Mutirão vacina mais de 1.300 pessoas contra a covid-19 em Milagres

Ação só foi possível devido o avanço nas fases anteriores. Apenas Milagres e Brejo Santo, do Cariri Leste, foram autorizados a iniciar a vacinação das pessoas de 18 a 59 anos.

A campanha de imunização contra a Covid-19 teve um dia histórico neste domingo (6), em Milagres. Em novo mutirão realizado pela Secretaria de Saúde mais de 1.300 pessoas receberam a primeira dose do imunizante.

A ação só foi possível devido o avanço nas fases anteriores da campanha. Somente os municípios de Milagres e Brejo Santo, do Cariri Leste, foram autorizados pelo Governo do Estado a iniciar a vacinação das pessoas de 18 a 59 anos.

“Quando recebemos a informação de que seríamos contemplados com doses extras da vacina, imediatamente convocamos a equipe para realizar o mutirão”, disse o Secretário de Saúde, Gean Feitosa. Segundo ele, quanto mais milagrenses fizerem o cadastro na plataforma Saúde Digital do Governo do Estado, mais o município se habilita a receber uma remessa maior de vacinas.

No mutirão realizado neste domingo foi iniciada a vacinação das pessoas de 59 a 45 anos, bem como participaram integrantes de outros grupos prioritários como pessoas que possuem comorbidades ou deficiência permanente, bem como trabalhadores da educação.

“A nossa equipe tem se esforçado no sentido de avançar na imunização de nossa população. O fato de Milagres está sempre à frente deste processo se deve a entrega de nossos profissionais”, pontua o Vice-Prefeito, Anderson Eugênio.

Antes do mutirão deste domingo, o Governo Municipal já havia vacinado 25% da população com a primeira dose e cerca de 12,5% com a segunda dose, segundo dados repassados pelo Prefeito Cícero Figueiredo. “Quanto mais rápido a população esteja imunizada, mas a gente vai ter tranquilidade e vamos poder voltar à nossa vida normal, afastando a ameaça da Covid”, celebra o gestor.

“O sinônimo de tudo isso é a esperança de vacinarmos o quanto antes todo nossa população para que possamos ficar tranquilos e seguros quanto a saúde de todos”, celebrou a primeira dama, Sônia Moreira de Figueiredo.

Campanha de vacinação Solidária

O sucesso do mutirão de vacinação se estendeu também à Campanha Vacinação Solidária que consiste na doação espontânea de um 1kg de alimento não perecível pela pessoa vacinada que será transformado em cestas básicas e doadas à famílias carentes do município.

Na semana passada algumas famílias da região de Manoel Alves e Araras já foram beneficiadas e de acordo com a coordenadora da campanha, a primeira dama Sônia Moreira de Figueiredo, a meta agora é organizar os alimentos doados no mutirão para que no menor espaço de tempo possível, mais famílias possam receber as cestas.


Notícias Relacionadas