Redação do Portal

Redação do Portal

Um grupo de presos da Cadeia Pública de São Benedito, no interior do Ceará, iniciou um motim nesta quarta-feira (18), logo após o horário do banho de sol. O tumulto teve início quando os agentes penitenciários determinaram o retorno às celas. Segundo a polícia, os presos desacataram os agentes e a confusão começou, por volta do meio-dia, sendo controlada após a chegada de reforço policial.

Com capacidade para 36 presos, a Cadeia Pública de São Benedito abriga 87 detentos, 51 a mais do que o limite, de acordo com o promotor de Justiça Oigrésio Mores. De acordo com a polícia, os detentos quebraram cadeiras, rasgaram lençóis e tentaram derrubar o portão da entrada principal da cadeia pública.

"Com a chegada de policiais da região - integrantes do Raio, Polícia Militar e Cotar - o motim foi controlado. Foi realizado um procedimento de segurança com o uso de armas não letais e tudo voltou à normalidade. Os mais exaltados foram identificados e vão responder por desacato e desobediência", explica o promotor.

Quando o motim foi controlado, os policiais fizeram uma primeira revista nas celas onde foram encontrados aparelhos celulares e drogas. "Apesar da lotação excessiva, a Cadeia Pública de São Benedito opera com certa normalidade. Mesmo abrigando facções rivais, não temos tido problemas com elas, pois ficam em alas separadas", afirma o promotor Oigrésio Mores.

 

Fonte: G1-CE


A polícia prendeu três pessoas após encontrar cinco armas em uma casa no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza, na noite desta quarta-feira (18).

Segundo as informações do 32º Distrito Policial, para onde eles foram levados, as prisões ocorreram em duas abordagens diferentes. A princípio, agentes do Comando Tático Motorizado (Cotam) foram chamados para dar reforço a ação contra homens que ativam contra outros agentes policiais na Comunidade Sete de Setembro. Lá, eles conseguiram prender um dos envolvidos.

Ao interrogar o suspeito e verificar o celular do mesmo, os policiais encontraram mensagens e fotos sobre negociações de venda de armas. Ele, então, conduziu os agentes ao local onde as armas estavam guardadas. Na casa em questão, a polícia encontrou uma espingarda, três revólveres e uma pistola, todos com numeração raspada, além de munições.

Ainda conforme o 32º DP, ainda será investigado se os homens têm ligação com outras duas mortes ocorridas no Bairro Bom Jardim. A região é alvo de disputa entre duas facções criminosas.

 

Fonte: G1-CE


Apesar das especulações, ainda não teve nenhuma proposta oficial para que Neymar deixe o PSG. O Brasil foi eliminado da Copa do Mundo com atuações contestáveis de seu principal craque. Sempre no centro das especulações, Neymar aceitaria ficar no PSG com uma condição: ser o jogador mais importante do clube.

Segundo o 'El País', um dirigente do PSG afirmou que o pai do Neymar disse que o jogador está se sentido bem em Paris, refutando as especulações em torno de uma possível transferência para o Real Madrid. Ainda de acordo com a publicação, o único fator "inegociável" é que Neymar se sinta como o jogador mais importante do clube parisiense.

— Ele (pai) nos contou que Neymar está bem em Paris, agradece o apoio da família real do Catar e para ele a única coisa inegociável é que quer se sentir o jogador mais importante. Nisso o pai foi muito claro: sua única condição para continuar é que ninguém duvide que o centro do clube é ele - disse uma fonte próxima aos dirigentes do PSG, ao 'El País

O jornal ainda conta que o presidente do Real Madrid se encontrou com o pai de Neymar para uma possível negociação e que Florentino Pérez disse que no Real Madrid, Neymar seria "o único rei". De acordo com a fonte, o pai de Neymar teria respondido que enquanto o brasileiro "estiver no PSG, ele será o único rei".

Vale ressaltar que essa notícia surgiu logo após o final da Copa do Mundo, em que o companheiro de Neymar no PSG, o jovem Kylian Mbappe, teve atuação destacada e elogiada em âmbito mundial, que culminou, além do título da competição para a França, mas o prêmio de melhor jogador jovem para Mbappe.

Neymar, por sua vez, teve uma atuação contestável na Copa do Mundo. Com atuações irregulares, o brasileiro foi bem em alguns jogos, mas não conseguiu liderar o Brasil para seguir mais adiante na competição. Além disso, virou chacota mundial por conta de suas simulações dentro de campo.

 

Fonte: R7


O Flamengo segue líder do Campeonato Brasileiro, mesmo após perder por 1 a 0 para o São Paulo no Maracanã, em jogo válido pela 13ª rodada do torneio. Se a posição se manteve, a folga na ponta não. Na vice-liderança, o Tricolor Paulista reduziu a diferença para um ponto, muito por conta do erros rubro-negros nas finalizações, assim entendeu Maurício Barieri, treinador da equipe carioca.

Barbieri viu um Flamengo dominante no confronto com o São Paulo, e entendeu que a falta de pontaria na parte final do campo foi a culpada pelos três pontos perdidos no Maracanã. Essa foi a primeira partida do campeonato em que o Flamengo não fez gols.

- Acho que tivemos domínio grande do jogo. São Paulo esperou mais, buscou contra-ataque. Havíamos alertado. Mas criamos bom número de oportunidades. Paquetá na trave, bola parada. Bola do Marlos, escapou. Uribe, que finalizou mal - lembrou o técnico.

Assim como alguns dos jogadores ao deixar o gramado, Barbieri também comentou sobre a postura do time do São Paulo na partida, condenando a cera e o tempo gasto com a bola parada. O árbitro concedeu seis minutos de acréscimo no segundo tempo e, posteriormente, mais um.

- Complicado avaliar (cera). Acho que houve em excesso. Acho que árbitro poderia ter tido outra postura. Depois da placa teve mais quedas, poderia ter acrescido mais ainda. Quanto a isso não há o que fazer. São Paulo tem proposta de esperar, fizeram gol e encaixou.

O Flamengo volta as atenções agora para o clássico contra o Botafogo, pela 14ª rodada, no Maracanã. O jogo acontece sábado, às 19h, e o time poderá ter o retorno de Cuéllar e Henrique Dourado, que estavam suspensos. Por outro lado, Éverton Ribeiro levou o terceiro amarelo e não joga.

Confira outras respostas de Maurício Barbieri no Maracanã:

Derrota abala?

- De maneira nenhuma abala. Insatisfeitos com o resultado. Não é o que queríamos. Mas até pelo domínio, fizemos partida relativamente boa. Apesar da derrota. Lutamos o tempo todo, buscamos o gol, maneiras diferentes. Temos que avaliar o que errou para ajustar.

Guerrero e Uribe

- Sobre Guerrero, sentiu um pouco a marcação. Jogo bastante viril, não fez a melhor partida, tem consciência disso. Mas nos ajudou, preparou. Tentou bater de fora da área. Uribe bastante dinâmico, teve oportunidade de fazer o gol. Avalio como positiva a atuação.

Ausências de VInicius Jr. e Cuéllar

- Difícil colocar peso nisso. Normal que qualquer equipe que perde jogadores desse nível é normal demorar a encaixar. Rômulo fez bom jogo. Marlos também, mas é normal que demore a engrenar, aconteceu com Vinicius.

Matheus Sávio

- Questão de ordem física. Durante os treinos Geuvânio não foi a campo em alguns treinos. Sentiu incômodo no joelho. Sávio estava mais inteiro para conseguir mais desequilíbrio. Ele tentou, fez três jogadas.

Contra-ataques do São Paulo

- Aconteceram mais contra-ataques no primeiro tempo que no segundo. O gol deles não foi contra-ataque de forma direta. Eles tiveram mais contra-ataques de escanteio ofensivos nossos, coisas que conversamos para ajustar. Depois do escanteio, Renê tentou bola longa, mas ficou curta e vieram para cima. Mas não foi lance de velocidade, exatamente. Quando Rojas faz o cruzamento estamos montados, mas Everton conseguiu antecipar Renê. Procuramos estar equilibrados e reagir rápido.

 

Fonte: globoesporte


Se você está ligado no TecMundo desde a manhã de hoje (18), já deve saber que a Google foi multada pela União Europeia em 4,3 bilhões de euros, o equivalente a US$ 5 bilhões ou R$ 19,1 bilhões, por práticas consideradas ilegais pelas autoridades antitruste do bloco econômico.

Porém, os motivos que levaram a União Europeia, por meio da delegada Margrethe Vestager, a impor essa pesada punição à Google foram detalhados pela Business Insider e tratam-se de práticas comerciais – três delas, para ser mais específico – que as autoridades do bloco econômico consideram criminosas e que ferem a competitividade no mercado do qual a empresa faz parte.

1) Navegador e busca pré-instalados

Essa pré-instalação, de certa maneira, 'força' as pessoas a usarem esses aplicativos específicos visto que já estão lá

De acordo com o relato de Vestager, a Google obriga os fabricantes de smartphones que usam o sistema operacional Android a pré-instalar em seus dispositivos a ferramenta de busca da empresa e seu navegador, o Chrome. Apenas assim é possível ter acesso ao Google Play para realizar o download de outros aplicativos diversos disponibilizados pela loja online.

Essa pré-instalação, de certa maneira, “força” as pessoas a usarem esses aplicativos específicos visto que já estão lá, ao alcance fácil dos usuários. Isso é comprovado pela quantidade baixíssima de pessoas que optam por usar outro navegador além do Chrome ou, ainda mais difícil de ver, outro sistema de busca online além do Google.

2) Pagando para usar

Outro caso pelo qual a Google foi acusada – e condenada – foi o pagamento por parte da empresa para fabricantes de smartphone para que pré-instalassem seu sistema de busca no sistema Android de seus dispositivos. Com 95% das buscas feitas no Android tendo usado a ferramenta de procura da empresa, era nítido que outras companhias do mesmo ramo não eram capazes de igualar o incentivo financeiro dado pela Google.

Medidas como essa podem ser responsáveis por acabar com a chance de sucesso de qualquer outro sistema operacional concorrente

Para os fabricantes de smartphones não era nada mal: eles levavam uma bolada a mais para escolher pelo cliente, entregando a eles em seus produtos finais o aplicativo de busca da Google já funcionando no celular. Assim, a ferramenta seria muito mais utilizada do que qualquer outro concorrente.

3) Só pode vender Android

O terceiro e último motivo que causou a multa bilionária que a Google deverá pagar para a União Europeia é o fato da empresa proibir os fabricantes de smartphones com Android de comercializarem celulares versões alternativas do sistema operacional. Caso uma dessas edições fosse colocada em um dispositivo, ele seria incapaz de acessar os aplicativos da Google, entre eles sua loja online e outros, como YouTube, a ferramenta de busca, o Chrome e muito mais.

Medidas como essa podem ser responsáveis por acabar com a chance de sucesso de qualquer outro sistema operacional concorrente, como foi o caso do Fire OS, da Amazon, que pela restrição da Google só poderia rodar em celulares da própria Amazon, visto que outros grandes fabricantes de smartphones estavam comprometidos a usarem apenas o Android.

 

Fonte: TecMundo


Em resposta à multa de 4,34 bilhões de euros (19 bilhões de reais) dada pela União Europeia, o Google postou em seu blog nesta quarta-feira que a medida pode fazer com que o sistema Android deixe de ser gratuito por inviabilizar financeiramente suas operações.

A empresa foi acusada de fazer uso de práticas anticompetitivas ao forçar fabricantes de smartphones a adotarem o sistema e incluírem aplicativos e serviços da empresa em seus produtos.

“Até agora, não tivemos de cobrar dos fabricantes de telefones pela nossa tecnologia. Estamos preocupados que a decisão de hoje venha perturbar o equilíbrio cuidadoso que atingimos com o Android e que isso prejudique sistemas de plataforma aberta“, escreveu Sundar Pichai, CEO da empresa.

Segundo o executivo, é por meio dos aplicativos pré-instalados no sistema, como a Play Store, que o Google ganha dinheiro e custeia a manutenção e atualização do Android.

Ao contrário da Apple, que não permite que seu sistema iOS seja adaptado para dispositivos produzidos por outros fabricantes, o Google adota a estratégia de plataforma aberta e disponibiliza o Android para outras empresas.

“Essas práticas [anticompetitivas] subtraem dos rivais a chance de inovar e competir de forma meritocrática. Elas negam aos consumidores europeus os benefícios da competitividade”, disse Margrethe Vestager, comissária de competitividade da UE.

Além da “ameaça” pelo fim da gratuidade do Android, o Google prometeu recorrer contra a multa da União Europeia e argumentou que o sistema Android ajudou a expandir a competição.

 

Fonte: msn


Na Operação Lava Jato, nem uma absolvição do juiz Sérgio Moro garante o fim de seus problemas com a Justiça. Nesta quarta-feira, a jornalista Cláudia Cruz, mulher do deputado cassado e preso Eduardo Cunha, foi condenada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) a dois anos e seis meses de prisão por manter depósitos não declarados no exterior. A condenação vem pouco mais de um ano depois de Moro, titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, absolvê-la dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas por falta de provas. Apesar da condenação, a pena é menor de quatro anos de prisão e deverá ser cumprida em regime inicial aberto — ela pode ser substituída por penas restritivas de direitos. Além disso, Cláudia Cruz conseguiu desbloquear 176.670 francos suíços que Moro havia mandado confiscar.

O processo foi julgado pelo TRF-4 como consequência de recurso apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a decisão de Moro. Em sua decisão, Moro enumerava uma série de gastos vultosos de Cláudia Cruz no exterior, mas dizia que "embora tal comportamento seja altamente reprovável, ele leva à conclusão de que a acusada Cláudia Cordeiro Cruz foi negligente quanto às fontes de rendimento do marido e quanto aos seus gastos pessoais e da família. Não é, porém, o suficiente para condená­-la por lavagem dinheiro".

Assim como o juiz de Curitiba, a 8ª Turma do tribunal de segunda instância absolveu Cláudia do crime de lavagem de dinheiro. Ao contrário de Moro, contudo, os desembargadores liberaram os fundos da famigerada conta Kopek, na Suíça, por não conseguirem constatar que o dinheiro confiscado é fruto de crime. Advogado de Cláudia Cruz, Pierpaolo Bottini disse que vai recorrer da condenação, que não foi unânime.

Nesse mesmo processo, foram condenados em segunda instância ex-diretor da Petrobras Jorge Luiz Zelada e o lobista João Augusto Rezende Henriques. Com base em pedido de recálculo feito pelo MPF, a pena de Zelada subiu de 6 anos para 8 anos, 10 meses e 20 dias pelo crime de corrupção passiva. Henriques, que foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, teve a pena elevada de 7 anos para 16 anos, 3 meses e 6 dias de reclusão — os desembargadores entenderam que houve concurso material, quando as penas são somadas, e não concurso formal, quando os crimes ficam associados, com uma pena maior para o segundo.

Também absolvido na primeira instância, o empresário Idalécio de Castro Rodrigues de Oliveira foi condenado a 12 anos e 8 meses por corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Esse processo foi originado a partir de um contrato de aquisição pela Petrobras dos direitos de participação na exploração de campo de petróleo na República do Benin, na África. O negócio teria envolvido o pagamento de propina para Eduardo Cunha de cerca de 1,3 milhão de francos suíços, cerca de 1,5 milhão de dólares. O deputado cassado cumpre pena de 15 anos de prisão pelo caso.

 

Fonte: msn


O Fluminense anunciou em seu site oficial a contratação por empréstimo do atacante Junior Dutra, que vai vestir a camisa 11 do clube carioca.

"O jogador de 1,84 m será uma opção versátil para o setor ofensivo Tricolor, já que pode atuar tanto pelos lados, quanto centralizado", diz o site

Aos 30 anos, o atleta que pertence ao Corinthians e já passou pelo futebol europeu e asiático, assinou para jogar pelo Flu até o final de 2018.

"Fui muito bem recebido por todos. Gosto muito do Rio, tenho muitos amigos aqui. Uma cidade maravilhosa, com uma energia muito boa. Mas o mais importante é dentro de campo. Jogar no Maracanã, vestir essa camisa, é uma oportunidade única. Estou muito motivado e ansioso para estar dentro de campo logo", declarou o jogador. 

Junior Dutra já trabalha com o restante do elenco, mas ainda não foi regularizado, o que deve acontecer nos próximos dias. O jogador será apresentado na sexta-feira, dia 20.

 

Fonte: msn


Um dos homens mais procurados pela polícia do Ceará foi preso nesta segunda-feira (16). Antônio Mardônio Lopes Alves, conhecido como Cancão, estava foragido há pelo menos 10 anos.

De acordo com a Polícia Civil, Mardônio usava um disfarce inspirado em Pablo Escobar, megatraficante colombiano morto em 1993 em confronto com policiais.

Mardônio, de 35 anos, é suspeito de participar de vários roubos a banco no interior do estado e ataques a carros-fortes.

Conforme a Polícia Civil, ele mudou "drasticamente" a aparência para tentar não ser identificado por policiais. Ele chegou a ser capturado anteriormente, mas apresentou documento falso e foi liberado.

Dessa vez, Mardônio foi preso em Fortaleza, próximo a uma agência bancária. Ele apresentou documento falso mais uma vez, mas acabou confessando a identidade original.

 

Fonte: G1-CE


O advogado Renato Jorge Rocha Bezerra Filho, de 35 anos, foi assassinado nesta terça-feira (17) na própria casa, localizada no Bairro Parque Soledade, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o corpo foi encontrado com as mãos amarradas e manchas de tiros no quintal do imóvel. A Polícia Civil investiga as circunstâncias do crime na tentativa de identificar os envolvidos.

A Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará informou, em nota, que está acompanhando as investigações e prestando apoio aos familiares da vítima. O órgão repudiou o assassinato, lembrando também da morte no advogado Erivaldo Rodrigues, há uma semana.

Segundo caso

Ex-vereador e advogado é assassinado a tiros em Caucaia, na Grande Fortaleza (Foto: Arquivo pessoal)

Ex-vereador e advogado é assassinado a tiros em Caucaia, na Grande Fortaleza (Foto: Arquivo pessoal)

Este é o segundo caso de assassinato a advogado nos últimos sete dias, embora não se confirme possível ligação entre as mortes. Em 10 de julho o advogado e ex-vereador Francisco Erivaldo Rodrigues, de 53 anos, estava dentro do próprio escritório quando foi surpreendido por bandidos. Os homens dispararam contra Francisco Erivaldo, que morreu na hora.

No dia do crime, Ordem dos Advogados do Brasil lamentou a violência contra o profissional.

A Delegacia Metropolitana de Caucaia informou que abriu um procedimento para investigar o assassinato. A polícia, contudo, não deu detalhes sobre a motivação crime.

 

Fonte: G1-CE


Página 1 de 429

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg