Corinthians abre exceção para Ivan, mas mantém estratégia que deu certo em 2021 por Diego Costa

A diretoria do Corinthians quer repetir em 2022 a estratégia que deu certo no mercado de transferências no último ano: apostar em jogadores que estão livres no mercado.

Sem ter que pagar por direitos econômicos, o Timão pôde oferecer luvas e salários mais generosos e conseguiu contratar nomes de peso, como Renato Augusto, Willian, Róger Guedes e Paulinho. Agora, tenta fazer o mesmo com Diego Costa, que rescindiu contrato com o Atlético-MG.

No caso do centroavante, o Corinthians ainda terá o apoio da Taunsa, empresa do ramo do agronegócio, que vai pagar parte dos vencimentos do centroavante em troca da exploração da imagem dele e de outras propriedades comerciais do clube. É o mesmo modelo utilizado na negociação com Paulinho. Já na chegada de Willian, a companhia parceira foi a “Sócios.com”.

Porém, os dirigentes alvinegros decidiram abrir uma exceção à regra para contratar o goleiro Ivan. Nessa operação, o Timão irá desembolsar um valor para tirá-lo da Ponte Preta.

O entendimento corintiano foi de que o investimento vale a pena por se tratar de um atleta jovem, de 24 anos, com bom potencial de revenda e disponível por um valor considerado baixo. Os clubes não informaram as cifras da transferência até o momento.

A princípio, o Corinthians negociava a aquisição de 50% dos direitos econômicos do atleta. O percentual ainda está em discussão e pode mudar.

Segundo Marco Antônio Eberlin, presidente da Ponte Preta, o Timão deve assumir uma dívida do clube de Campinas para ter o jogador.

É sabido que a Macaca contraiu empréstimos com a Elenko Sports, tendo a venda de Ivan como garantia – a empresa cuida da carreira do goleiro e tem boa relação com a diretoria corintiana.

O valor da dívida da Macaca com os agentes é de aproximadamente R$ 10 milhões. Porém, dirigentes do Corinthians garantem que o valor a ser pago pela contratação do goleiro é menos do que a metade disso.

Ivan vai trocar a Ponte Preta pelo Corinthians — Foto: Álvaro Jr/ PontePress
Ivan vai trocar a Ponte Preta pelo Corinthians — Foto: Álvaro Jr/ PontePress

Enquanto Ivan já realizou exames médicos e está próximo de ser confirmado como reforço do Corinthians, Diego Costa pediu alguns dias para o Timão até definir o seu futuro. O jogador tem um acordo alinhado para um contrato de dois anos, mas ainda aguarda uma possível proposta de um clube espanhol.

Até o momento, o Corinthians anunciou dois reforços para 2022: o volante Paulinho e o lateral-esquerdo Bruno Melo (emprestado pelo Fortaleza). Além de Ivan, o Timão também está muito próximo de confirmar a chegada do zagueiro Robson Bambu, que pertence ao Nice, da França, já foi aprovado em exames médicos e assinará contrato de empréstimo até o fim do ano.

Com informações do Globo Esporte
Foto: Pedro Souza / Atlético-MG

Notícias Relacionadas