Starlink quer testar internet por satélite em comunidade de São Paulo

A Starlink, braço de internet via satélite da SpaceX, do bilionário Elon Musk, protocolou na tarde de segunda-feira (22) um pedido para realizar uma demonstração de equipamentos em parceria com a ONG internacional Luta Pela Paz. O teste pretende conectar 40 alunos de um centro estudantil da comunidade de Savoyzinho, em São Paulo (SP), à rede “de baixa latência e alta velocidade”.

A Starlink quer realizar seu primeiro teste de conectividade no Brasil em uma comunidade de baixa renda. Em documento enviado à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a companhia de Elon Musk dá alguns detalhes sobre o teste para fornecer rede aos 40 estudantes do centro comunitário de Savoyzinho, no bairro Parque Savoy, zona leste de São Paulo.

A Starlink diz que, além de focar na conexão com os satélites da companhia, o teste será usado para observar o funcionamento de equipamentos de terminal, como a antena e o roteador Wi-Fi — que inclusive foi recentemente homologado pela Anatel.

A ONG Luta Pela Paz receberá uma caixa com uma antena e seu suporte, conectada por cabos a um roteador Wi-Fi e a uma fonte de energia.

A Starlink quer realizar seu primeiro teste de conectividade no Brasil em uma comunidade de baixa renda. Em documento enviado à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a companhia de Elon Musk dá alguns detalhes sobre o teste para fornecer rede aos 40 estudantes do centro comunitário de Savoyzinho, no bairro Parque Savoy, zona leste de São Paulo.

A Starlink diz que, além de focar na conexão com os satélites da companhia, o teste será usado para observar o funcionamento de equipamentos de terminal, como a antena e o roteador Wi-Fi — que inclusive foi recentemente homologado pela Anatel.

A ONG Luta Pela Paz receberá uma caixa com uma antena e seu suporte, conectada por cabos a um roteador Wi-Fi e a uma fonte de energia.

Informações do site Tecnoblog

Notícias Relacionadas