iPhone 13 Pro, MacBook Air e mais produtos agora entram no Brasil sem taxa

Brasileiros que chegam do exterior por avião ou barco podem agora se preocupar um pouco menos com a taxa de 50% em impostos cobrada pelas alfândegas brasileiras. Isso porque, desde sábado, a Receita Federal dobrou o limite para a isenção da tarifa, e produtos que custam até US$ 1 mil passam sem cobrança extra. Acontece que muitos gadgets lançados em 2021, e são topo de linha, estão abaixo desse faixa de preço, como o iPhone 13 Pro, o Galaxy Z Flip 3 e o MacBook Air.

Nova regra da Receita Federal já está valendo

A nova regra da Receita Federal está valendo desde o dia 1 de janeiro. O limite de preços para mercadorias trazidas de fora não aumentava há 26 anos. O órgão confirmou que a mudança se dá para compensar o efeito inflacionário que “ocorreu durante todo o mundo nas últimas décadas”.

Vale ressaltar que, mesmo com o aumento do limite, o que é considerado na hora da inspeção de agentes alfandegários da Receita Federal é o total da compra do viajante. Ou seja, é melhor pensar bastante antes de ultrapassar a marca dos US$ 1 mil.

Para cada compra nos EUA, estados do país podem ter taxas diferentes de imposto sobre o produto adquirido. Na Flórida, por exemplo, essa dedução pode chegar a 7%, enquanto em estados como Oregon não tem uma taxa que incide sobre produtos vendidos no varejo.

Itens de viagem de uso pessoal, como um celular usado pelo passageiro, não são considerados pela Receita Federal na hora de cobrar o imposto. Ao contrário do que muita gente pensa, contudo, produtos como notebooks não podem ser considerados de uso pessoal, e são taxados pelos agentes da alfândega.

9 produtos que agora entram sem taxa no Brasil

Com o aumento do limite, alguns produtos recém-lançados por diversas empresas, como Samsung e Apple, entram na lista de isenção. Outros gadgets lançados em 2021 também entram na lista.

iPhone 13 Pro — US$ 999

Review: iPhone 13 Pro (sim, abandonei o Max) – MacMagazine

A nova linha de smartphones da Apple promete maior desempenho devido ao chip A15Bionic, tem tela de 6,1 polegadas e vem com uma bateria que dura por mais tempo — o que deve resolver uma frequente reclamação de usuários de celulares da fabricante.

Preços no Brasil para a linha iPhone 13 são os mais caros do mundo, segundo um levantamento do Tecnoblog. Por isso, parece bastante atraente — e muita gente chega a essa conclusão — sair do país para comprar um novo smartphone da Apple.

O grande destaque do modelo Pro são as três câmeras de 12 megapixels, capazes de tirarem fotos no escuro, ou ainda de pequenos elementos como insetos e gotas d’água, em alta resolução. Outro diferencial é taxa de atualização de tela, que pode chegar a 120 Hz, graças à tecnologia ProMotion. Claro, o Modo Cinematográfico, destacado pela Apple, também é um fator atraente: ele permite mudança de foco rápida e facilita a gravação de vídeos feita pelo usuário.

MacBook Air com M1 — US$ 999

Apple MacBook Air 13 inch 2015-03 - Notebookcheck.info

Como a linha iPhone 13, um MacBook Air continua extremamente caro no Brasil. E, em parte, por uma razão de update: em 2020, a Apple fez com o gadget a transição dos chips da Intel para o Apple Silicon, com a instalação do chip M1 para melhorar o desempenho do notebook.

Contudo, apenas o modelo com M1 e 256 GB está abaixo de US$ 1 mil. Mas não é nada mal para um notebook para criadores de conteúdo, jornalistas, ilustradores, editores de vídeo e afins. O chip com M1 é capaz de alta performance ao executar softwares mais pesados, e a GPU com sete núcleos é capaz de entregar um processamento de imagem de alta qualidade.

Vale ressaltar que, em 2021, a Apple anunciou a nova linha de MacBook Pro, com os chips M1 Pro e M1 Max, que estão entre os mais potentes da indústria.

Filmadora Panasonic HC-WXF991K — US$ 797

Grandes fãs de filmagem agora podem aproveitar gadgets mais avançados graças ao aumento do limite de compras no exterior. Máquinas como a Panasonic HC-WXF991K, com display Ultra 4K e captura de vídeos em HD.

Assim que o usuário registra o vídeo, o aparelho já vem com alguns recursos básicos de edição, como ajuste de imagens, estabilização, zoom, aceleração e slow motion. Por fim, a Panasonic HC-WXF991K possui uma segunda câmera que grava o mesmo conteúdo de dois ângulos diferentes.

É uma filmadora perfeita para cineastas amadores ou amantes de vídeo. Mas o modelo que custa abaixo de US$ 1 mil nos Estados Unidos vem sem o viewfinder do aparelho.

Com informações do TecnoBlog

Notícias Relacionadas