Ex-mulher de Tom Veiga nega ter envenenado o ator: “me chamam de assassina”

A ex-mulher de Tom Veiga, intérprete do personagem Louro José, se defendeu das acusações de ter agredido e, posteriormente, envenenado o próprio marido. Ela negou e se emocionou em entrevista ao jornalista Roberto Cabrini, neste domingo (11), no programa Domingo Espetacular, da Record TV.

Cybelle Hermínio classificou como ‘mentirosa’ a versão que ela teria envenenado o marido. Ela contou, inclusive, que desde os surgimentos dos boatos, vem sofrendo com xingamentos. “Nesse momento eu tenho jornalistas que me chamam de monstro, e pessoas que me definem como assassinavagabundausurpadora“, desabafou. E ainda afirmou ser à favor da exumação do corpo do artista. “Sou a principal interessada”.

A ex-esposa de Tom Veiga negou também que tenha agredido o artista, mesmo com áudios e prints de conversas em que ele reclamava das supostas agressões sofridas. “Nada disso é verdade. Nunca houve violência, de ambas as partes. Uma pessoa que realmente é agredida tem interesse em perguntar como a outra está, ir até você? Eu diria que é contraditório”, disse. No episódio das supostas agressões, Tom afirma a um amigo, em conversa no WhatsApp, que Cybelle havia atirado uma garrafa de vinho contra ele. “Óbvio que não. Se isso realmente aconteceu, por que ele não fez um boletim de ocorrência, um exame de corpo de delito?”, questionou.

Fonte: cn7

Notícias Relacionadas