Mãe denuncia próprio filho pela morte de padrasto em Juazeiro do Norte; ‘quero que pague pelo crime que ele cometeu’

Cícera Barbosa diz que presenciou o crime e ainda gritou para que o marido fugisse, mas não houve tempo. O suspeito, de 24 anos, está foragido.

Uma mulher denuncia que o próprio filho Claudiano Barbosa da Silva, de 24 anos assassinou a facadas o padrasto,  Cicero Aldenir Amorim Macedo, que era apelidado por  “Demir”, de  45 anos. durante uma discussão na zona rural de Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, no último sábado (20). Segundo a mulher da vítima e mãe do suspeito, tudo aconteceu após o filho esfaquear um cachorro e o marido dela reclamar. Houve uma discussão entre os dois e  “Demir”, foi esfaqueado pelo enteado.

Cícera Barbosa afirma ter presenciado o momento e disse que ainda gritou pedindo para que o marido corresse, mas que não deu tempo. Ela conta que já chegou a ser agredida e ameaçada pelo filho, de 24 anos, e que o marido “nunca fez mal a ninguém”. Cícera pede que o filho se entregue à polícia.

“Eu quero que ele pague pelo crime que ele cometeu. Ele matou uma pessoa que nunca fez mal a ninguém. Nunca triscou nem em uma mosca. Eu era muito amada por ele, ele amava muito o filho dele, só o que eu quero é justiça. Eu quero que onde ele estiver, ele se entregue”, afirma.

Informações do site Caririceará

Notícias Relacionadas