Continua internado no Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, o escrivão Celso Henrique Teixeira Martins de 27 anos atingido por um tiro acidentalmente. Segundo informações da família, ele deve deixar a unidade de tratamento intensivo (UTI) do hospital nesta segunda-feira (12).

Ainda de acordo com familiares, o escrivão passou por uma cirurgia na noite de sábado (10) depois de ser ferido à bala que saiu da própria arma e atingiu a veia femural, na coxa. Ainda não se sabe como a arma disparou. O policial foi socorrido por um carro da polícia com hemorragia intensa.

Segundo a Secretaria de Segurança, isso aconteceu num estacionamento, em frente a um shopping, na Avenida Bezerra de Menezes, no Bairro São Gerardo.

Fonte: G1 CE


O secretário da Educação, Idilvan Alencar, apresentou os resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece), relativos ao ano de 2015. Foram avaliadas crianças do 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental das escolas públicas. Os dados serão utilizados no trabalho desenvolvido pela Secretaria da Educação (Seduc), na definição das políticas educacionais no âmbito do Estado, doestinadas à colaboração com os municípios para a melhoria da qualidade do ensino.


A CREDE 20 teve  18 escolas premiadas na categoria  2° ano assim distribuídas:
Abaiara 1
Brejo Santo 3
Jati 1
Pena Forte 1
Porteiras 2
 
Já na categoria 5° ano foram:
Abaiara 2
Brejo Santo 5
Pena Forte 1
Porteiras 2
 
As escolas contemplarás de Brejo Santo foram 
2° ano - Jonas Alves, Nobilino Alves e Maria Leite.
 
5° ano - Cassiano Inacio, Clotildes Moreira, Padre Pedro, Francisco Leite e Historiador.

A entrega da premiação acontecerá no próximo dia 16, no Centro de Eventos do Ceará, com a presença do governador Camilo Santana e de representantes de todas as escolas vencedoras. 
 
A premiação é destinada a até 150 unidades escolares públicas que obtiveram os melhores resultados de alfabetização, tendo por base o Índice de Desempenho Escolar – Alfabetização (IDE-Alfa); e até 150 unidades escolares públicas de 5º ano, a partir do Índice de Desempenho Escolar - (IDE 5).

Fonte: SEDUC

O presidente Michel Temer (PMDB) pediu R$ 10 milhões ao empreiteiro Marcelo Odebrecht em 2014, segundo o site BuzzFeed e a Revista Veja. A informação estaria na delação do executivo Cláudio Melo Filho, ex-vice-presidente de Relações Institucionais da Odebrecht, um dos 77 delatores da empreiteira na Operação Lava Jato.

O jornal "O Estado de S. Paulo" confirmou que Temer teve dois encontros com Odebrecht. Uma das reuniões foi um jantar entre o então vice-presidente, Marcelo Odebrecht e o hoje ministro chefe da Casa Civil Eliseu Padilha no Palácio do Jaburu. Em outro encontro, em São Paulo, Temer estaria acompanhado de seu colega de partido Henrique Alves. Ambos, segundo a delação, pediram dinheiro a executivos da empreiteira, em troca de uma obra.

A revista informou nesta sexta-feira, 9, que teve acesso à íntegra dos anexos da delação de Melo Filho, que trabalhou por doze anos como diretor de Relações Institucionais da Odebrecht.

Em 82 páginas, o executivo contou como a maior empreiteira do País comprou, com propinas milionárias, integrantes da cúpula dos poderes Executivo e Legislativo.

Segundo o delator, os R$ 10 milhões foram pagos em dinheiro vivo ao braço direito do presidente, o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. O dinheiro também teria sido repassado ao assessor especial do peemedebista, José Yunes, seu amigo há 50 anos.

Segundo a revista, deputados, senadores, ministros, ex-ministros e assessores da ex-presidente Dilma Rousseff também receberam propina. A distribuição de dinheiro ilícito teria alcançado integrantes de quase todos os partidos.

O delator apresentou e-mail, planilhas e extratos telefônicos para provar suas afirmações. Uma das mensagens mostra Marcelo Odebrecht, o dono da empresa, combinando o pagamentos a políticos importantes, identificados por valores e apelidos como "Justiça", "Boca Mole", "Caju", "Índio", "Caranguejo" e "Botafogo".

O povo


Um homem de 19 anos foi assassinado na tarde de segunda-feira (5) na frente de uma escola no Bairro Granja Portugal, em Fortaleza. No momento do crime, crianças estavam indo ao colégio e saíram correndo assustadas.

A morte foi registrada por câmeras de segurança instaladas na rua. Nas imagens é possível ver quando três homens encapuzados descem de um carro de cor preta.

Os criminosos abordam o jovem e o colocam de frente para a parede. Após revistarem a vítima, os homens atiraram diversas vezes contra o homem, sem dar chance de defesa. Mesmo já caído, um dos homens armados retorna e atira novamente.

Mães e crianças que passavam pela rua no momento do tiroteio saem correndo. Logo após o crime, os homens entram no veículo e fogem.

 

Investigação


Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a vítima foi identificada como Aelton Sousa do Nascimento, de 19 anos, que não possuía antecedentes criminais. A pasta informou que a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando a execução. 

"As imagens de câmeras de segurança, que flagraram o crime, estão sendo analisadas no intuito de identificar os autores. Mais detalhes não poderão ser repassados para não atrapalhar o andamento dos trabalhos policiais", disse, em nota, a SSPDS.

 

 

Fonte: G1-CE


Um homem de 22 anos foi preso no último domingo, 4, por estupro contra a irmã grávida, que sofreu um aborto, e contra a sobrinha de oito anos, em Sobral. A mãe da criança e irmã do suspeito contou sobre os abusos ao companheiro, que fez a denúncia.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou que a vítima tentou repreender o agressor durante as investidas, mas foi estuprada na presença da filha. A criança também foi alvo dos abusos e narrou os detalhes do estupro contra ela e contra a mãe à Polícia.

O homem foi morar na casa da irmã depois de sofrer um acidente, há cerca de três meses, ainda conforme a investigação. Ele teve uma discussão com o companheiro da mulher, e os dois chegaram a entrar em luta corporal.

Após a briga, a mulher contou ao companheiro sobre os abusos e explicou que não havia denunciado porque o irmão a ameaçava de morte.

De acordo com a Polícia, a mulher estava grávida de aproximadamente quatro meses, mas abortou devido às lesões sofridas durante os abusos sexuais.

O criminoso foi levado à Delegacia Regional de Sobral, onde foi autuado em flagrante por estupro, estupro de vulnerável, lesão corporal, ameaça e também por provocar aborto.

O caso foi transferido para a Delegacia de Defesa da Mulher de Sobral, que dará continuidade as investigações, ainda conforme a SSPDS.

SERVIÇO
As denúncias de estupro e outros crimes podem ser feitas pelo disque-denúncia 181.

 

 

Fonte: Okariri


Familiares e amigos dos PMs já realizaram vários protestos contra a prisão deles

O Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) emitiu nesta terça-feira (6) mais um parecer contrário ao pedido de liberdade para os 44 policiais militares presos sob a suspeita de envolvimento na chacina de Messejana. Os 44 servidores da Segurança Pública viraram réus em um processo e estão cumprindo prisão preventiva desde o fim de agosto, portanto, há cerca de quatro meses, quando foram denunciados perante a Justiça por uma força-tarefa do MP.

Diante da recusa do Judiciário em conceder o habeas Corpus aos militares, movimentos em defesa dos PMs estão se mobilizando nas redes sociais para que um abaixo-assinado eletrônico seja encaminhado às autoridades pela soltura dos servidores.

O novo parecer contrário à libertação dos PMs ressalta que a prisão preventiva tem como objetivo a garantia da ordem pública e da aplicação da lei. Os promotores estão convencidos da partição dos acusados na morte de 11 pessoas e tentativa de homicídio contra outras seis, fato ocorrido na madrugada do dia 12 de novembro do ano passado nos bairros Curió, Lagoa Redonda e Conjunto São Miguel, na Grande Messejana. Foi a maior chacina já ocorrida na história de Fortaleza.

Juízes e promotores

No dia 25 de agosto, os juízes de Direito, Eli Gonçalves Júnior, Luiz Bessa Neto e Adriana da Cruz Dantas decretaram a prisão preventiva dos 44 policiais militares, atendendo ao pedido do Ministério Público Estadual representado pelos promotores de Justiça, Marcus Renan Palácio dos Santos, Joseana França Pinto, Marcos William Leite de Oliveira, Eloílson Augusto da Silva Landim, Felipe Diogo de Siqueira Frota, Manoel Epaminondas Vasconcelos Costa, Francisco Rinaldo de Sousa Janja, Alice Iracema Melo Aragão, Humberto Ibiapina Lima Maia, André Clark Nunes Cavalcante, Márcia Lopes Pereira e Franke José Soares Rosa.

Ao final da denúncia contra os militares, os 12 promotores que assinaram o pedido de prisão preventiva assinalaram que, ao cometerem a chacina, os militares, “aproveitaram-se da neurose coletiva, vestiram-se de verdadeiros deuses, senhores da vida e da morte, desafiaram o Estado, aviltaram nossa condição de humanos, alimentaram e impulsionaram as vergonhosas estatísticas (da criminalidade no Ceará), que tanto nos discriminam frente às comunidades estadual, nacional e internacional”.

A defesa dos militares alega que o Ministério Público emitiu uma denúncia “generalizada”, sem individualizar a conduta de cada um dos denunciados, além de ter pedido a prisão de pessoas inocentes e que estavam  apareceram nos locais de crimes  por terem recebido ordem para isto, já que estavam de serviço. Alegam também fragilidade nas provas apresentadas pelo MP, como simples imagens dos carros dos PMs, fotografados por câmeras do sistema de fiscalização do trânsito.

 

Fonte: CearáNews7


PF faz busca e apreensão na sede da Prefeitura de Pacajus

Quarta, 07 Dezembro 2016 00:00 Written by

A Polícia Federal amanheceu o dia desta quarta-feira com uma operação de busca e apreensão de documentos contábeis, equipamentos de informática, ordens de pagamento e papéis que podem representar provas nas investigações de denúncias de má aplicação dos recursos da prefeitura de Pacajus. Hoje, o município é administrado pelo prefeito Marcos Paixão (PT), que disputou e não conseguiu se reeleger. Segundo informações apuradas por este site, apontam que investigações também são feitas na cidade de Ocara.

A ordem da ação de busca e apreensão, pedida pelo Ministério Público Federal, é assinada pelo juiz da 27ª Vara da Justiça Federal, Marcelo Sampaio Pimentel Rocha, e cita como réu nas investigações a empresa Queiroz Arruda Construções e Locações e agentes públicos. O magistrado determinou, ainda, que a operação da Polícia Federal fosse acompanhada por agentes da Controladoria Geral da União.

A Operação da Polícia Federal investiga as denúncias de irregularidades com recursos da União. Os policiais chegaram cedo à sede da Prefeitura de Pacajus, localizada na rua Guarany, 600, e a outros endereços no Município para o cumprimento da ordem judicial. Até o momento, não houve declaração, nem vazamento de informações sobre a ação da Polícia Federal.

 

Fonte: CearáAgora


Temer anúncia proposta de mudança da Previdência

Terça, 06 Dezembro 2016 00:00 Written by

O presidente Michel Temer destacou nesta segunda-feira, 5, que as regras de transição da Reforma da Previdência serão importantes para que diferentes grupos etários e pessoas que já têm um maior histórico de contribuição previdenciária possam ter uma “passagem mais tranquila” para o próximo modelo.

“Quem tiver mais 50 de anos terá uma regra de transição para uma aposentadoria mais suave”, afirmou, em reunião com líderes da base aliada no Congresso.

Temer lembrou que o Parlamento já aprovou diversas pequenas reformas previdenciárias, mas comentou a importância de se realizar uma reforma definitiva agora. “Ou enfrentamos o problema de frente ou vamos condenar as pessoas a baterem nas portas da Previdência para nada receberem. A reforma é imprescindível para a manutenção do conjunto dos benefícios previdenciários. Reformar hoje a Previdência é a única garantia para o futuro”, enfatizou.

De acordo com ele, o governo levou em conta “as realidades existentes” para a confecção da proposta do Executivo, mas o presidente lembrou que a palavra final sobre o modelo de reforma será dada pelo Legislativo, a quem caberá debater a matéria.

“Todo o debate se dá no Parlamento e é lá que os diversos setores irão registrar os seus argumentos, mas peço a líderes que levem em conta essa realidade. Mais adiante, também, há razões técnicas que serão levadas ao Congresso pelos técnicos do governo. Quero chegar a um bom termo para a reforma da Previdência”, completou.

 

Fonte: CearáAgora


A Polícia Civil afirmou que identificou os cinco suspeitos de participarem de uma quadrilha que assassinou um turista italiano durante um assalto na Praia das Fontes, em Beberibe, litoral do Ceará. Uma mulher já havia sido presa por envolvimento no crime, e os outros cinco seguem foragidos.


Segundo a diretora da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Socorro Portela, o turista de 51 anos foi assassinado a facadas. A quadrilha invadiu a casa já sabendo que o estrangeiro estava no local.

"Eles já sabiam o que roubar. Houve luta corporal e um dos assaltantes esfaqueou o italiano de forma brutal. Ele morreu ao lado da cama", descreveu a investigadora.

 

O delegado Leonardo Barreto, que participa das investigações, afirmou que três homens, um adolescente e uma outra mulher que teriam participado do latrocínio foram identificados. Um deles já tinha passagem pela polícia por roubo.

A Polícia Civil segue à procura do bando. Conforme a DHPP, os objetos roubados pelos suspeitos foram apreendidos.

 

Fonte: G1- Ceará


O presidente Michel Temer (PMDB) reuniu nesta segunda-feira (5) líderes da base aliada na Câmara e no Senado para pedir apoio à sua proposta de Emenda Constitucional que muda as regras da Previdência e as formas como o brasileiro pode se aposentar.

Ele anunciou que haverá idade mínima para se aposentar, mas não revelou detalhes de quanto seria essa idade. Minutos depois, durante a reunião, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, revelou que a idade será de 65 anos, conforme já se especulava.

Todos os detalhes serão conhecidos nesta terça-feira (6), quando a proposta de reforma será levada ao Congresso pelo governo.

Em sua fala, Temer havia revelado apenas que haveria uma idade mínima, sem mencionar qual seria.

Depois, quando foi a vez de Padilha fazer sua apresentação, ele revelou a idade pretendida no projeto, que ainda precisa ser aprovado na Câmara e no Senado.

“Eu cito como curiosidade: o primeiro regime previdenciário brasileiro tinha idade mínina de 65 anos –que é a idade que está sendo proposta agora. Foi em 1934, ainda no primeiro período do governo Vargas. Em 1934, a idade mínima era 65 anos”, disse Padilha.

Direito adquirido não sofrerá, diz Temer
O presidente disse que o direito adquirido não será afetado.

“Nada muda para aqueles que já recebem os benefícios ou que já completaram seu período. Muitos estão pedindo certidão do tempo de serviço. Aqueles que já completaram as condições para o acesso não precisam se preocupar.”

Ele confirmou informações já divulgados de que as mudanças atingem quem tem menos de 50 anos. Para o que têm mais de 50 anos, haverá uma regra de transição mais suave, mas também não revelou detalhes.

Aposentadoria está em risco sem reforma, diz Temer
O presidente disse que, sem a reforma, pode não haver aposentadoria para todos.

“A reforma da Previdência é necessária, sob pena de colocar em risco o recebimento de aposentadorias e pensões desta geração e das próximas gerações. Há necessidade urgente de se realizarem os ajustes, para preservar a Previdência hoje e fazê-la valer amanhã, senão não teremos uma Previdência sustentável.”

Ele disse que o perfil da sociedade vem mudando rapidamente e, como as pessoas estão vivendo mais, não há dinheiro para manter as aposentadorias no futuro.

 

Fonte: Okariri


Página 68 de 77

Commentários

Share on Myspace

Compartilhar

COMPARTILHAR

Previsão do Tempo em Mauriti-CE

Agenda Cultural do Cariri

  • felix.jpg
  • juazeiro.jpg
  • 13.jpg
  • 25.jpg
  • 42.jpg
  • damiao2.jpg
  • lora.jpg
  • lovyle.jpg
  • moto2.jpg
  • net.jpg