Urca recebe do MPF fóssil repatriado de mais de 110 milhões de anos

O Ministério Público Federal (MPF) devolveu um fóssil de peixe com mais de 110 milhões de anos, avaliado em 3 mil euros, mais de R$ 16 mil, para a Universidade Regional do Cariri (URCA) na quarta-feira (11). O material é resultado de um trabalho da justiça brasileira em parceria com a universidade, que buscou resgatar a peça que se encontrava na Itália sendo comercializada ilegalmente em site europeu. A repatriação do fóssil, pelas autoridades italianas, é decorrente de medidas empreendidas através de inquérito civil, que estava tramitando junto à Procuradoria da República, em Juazeiro do Norte.

A entrega formal do fóssil ocorreu na sede do MPF, em Juazeiro do Norte, com a presença do Reitor em Exercício da Universidade Regional do Cariri (URCA), Professor Carlos Kleber de Oliveira, acompanhado de professores e pesquisadores da Urca, além do diretor do Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens, Allysson Pinheiro, para onde será encaminhada a peça devolvida, da formação Santana e do Período Cretáceo.

Fonte: gcmais

Notícias Relacionadas