão e uma luz de LED para iluminar o recipiente e permitir a conferência do resultado mesmo à noite.

 Isabela dos Reis

Isabela dos Reis mostra seu protótipo de pulseira para testes contra benzodiazepínicas

“Estudando essas benzodiazepínicas, eu percebi que elas possuem cloro na sua formulação química”, revelou Isabela. “A partir disso, eu comecei a estudar e encontrei um reagente adequado para fazer a detecção dessas drogas e apliquei isso em várias bebidas alcoólicas diferentes. Em todos os casos, eu notei que o reagente gera uma diferença de coloração visível a olho nu”. Como o dito reagente não pode ser colocado diretamente dentro da bebida para o teste, a estudante percebeu que era necessário desenvolver um protótipo.

As maiores vítimas são os homens, mas como as consequências são mais terríveis para as mulheres, a gente acaba tendo essa visão de que elas são as mais atingidas

Isabela dos Reis também descobriu que, estatisticamente, os homens são os mais atingidos por golpes do Boa Noite Cinderela. Criminosos normalmente embriagam pessoas do sexo masculino para facilitar o roubo de seus pertences ou mesmo as levarem para casa e, então, levarem tudo o que há de valor na residência da vítima. “As maiores vítimas são os homens, mas como as consequências são mais terríveis para as mulheres, a gente acaba tendo essa visão de que elas são as mais atingidas”, comentou Isabela.

Isabela dos Reis foi duas vezes premiada na ISEF 2018, que teve sua cerimônia de encerramento realizada nesta sexta-feira (18). Ela ficou em terceiro lugar geral da categoria de química na maior feira de ciências do mundo organizada pela Intel e ganhou uma bolsa de estudos e recebeu uma menção honrosa da Associação Norte-Americana de Estatística. Isabela tem 17 anos e cursa o ensino médio no Instituto Federal do Rio Grande do Sul.

 

Fonte: TecMundo

Published in Tecnologia Maio 19 2018

Depois de ser anunciado ainda no ano passado e posteriormente adiado, o bloqueio de celulares piratas passou a valer no Brasil no último dia 9. A medida, inicialmente válida apenas para o estado de Goiás e para a capital federal Brasília, já bloqueou 37 mil aparelhos ilegais nas duas localidades, informa o TeleSíntese.

Antes de realizar o bloqueio, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) notificou os usuários por três vezes durante um período de 75 dias sobre a irregularidade do aparelho. São considerados piratas os dispositivos que contêm IMEI não registrados na base de dados GSMA — geralmente, esses aparelhos são falsos e tentam se passar por outros dispositivos famosos.

Desde o último dia 9, a Anatel já bloqueou 37 mil aparelhos piratas em Goiás e Brasília

Em comunicado enviado ao TecMundo ainda no ano passado, a Anatel esclareceu que “terminais importados, desde que tenham um IMEI válido na base de dados da GSMA, continuarão a funcionar normalmente”. Isso significa que aparelhos legais de marcas legítimas que são vendidos apenas fora do Brasil não terão a sua atuação afetada.

“O foco do projeto é atuar sobre os celulares de baixa qualidade que não possuem certificação em nenhum lugar do mundo, terminais falsificados e, principalmente, celulares roubados que têm o IMEI adulterado para voltar ao mercado”, relatou a agência na época.

Para saber se o seu celular é pirata, você pode verificar a situação do IMEI no site oficial da Anatel.

 

Fonte: TecMundo

Published in Tecnologia Maio 19 2018

A missão da China para explorar o lado mais distante da lua deve ser lançada na próxima segunda-feira (lá na China). De acordo com a reportagem do Guardian:

O satélite de comunicação Chang’e 4 ficará posicionado a cerca de 60.000 quilômetros da parte de trás da lua e oferecerá uma ligação de comunicação para uma sonda que foi projetada para aterrizar e explorar o lado mais distante da lua, que nunca fica virada para a Terra. O satélite de comunicação foi batizado como Queqiao, que significa Ponte de Pega, nome que vem de uma história folclórica chinesa na qual um bando de pássaros Pega formam uma ponte sobre a Via Láctea para permitir que um casal separado de amantes se una.

Os amantes, nesse caso, são provavelmente o satélite e a futura sonda. A China anunciou seus planos de aterrisar no lado distante da Lua em 2016. O feito seria algo inédito para a humanidade – mas demandará bastante trabalho.

Como o jornal Xin’hua noticia, é impossível se comunicar diretamente com o lado distante da Lua, que sempre está oposto à Terra. O satélite Queqiao irá transmitir sinais entre a sonda e o nosso planeta. Ele ficará posicionado no Ponto de Lagrange 2, uma posição além da órbita da Lua onde pequenos objetos mantêm a mesma posição relativa a nós enquanto orbita o Sol.

O lançamento incluirá ainda alguns outros satélites menores. À bordo do Queqiao estarão um detector de radio frequência para medir sinais de estrelas do universo primordial – saiba mais sobre esses sinais aqui (em inglês). É uma missão de prova de conceito para uma potencial antena de rádio baseada no espaço – ou na lua.

A Chang’e 4 se juntará a outras missões lunares chinesas bem sucedidas. Chang’e 1 e 2 orbitaram a Lua e Chang’e 3 aterrizou na lua e explorou a parte mais próxima do satélite natural. A Administração Espacial Nacional da China planeja trazer de volta uma amostra da Lua com o Chang’e 5, que deve ser lançada em 2019. O país realizou testes do Chang’e 5 em 2014.

Se tudo acontecer como planejado, a China espera colocar humanos na Lua até o final da década de 2030.

Fonte: msn

Página 6 de 109

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg