Governo do Ceará renova valores e informações de 14 foragidos incluídos no Programa de Recompensa

As informações e os valores referentes aos 14 foragidos da Justiça cearense do Programa Estadual de Recompensa foram atualizados pelo Governo do Ceará. Todos os indivíduos são suspeitos de integrarem grupos criminosos atuantes no Estado, além de possuírem passagens por diversos crimes. As quantias, que serão destinadas ao pagamento de pessoas que forneçam informações que auxiliem nas capturas dos investigados, variam entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

Dois dos alvos incluídos no Programa Estadual de Recompensa são irmãos e considerados pelas autoridades policiais indivíduos de alta periculosidade. De acordo com as investigações, Evaldo Batista Ferreira (56), conhecido como “Evaldo Coragem”, e Marcos Batista Ferreira Mendes (39), conhecido como “Marquim Coragem”, são apontados como integrantes de um grupo criminoso atuante na cidade de Sobral, na região Norte do Ceará. Juntos, eles somam diversas passagens pela Polícia pelos crimes de homicídio doloso, latrocínio e roubo. A recompensa para quem repassar informações que auxiliem na localização da dupla é de R$ 8 mil para cada um.

Outro homem que também é procurado pelas autoridades policiais é Antônio Edinaldo Soares de Oliveira (36), conhecido como “Naldo”. Ele acumula 12 passagens pela Polícia cearense pelos crimes de homicídio doloso, sequestro e cárcere privado, extorsão, associação criminosa, roubo, posse e porte ilegal de arma de fogo, além de dano e posse de drogas. “Naldo” é fugitivo do Sistema Penitenciário desde o ano passado.

Já Gilberto de Oliveira Cazuza (30), conhecido como “Mingau”, com antecedentes por homicídio doloso, tráfico de drogas, associação para o tráfico, e posse ou porte ilegal de arma de fogo é procurado por integrar um grupo criminoso atuante no Vale do Jaguaribe. As autoridades policiais diligenciam ainda para localizar Francisco Edson Pereira (35), conhecido como “Dragão”. Ele também foi incluído na lista de recompensas. Francisco Edson é investigado por crimes de homicídio, tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo. Informações que levem à localização do trio é de R$ 7 mil para cada alvo capturado.

Outros seis nomes também tiveram suas informações atualizadas. São eles: Ismário Wanderson Fernandes da Silva (31), o “Bacurau”; Otávio Augusto Monteiro Jardim (23), o “Totó”; Sancley de Araújo Holanda (41), o “Sadam”; Rogério Araújo de Freita (27), o “Chocolate”; Carlos Mateus da Silva Alencar (25), o “Fiel” ou “Skidum”; Alexandre Ximenes de Carvalho (31), o “Pica-Pau ou Jacaré”. Os foragidos são investigados por integrarem grupos criminosos responsáveis por crimes ocorridos na Capital, nos municípios de Pindoretama  e Interior Norte do Ceará, além dos estados do Piauí e Maranhão.

Os suspeitos já possuem diversas passagens pela Polícias pelos crimes de homicídio doloso, tráfico de drogas, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e roubo. A recompensa para qualquer informação que auxilie na localização e na captura dos indivíduos varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

Informações do site Caririceará

Notícias Relacionadas