Ceará recebe novos lotes de vacinas da Pfizer e AstraZeneca

O Ceará recebeu, na noite desta terça-feira (20), dois novos lotes com 255.150 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 202.500 da AstraZeneca e 52.650 da Pfizer. A chegada das vacinas foi confirmada pelo governador Camilo Santana.

“Mais vacinas para o Ceará. Recebemos esta noite 255.150 doses, sendo 202.500 da AstraZeneca e 52.650 da Pfizer. As vacinas contra a Covid já estão na Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim), da Secretaria da Saúde, para distribuição aos nossos municípios. Até o momento já foram aplicadas 5.091.356 doses em todo o estado. Só com a vacinação em massa conseguiremos superar essa pandemia”, escreveu Camilo nas redes sociais.

O voo que trouxe os imunizantes pousou no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Na segunda-feira (19) também chegou a capital 135 mil doses de vacinas que serão distribuídas para todo o Estado.

Vacinação em Fortaleza

As vacinas contra a Covid já estão na Central de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim), da Secretaria da Saúde do Ceará. — Foto: Governo do Estado/ Divulgação

Pessoas nascidas entre os anos de 1990 e 1992 começam a ser agendadas para receber a vacina contra Covid-19 em Fortaleza. Para checar se o seu nome está na lista, basta acessar a página Vacine Já da Prefeitura de Fortaleza e fazer a busca por nome e CPF da pessoa cadastrada.

Confira as listas dos agendados:

A campanha de vacinação contra Covid-19 em Fortaleza retornou na segunda-feira, após um fim de semana com aplicações suspensas, devido à falta de vacina.

Cadastro de vacinação

Só são convocados para receber a vacina pessoas cadastradas no sistema estadual de agendamento. Veja como fazer o cadastro:

  • O primeiro passo é acessar o site do Cadastro Estadual de Vacinação Contra Covid-19, e clicar na opção “Ainda não tenho cadastro”.
  • Logo após, é necessário preencher as informações pessoais sobre o indivíduo a ser cadastrado: país de origem; CPF; nome completo; nome da mãe; data de nascimento, fone de contato, sexo, raça/cor e profissão (há a opção para quem não trabalha atualmente). Não é obrigatório informar o número do Cartão Nacional de Saúde.
  • No terceiro passo, o preenchimento de informações pessoais continua, porém, com foco no endereço do cadastrado.
  • É necessário informar um endereço de e-mail e criar uma senha de acesso para finalizar o cadastro. O e-mail e senha vão servir para acompanhar o processo de vacinação posteriormente.

O sistema enviará uma mensagem para o e-mail cadastrado, para que a verificação seja feita e o processo consolidado.

Com informações do G1 CE

Notícias Relacionadas