Redação do Portal

Redação do Portal

O Comitê de Árbitros da Fifa selecionou 12 árbitros, 26 assistentes e dez árbitros de vídeo para a fase final da Copa do Mundo de 2018. Entre eles está o brasileiro Sandro Meira Ricci.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

Ele foi mantido da lista das quartas de final, que continha 17 nomes, para a das semis, que excluiu cinco profissionais.

A última partida de Ricci neste Mundial foi o jogo da classificação da Croácia para as semifinais, após vitória nos pênaltis diante da Rússia.

Ele também atuou em mais dois jogos na Rússia: Dinamarca 0 x 0 França e Croácia 2 x 0 Nigéria, ambos pela fase de grupos.

Nos três jogos, suas atuações foram boas e sem críticas ou decisões polêmicas.

Com a seleção brasileira eliminada da Copa, o árbitro mineiro poderá apitar a semifinal entre Croácia e Inglaterra, a disputa pelo 3º lugar ou a final da competição. Isto porque somente um jogo dos quatro restantes do torneio já tem sua arbitragem definida. O uruguaio Andres Cunha, também da Conmebol — mesma confederação de Ricci — apitará França x Bélgica, válido pelas semifinais.

Confira a lista dos árbitros para a fase final da Copa:

AFC (Ásia): Alireza Faghani (Irã).

CAF (África): Malang Diedhiou (Senegal).

Concacaf (Américas do Norte e Central): Mark Geiger (EUA) e Cesar Arturo Ramos (México).

Conmebol (América do Sul): Andrés Cunha (Uruguai), Néstor Pitana (Argentina) e Sandro Meira Ricci (Brasil).

OFC (Oceania): Matthew Conger (Nova Zelândia).

Uefa (Europa): Cuneyt Cakir (Turquia), Bjorn Kuipers (Holanda), Milorad Mazic (Sérvia) e Gianluca Rocchi (Itália).

 

Fonte: R7


O desembargador federal João Pedro Gebran Neto, do  TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4.ª Região), relator da Operação Lava Jato na Corte, ratificou às 14h42min desta segunda-feira (9) a revogação das decisões deferidas em plantão pelo desembargador federal Rogerio Favreto no domingo (8).

Procuradores levam desembargador que mandou soltar Lula ao CNJ

Durante o último final de semana, Favreto havia concedido habeas corpus e determinado a suspensão da execução provisória da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - condenado a 12 anos e um mês de reclusão por corrupção e lavagem de dinheiro no processo do triplex do Guarujá.

Juristas divergem sobre pedidos contra Favreto no CNJ

Segundo o relator, o plantão judiciário não se destina à reiteração de pedido já apreciado no órgão judicial de origem ou em plantão anterior, nem à sua reconsideração ou reexame. “Não há amplo e ilimitado terreno de deliberação para o juiz ou para o desembargador plantonista”, assinalou Gebran, citando as Resoluções nºs 71, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e 127, do TRF-4, que estabelecem tais diretrizes.

Favreto diz que não contrariou outras decisões do TRF4

Quanto à alegação dos deputados do PT que subscreveram o pedido de habeas de Lula - segundo os quais, antes de que existiria fato novo consistente no direito do ex-presidente Lula de exercer sua pré-candidatura, podendo ser livremente entrevistado -, o desembargador ressaltou que não há tal fato, já tendo sido a questão debatida pela 8ª Turma.

“Foi especificamente tratado pelo colegiado o tema sobre o eventual direito de ir e vir do reeducando, de modo que sequer caberia a este relator, juiz natural do caso, decidir monocraticamente a respeito da suspensão do julgado ao alvedrio do que já foi assentado pela 8ª Turma deste tribunal”, afirmou Gebran.

O desembargador reforçou que o calendário eleitoral sequer foi iniciado e a condição de pré-candidato somente autoriza a abertura de conta para arrecadação de recursos ou prática de atos intrapartidários, sem que isso qualifique qualquer cidadão para a realização de campanha ou lhe atribua outro signo jurídico diferenciado. “A qualidade que se autoatribui o ex-presidente não tem nenhuma propriedade intrínseca que lhe garanta qualquer tratamento jurídico diferenciado, ou que lhe assegure liberdade de locomoção incondicional”.

“O deferimento de liminar em sede de habeas corpus representa afronta não somente à decisão colegiada da 8ª Turma, mas igualmente às deliberações de outros dois colegiados superiores” acrescentou Gebran, lembrando que tanto o STJ (Superior Tribunal de Justiça) quanto o STF ( Supremo Tribunal Federal) já se manifestaram a respeito do caso denegando a ordem.

“Não há argumento razoável que exclua da apreciação ordinária do relator o exame da questão, quando inexiste qualquer urgência ou fato novo a justificar a intervenção excepcional”, concluiu o relator.

 

Fonte: R7


Três mulheres morreram, incluindo mãe e filha, em um acidente envolvendo cinco veículos na manhã deste domingo (8) na Grande Fortaleza. Uma quarta pessoa ficou ferida. Uma mulher morreu no local e outras duas chegaram a ser levadas no hospital Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza, mas não resistiram e faleceram enquanto recebiam atendimento.

O acidente ocorreu no quilômetro 17 da CE-085, em Caucaia, na comunidade Garrote; o caso envolveu quatro carros e uma motocicleta. A Polícia Rodoviária Estadual ainda não sabe esclarecer o que ocasionou a colisão. O veículo onde estavam as mulheres tombou e deixou a pista, o que dificultou o atendimento.

Familiares lamentam

Entre as vítimas estão Gleyce Rodrigues e Quezia Ketllen, mãe e filha, que morreram após serem levadas ao hospital. Elas viviam em Tianguá, no interior do Ceará. Nas redes sociais, parentes lamentaram as perdas.

"Minha família está de luto por esta tragédia que atingiu a todos nós. Minha sobrinha e sua mãe se foi e nossos corações estão transbordando de tristeza. Era uma menina linda, inteligente e tão jovem", relatou Márcio Souza, tio da criança morta no acidente.

"Hoje o céu ganhou dois anjos, mas nós perdemos uma alma doce. Espero que você possa ver a tristeza que nos atinge agora, sobrinha, para que saiba quanto é amada", completou.

Não foi informado o estado de saúde da pessoa que se feriu e sobreviveu ao acidente.

 

Fonte: G1-CE


A seleção brasileira desembarcou na manhã deste domingo (8), no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, após ser eliminada nas quartas de final da Copa da Rússia.

Além da comissão técnica, desembarcaram Neymar, Casemiro, Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, Douglas Costa, Geromel e Taison. Eles vieram em um voo de São Petersburgo, com escala em Madri. Já os outros jogadores deixaram Kazan por conta própria.

O técnico Tite foi bastante assediado e até aplaudido por alguns torcedores. Ele agradeceu pelo carinho.

O volante Casemiro conversou com o Lance! e amenizou a eliminação.

— Claro que, quando não vence... Não se pode vencer sempre, mas o balanço é positivo. Há dois anos, o Brasil corria o sério risco de não se classificar e, agora, chegou como favorita. Não é o fim de uma Era. Tem de valorizar. Quando não vence, fica aquele sentimento de que poderia ter vencido, mas o balanço é positivo.

Ele ainda complementou.

— Na derrota ou na vitória, tem de avaliar os dois lados. Ainda mais perdendo. Sempre gosto de falar as coisas positivas. Chegamos muito bem na competição, mas sabemos que Mundial é assim, no detalhe.

 

Fonte: R7


A Unajuf (União Nacional dos Juízes Federais) divulgou nota para manifestar “seu mais profundo repúdio diante da decisão proferida em plantão judiciário, no âmbito do Tribunal Regional Federal da 4ª Região”, que determinou a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo a nota, a decisão “não é juridicamente válida e tampouco merece qualquer crédito pelo seu caráter ilegal e manifestamente contrário aos princípios que regem decisões tomadas em sede de plantão judiciário, violando a sistemática de funcionamento prevista pelo Conselho Nacional de Justiça”.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que determinou a execução provisória da pena de 12 anos de prisão na ação penal do triplex do Guarujá (SP), após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça.

Na manhã deste domingo (8), o desembargador federal Rogério Favreto, do TRF-4, concedeu habeas corpus ao ex-presidente. Em seguida, o juiz Sérgio Moro afirmou, em despacho, que o desembargador não tem poderes para autorizar a libertação. O Ministério Público Federal (MPF) também se posicionou de forma contrária à soltura.

O desembargador Rogério Fraveto reiterou a decisão de mandar soltar imediatamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para a Ajufe, a decisão de Favreto demonstra “que é necessária uma profunda reformulação do Poder Judiciário em razão do aparelhamento político que este órgão sofreu nos últimos 15 anos, colocando a nu situações esdrúxulas de indicações políticas”.

“Por fim, deixamos nosso mais veemente repúdio pela afronta aos ditames da legalidade e, sobretudo, de honestidade que se espera de decisões judiciais”, finaliza a nota da Ajufe.

 

Fonte: R7


Contratado em agosto de 2016 para comandar a seleção belga, Roberto Martínez montou um plano de imersão no futebol do país para absorver rapidamente as peculiaridades, classificar a equipe para a Copa do Mundo e cumprir a exigência de chegar à semifinal, uma fase além das quartas de final atingidas em 2014.

O espanhol escolheu como base física desse “intensivão” a cidade de Waterloo, sede da batalha histórica de 1815 que pôs fim à obsessão de Napoleão Bonaparte, mais célebre general francês de todos os tempos, de dominar a Europa.

França e Bélgica vão duelar nesta terça-feira pelo sonho de dominar o mundo. Do futebol. A semifinal, em São Petersburgo, é o penúltimo passo dessa batalha. Badalado por eliminar o Brasil com uma estratégia ousada de trocar seus atacantes de posição, Martínez entendeu o que precisava fazer graças à residência no local de uma derrota histórica dos franceses.

A opção de morar em Waterloo, próxima à capital Bruxelas, não tem a ver com Napoleão, e sim com Tubize. A 15 quilômetros de sua casa fica a sede esportiva da federação.

É lá que a seleção principal se concentra e as categorias de base treinam com maior frequência. Em sua sala, o técnico observou cerca de 55 jogadores, num processo de filtragem similar ao que Tite fez no Brasil.

– Aqui eu posso usar agasalho – disse Martínez em entrevista ao “El País”, justificando o porquê de estar distante da sede administrativa, em Bruxelas.

Martínez fez aulas diárias dos idiomas locais e elaborou a ideia de visitar todos os clubes profissionais da Bélgica para entender as mesclas culturais que refletem no futebol local, como a divisão entre flamengos e a região de Valônia, que despertou recentes desejos separatistas.

Vira e mexe, a Copa do Mundo mistura futebol e política, esporte e história. A escolha de uma base, a estratégia de ataque, tudo isso levou Martínez à plenitude com o brilhante triunfo sobre um Brasil cheio de elogios da mídia internacional.

Termos que podem ser encontrados também em livros sobre a Batalha de Waterloo, onde hoje é a vizinhança do treinador.

Embora o episódio, um dos mais importantes da humanidade, tenha ficado conhecido assim, historiadores garantem que Napoleão jamais pisou na cidade. Waterloo teria sido o local onde o Duque de Wellington, líder da força britânica que venceu Napoleão, elaborou seu relatório de batalha. A maior parte do combate que teve 48 mil mortos acontecera em Braine-l'Alleud et Plancenoit, quilômetros ao sul.

Vencido, entregue, derrotado, Napoleão foi enviado à ilha de Santa Helena, onde morreria seis anos depois. A notícia da vitória dos Aliados – belgas entre eles – só chegou a Londres três dias depois. Outros tempos.

Seja qual for o vencedor da batalha da bola, o finalista de uma Copa do Mundo de estratégias, triunfantes e placares inesperados, a notícia estará no ar em tempo real, tão logo soe o apito final do árbitro, inclusive aqui, no GloboEsporte.com.

 

Fonte: globoesporte


O WhatsApp para iOS agora conta com uma ferramenta que informa seus contatos sobre a troca de número. Batizada de “Mudar número”, ela permite que o usuário altere o contato associado à sua conta no mesmo aparelho, sendo bastante útil na hora de pedir para que seus amigos façam a atualização do seu contato na agenda do telefone.

Após a troca de número, as informações da conta serão migradas automaticamente — incluindo dados do seu perfil, grupos e configurações do WhatsApp — do seu telefone antigo para o seu telefone novo. Além disso, seus contatos não poderão mais ver o número de telefone antigo como um contato do aplicativo, já que ele será desassociado do WhatsApp.

Apesar disso, mesmo com o recurso de mudança de número, se você continuar usando o mesmo aparelho, seu histórico de conversas seguirá disponível com o novo número de contato.

Atenção: Antes de mais nada, verifique se seu novo número pode receber SMS ou ligações e se possui uma conexão de internet ativa.

Passo 1: Toque em “Conta” e, em seguida, “Mudar número”.

 

Passo 2: Agora, toque em "Seguinte", que aparece no canto superior direito da tela, e depois adicione seu número de telefone atual e o seu novo contato.

 

Passo 3. Em seguida, ative a opção “Notificar Contatos". Aqui você pode escolher se prefere notificar todos, apenas as pessoas com quem você conversou ou, ainda, pessoas específicas da sua lista de contatos. Selecione a opção desejada e pressione “OK”.

 

Passo 4. Para finalizar, confirme seu novo número e toque na opção “Sim”. Você receberá, via SMS, um código de verificação para concluir a alteração de contato. Pronto! Agora seu número foi alterado, e seus contatos vão ficar sabendo em primeira mão.

 

Fonte: TecMundo


Como você já viu aqui noESTRELANDOAlcione tinha sido internada em São Paulo por conta de uma alteração em seu exame de rotina, tendo até que passar por um cateterismo. Porém, a cantora já recebeu alta e até deixou uma mensagem aos seus fãs, que foi publicada no último sábado, dia 7:

- Olha eu aqui de volta pra casa e feliz da vida! O que eu tive foi que, em um exame de rotina, deu uma alteração no meu eletrocardiograma e Dr. Roberto Kalil Filho me convocou para vir logo para São Paulo e, claro, eu vim e fiz os procedimentos que tinha que fazer e agora eu estou bem! Daqui mais uma semana estou de volta à vida de trabalho e é o seguinte: estou na área e, se me derrubar, é pênalti!

 

 

Então, Alcione aproveitou a ocasião para agradecer o carinho que recebeu nesse período:

- Queria agradecer a todos vocês, a todos os meus amigos, meus familiares, a toda classe artística, a todo esse povo desse Brasil que orou por mim. Muito obrigada! A oração tem uma força muito grande nesta vida que só Deus sabe e vocês também! Obrigada, gente!

 

Fonte: msn


Quando se trata de lançamentos de produtos, a Apple pode ter seus segredos, mas também é bem previsível. Anúncios de novos softwares acontecem entre março e junho, durante a WWDC (como aconteceu neste ano), e o hardware chega entre setembro e dezembro.

Um novo rumor, que surgiu a partir de documentações enviadas à Comissão Econômica da Eurásia (EEC, na sigla em inglês), fez surgir algumas especulações a respeito de lançamentos nos próximos meses, mais especificamente até agosto. Mas não crie muitas expectativas.

O pessoal do 9to5Mac apontou, nesta quinta-feira (5), que a Apple enviou ao corpo executivo da Comissão Econômica da Eurásia uma papelada sobre cinco novos modelos de iPad e cinco novas configurações de Macs.

Geralmente, a Apple envia esses registros um mês antes do lançamento oficial, para passar por todos os trâmites regulatórios. Isso sugere que a empresa poderia mudar o seu cronograma padrão de lançamentos.

Não é o esquema tradicional da Apple, a não ser para pequenas atualizações de produtos. A companhia não realiza nenhum grande evento no meio do ano para lançamentos, e a última vez foi em agosto de 2006, com uma WWDC.

A companhia já colocou no mercado atualizações para o Mac Pro, MacBook Air e MacBook Pro entre julho e agosto, mas isso já faz alguns anos.

E é mais provável que tenhamos uma pequena atualização agora, se levarmos em consideração os detalhes da papelada. Os documentos sugerem que os iPads irão rodar iOS 11 e que os Macs estariam com o macOS 10.13 – ambas versões mais atuais de seus respectivos sistemas operacionais.

Como observa o 9to5Mac, geralmente a Apple atualiza o seu hardware e já coloca o mais novo software disponível. O iOS 12 deve ser lançado ao público entre setembro e dezembro, assim como o macOS Mojave (versão 10.14). Então, seria estranho a Apple lançar produtos agora, enquanto esses sistemas ainda não estão finalizados.

Porém, às vezes, a Apple é esquisita. E certamente há uma expectativa de que a linha de Macs e a de iPads sejam atualizadas antes do final do ano.

Lendo os números dos modelos – A1931, A1932, A1988, A1989 e A1990 para os Macs; A1876, A2013, A1934, A1979 e A2014 para os iPads –, temos mais uma dica do que pode estar acontecendo.

9to5Mac aponta que os modelos A1988, A1989 e A1990 poderiam ser novos SKUs (Unidade de Manutenção de Estoque) do MacBook Pro. Alguns benchmarks do Geekbench, divulgados no início do ano, reforçaram a possibilidade de um novo MacBook Pro com algumas melhorias no desempenho, e essa mudança deve-se ao fato de a Apple não atualizar a linha há um ano.

Quanto aos iPads, bem, é difícil dizer exatamente o que significam os números dos modelos. A Apple lançou no início deste ano seu iPad “barato”, custando US$ 330 e com suporte para o Apple Pencil. A linha Pro do iPad não é atualizada desde o ano passado, e alguns rumores sugerem a possibilidade de a Apple colocar a tecnologia Face ID no tablet. No mais, não parecem haver novidades o suficiente.

De qualquer forma, o momento da apresentação dos documentos – e alguns dos detalhes – parece estranho.

É comum a Apple entregar essa documentação à Comissão Econômica da Eurásia, e isso aconteceu quando eles lançaram o iPhone 7, Apple Watch Series 2, Apple Watch Series 1 e AirPods – sempre algumas semanas antes, a papelada estava no banco de dados da EEC. O mesmo aconteceu com o anúncio do novo Magic Keyboard e dos novos MacBooks e iPads, por exemplo.

Mas esse histórico consistente de lançamentos no EEC chegou ao fim no início deste ano. Na ocasião, a companhia registrou 11 novos números de modelos do iPhone no banco de dados, e nenhum deles foi ao mercado ainda.

Pode ser que a Apple tenha mudado a maneira como lida com essa documentação, tentando evitar furos jornalísticos. Mas nunca se sabe.

Fonte: msn


Demonstrando não ter esperanças de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja solto imediatamente, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou neste domingo, 8, que a situação judicial do petista chegou a um "momento muito difícil".

Em um ato com aproximadamente 500 pessoas em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, a dirigente petista disse que, se depender do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF), Lula ficará preso. Gleisi declarou que o Supremo Tribunal Federal (STF) pode "restabelecer" a justiça para Lula, mas ponderou que sua esperança está "no povo brasileiro".

"Chegamos em momento muito difícil para a situação judicial do presidente Lula. Já temos denunciado essa situação que é ilegal inconstitucional, que é ofensiva aos direitos humanos do presidente. Agora nós vemos que realmente está uma situação insustentável", disse Gleisi, em coletiva de imprensa após se reunir por duas horas com aliados na sede do sindicato.

Antes das falas de Gleisi, o presidente do tribunal em Porto Alegre, Thompson Flores, endossou decisão suspendendo um habeas corpus que havia sido dado pelo plantonista da Corte, desembargador Rogério Favreto, em favor do ex-presidente Lula. Com a decisão de Thompson Flores, o petista fica na cadeia.

A presidente do PT classificou a decisão do presidente do TRF-4 como "absurda" e "vergonhosa". Segundo ela, nenhum desembargador poderia se manifestar após a decisão do plantonista, pois não havia nenhum recurso questionando a primeira manifestação pela liberdade de Lula.

Além disso, Gleisi atacou a Polícia Federal afirmando que o órgão ficou "enrolando" e agindo "em marola" ao não liberar o petista da cadeia enquanto aguardava uma decisão administrativa. Ela disse que o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, tem "muito o que explicar" sobre a não soltura de Lula. A PF é subordinada à Pasta comandada por Jungmann no governo federal.

O PT convocou os militantes para uma manifestação, em São Paulo, amanhã a partir das 11 horas. "Lula vai ganhar a eleição mesmo que esteja preso", disse Gleisi, no discurso para os militantes. Ao deixar o local, a presidente do PT foi abordada por um apoiador que perguntou se Lula será realmente candidato à Presidência. "Mesmo preso, ele será candidato", declarou a petista. A estratégia do PT é registrar Lula como candidato no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dia 15 de agosto, data limite para inscrição de chapas na eleição.

Críticas. A presidente do PT, em coletiva à imprensa, rebateu críticas de que o desembargador que ordenou a soltura de Lula, Rogério Favreto, por ter sido filiado ao PT, não poderia se manifestar pela liberdade do petista. "Vocês colocam o Moro também nessa situação?", disse aos jornalistas, afirmando que o juiz da Lava Jato no Paraná, que condenou Lula na primeira instância, participou de eventos com políticos do PSDB.

Gleisi afirmou que Favreto teve filiação ao PT, mas que "nunca mais andou com ninguém do mundo político". No discurso aos militantes, ela classificou a decisão pelo habeas corpus como "maravilhosa".

 

Fonte: msn


Página 7 de 427

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • bosco.jpg
  • master.jpg
  • 13.jpg
  • 15.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • marcio.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg
  • real2.jpg