Homem apontado como chefe de grupo criminoso é preso em Fortaleza

Daniel Belmiro José Rodrigues (49), conhecido como “Negão”, foi preso por suspeita de chefiar uma organização criminosa com atuação no Ceará. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) investiga a atuação de Daniel em esquema de explosivos usados em crimes contra o patrimônio público e privado em 2019.

Daniel foi capturado no bairro Pirambu e conduzido a sede Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Ele foi autuado em flagrante por integrar um grupo criminoso e também será investigado por envolvimento em outros crimes.

Segundo as apurações da Draco, o suspeito ocupava posição de chefia em uma organização criminosa e era o responsável por autorizar homicídios e por estimular a disputa por territórios inimigos no bairro Pirambu (Fortaleza) e no município de Caucaia.

Com ele foram apreendidos um carro, dois aparelhos celulares e quantia em dinheiro. O material foi encaminhado para a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

O suspeito, que estava recluso no presídio federal de segurança máxima, havia conquistado a liberdade em abril deste ano. Após a soltura, ele continuou a cometer crimes. Daniel tem passagens por associação criminosa, extorsão mediante sequestro, roubo, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e restrito.

Com informações do Jornal Jangadeiro

Notícias Relacionadas